Vila do Cadaval e Serra do Montejunto vão ter rede wi-fi gratuita

20-08-2019 (16h06)

Foto: www.cm-cadaval.pt
Foto: www.cm-cadaval.pt

O Turismo de Portugal aprovou uma candidatura da Câmara Municipal do Cadaval para criar uma rede de 11 pontos de acesso gratuito à internet na Vila do Cadaval e na Serra do Montejunto, informou a autarquia.

A aprovação prevê a atribuição de um incentivo financeiro, não reembolsável, a rondar os 44 mil euros, correspondente a cerca de 88% do investimento total, ficando o restante a cargo do município.

A execução do projecto está prevista ocorrer entre 1 de Setembro e 31 de Março de 2020.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Cá Dentro

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Solférias já vende Verão na Tunísia e em Porto Santo

15-11-2019 (10h57)

O operador turístico Solférias, que já está a vender pacotes de Verão para Hurghada desde finais de Outubro, também já lançou para o mercado programas para o próximo Verão na Tunísia e em Porto Santo, com voos de Lisboa e Porto.

TAP anuncia ponte aérea Lisboa – Porto desde 49 euros

13-11-2019 (12h28)

A TAP está a anunciar uma promoção para a ponte aérea Lisboa – Porto desde 49 euros, ida e volta, para compras feitas no seu website pelo menos 21 dias antes da viagem.

Memorial em Vilar Formoso dedicado aos refugiados recebeu 5.000 visitantes este ano

12-11-2019 (15h45)

O Memorial aos Refugiados e ao Cônsul Aristides de Sousa Mendes recebeu este ano "mais de 5.000 visitantes" e é um equipamento que está a atrair turistas para Vilar Formoso, no concelho de Almeida, anunciou a autarquia.

Derrocada em trilho na Madeira provocou 11 feridos

30-10-2019 (22h04)

A derrocada ocorrida na tarde desta quarta-feira no Caldeirão Verde, concelho de Santana, na Madeira, provocou 11 feridos, dois dos quais com gravidade, segundo um balanço final da Protecção Civil.

Derrocada na levada do Caldeirão Verde na Madeira deixa pelo menos duas pessoas soterradas

30-10-2019 (15h01)

Pelo menos duas pessoas ficaram hoje soterradas após uma derrocada na levada do Caldeirão Verde, em Santana, na Madeira, avança o “Diário de Notícias da Madeira”.

Noticias mais lidas