Atlântico Norte transformado em oceano de furacões e tempestades

12-09-2018 (14h01)

As atenções da imprensa estão centradas no furacão Florence, de categoria 4 e que se dirige para a costa Leste dos Estados Unidos, mas o mapa do Atlântico Norte mostra mais um furacão, o Helene, uma tempestade tropical que se dirige para as Caraíbas, a Isaac, e duas situações com elevada probabilidade de virem a ser tempestades, uma das quais a ameaçar os Açores.

Esta ‘perturbação’, descrita pelos meteorologistas no National Hurricane Center (NHC) dos Estados Unidos como uma área de ventos fortes, chuva intensa e trovoadas, localizada às 9h00 UTC de hoje a várias centenas de quilómetros de distância do arquipélago português, tem 40% de evoluir para tempestade tropical nas próximas 48 horas e a cinco dias a probabilidade é de 50%.

A recomendação do NHC é, assim, de que os Açores devem vigiar a evolução desse sistema.

A situação mais grave é a do furacão Florence, classificado em categoria 4 na escala Saffir-Simpson, com ventos máximos continuados de 215 Km/h que se fazem sentir até 110 quilómetros do ‘olho’ e ventos de intensidade de tempestade tropical até 280 quilómetros.

A previsão do NHC é que o centro do furacão passe hoje entre as Bermudas e as Bahamas e atinge a costa dos Estados Unidos, algures entre a Carolina do Norte e Carolina do Sul na quinta e sexta-feira, quando já se prevê algum enfraquecimento, mas sem que o Florence deixe de ser um furacão “extremamente perigoso”.

Mais a Sul, para as Caraíbas, a ameaça é a tempestade tropical Isaac, que já esteve classificada como furacão.

Às 9h00 UTC de hoje, segundo o NHC, o centro da Isaac localiza-se a 805 quilómetros a Este de Martinique e provocava ventos na ordem dos 95 Km/h.

Os meteorologistas no NHC indicaram que prevêem que  a Isaac atravesse, amanhã, as Antilhas Menores em direcção ao Mar das Caraíbas, o ‘canal’ que separa a Venezuela de Porto Rico, da República Dominicana e do Haiti.

A informação do NHC avança que as condições actuais apontam para um enfraquecimento da intensidade do vento, mas que prevê enviar um avião ‘caça furacões’ para investigar melhor.

Mais a Norte, já em pleno Golfo do México, os meteorologistas do NHC identificam uma situação a que atribuem 60% de probabilidade de evoluir para tempestade tropical nas próximas 48 horas.

Porém, também refere que nas últimas horas houve algum enfraquecimento deste sistema, mas o NHC não descarta a formação de uma tempestade tropical porque, diz, nos níveis superiores da atmosfera as condições favorecem essa tendência.

A ‘meio do Atlântico’ ainda mais perto de África do que da América é identificado pelo NHC o furacão Helene, com ventos máximos continuados de 150 Km/h, localizado a 1.290 quilómetros a Oeste Noroeste de Cabo Verde e a 2-250 quilómetros a Sul Sudoeste dos Açores e, que, portanto, de momento não ameaça zonas costeiras.

 

Para aceder à informação no National Hurricane Center clique: NHC

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Costa Sul da Louisiana, EUA, já sofre consequências da aproximação da tempestade tropical Barry

13-07-2019 (15h41)

Mais de 45 mil pessoas sem electricidade no Sul do estado norte-americano da Louisiana é um dos efeitos da aproximação da tempestade tropical Barry, que os meteorologistas do National Hurricane Center(NHC) prevêem venha a atingir a intensidade de furacão, antes de ‘aterrar’ nas proximidades de Morgan City, a Oeste de Nova Orleães.

Be Live Hotels estreia-se na Colômbia com hotel nas praias de Bocagrande

12-07-2019 (14h31)

A Be Live Hotels, que integra o grupo Globalia, assim como o operador turístico Travelplan e a companhia Air Europa, vai abrir o seu primeiro hotel na Colômbia em Agosto, em Cartagena das Índias, junto às praias de Bocagrande.

Golpe de Estado em curso na Venezuela

30-04-2019 (12h32)

O Presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, anunciou hoje que os militares deram “finalmente de vez o passo” para acompanhá-lo e conseguir "o fim definitivo da usurpação” do Governo do Presidente Nicolás Maduro.

Governo português tem trabalhado para “criar condições” para a retoma dos voos Lisboa – Panamá

24-04-2019 (15h27)

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, afirmou que o Governo português tem trabalhado para “criar condições” para que sejam retomados os voos entre Lisboa e a Cidade do Panamá, que a TAP suspendeu em finais de Março de 2016.

Solférias propõe circuito “Tesouros do Peru”, de Lima a Cusco

09-04-2019 (12h55)

O operador turístico Solférias está a promover um circuito para conhecer os “Tesouros do Peru”, uma viagem com 12 noites de alojamento para visitar vários destinos, incluindo o Vale do Colca, o Lago Titicaca e Machu Picchu.

Noticias mais lidas