“O importante é não perder o charme No Feijão Vip tem uísque até a festa acabar”

20-02-2006 (15h11)

Salvador já “caiu” na folia (3)

Às 15h00 de ontem era impossível pensar em tentar ir de carro para o Pestana Bahia. E lá dentro eram alguns milhares de pessoas, todas com a camiseta (t-shirt) que dava acesso aos cerca de seis mil metros quadrados em vários espaços onde se desenrolava o Feijão Vip.

O parque de estacionamento, primeira visão de quem começa a subir a rampa de acesso ao Pestana Bahia, estava transformado em recinto de festa, com o palco ao fundo e uma das laterais ocupada com tendas de quitutes, onde se serviam caldinhos, acarajés, abarás, carne sol e espetadinhas.
O chão não se via, de tal forma o recinto estava repleto de foliões, apesar do sol quente, que dançavam ao som de Afrodisíaco e Luis Caldas.
O corredor de acesso do parque ao espaço de restaurante da piscina estava transformado em esplanada, com um pátio montado praticamente sobre o mar — que nesta época do ano (Verão no Brasil) fica num tom azul turquesa ponteado de brilhos de reflexos do sol intenso —, procurado sobretudo por quem queria refrescar-se com a brisa, e do lado oposto mais tendas de quitutes, onde a água de coco eram servida a uma velocidade impressionante.
O grande espaço circular que antecede a piscina e onde o hotel organiza jantares sentados para centenas de pessoas (no Congresso da APAVT que se realizou em Salvador em 2003 foi o palco do jantar inaugural) albergava o segundo palco, onde a banda Batifun era a estrela maior, e que se encontrava repleto.
Mas a festa não se ficava por aí. Nas salas interiores do piso térreo do Pestana Bahia, os foliões encontravam um enorme buffet com a feijoada que Dadá garante ser confeccionada como a da sua mãe, “com galinha ao molho pardo e outras iguarias”, além de muitos outros pratos baianos, sem esquecer a cocadinha.
E como de costume havia o camarote, onde se juntavam os vip’s, com destaque para caras das novelas que também passam em Portugal, e muitos convidados especiais, que tinham o seu próprio buffet de quentes e doces, neste caso com destaque especial para o “negão da Dadá” que quem prova...não dispensa.
Mas se o pretexto era o Feijão acompanhado com muita música, com o calor que fazia na cidade e que aumentava alguns graus no Pestana com a quantidade de gente que se aglomerava junto aos palcos, pelos corredores, junto às tendas, etc., as bebidas eram um complemento indispensável.
A festa contava com vários bares prontos a servir àgua de coco, sucos (sumos), refrigerantes, cervejas, whisky e, obviamente, inúmeras variedades de roscas e a marca da anfitriã, a “sacanagem da Dadá”, uma bebida à base de frutas tropicais e vodka.
Os números da organização também falam. Uma equipa de cem pessoas esteve encarregada da confecção dos cozinhados e servir os convidados. A quantidade de carne e feijão utilizados na feijoada avaliam-se em toneladas (3,5 de carne e uma de feijão no ano passado), caldinhos, acarajés e espetinhos em milhares (30 mil, 20 mil e 12 mil, respectivamente), bem como as bebidas (35 mil latas de cerveja, 1,2 mil litros de whisky e 600 litros de vodka)...
E não é que pelas 22h00 os caldinhos já começavam a faltar, as baianas dos acarajés já tinham esgotado algumas hipóteses de recheios, as cocadinhas eram mais procuradas...e embora a festa já começasse a declinar, ainda eram muitas as centenas de foliões que se preparavam para continuar a festa.
Mas a máxima da anfitriã, essa seguramente foi cumprida: “O importante é não perder o charme. No Feijão Vip tem uísque até a festa acabar”.
A assessoria de imprensa do Feijão Vip indicava ontem que a previsão era que a festa reunisse cerca de cinco mil pessoas, mas responsáveis do Pestana Bahia indicaram ao PressTUR que a estimativa era de que estivessem umas seis mil, o que parece mais provável atendendo ao que era possível observar pelos vários espaços por onde a festa se desdobrava.
Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Areal da Prainha, em Angra do Heroísmo, interdito preventivamente

24-08-2019 (18h02)

O Governo açoriano informou que o areal da Prainha em Angra do Heroísmo, foi interditado preventivamente por ter sido detectada a “presença de microrganismos que poderão colocar em causa a saúde pública”.

Exoticoonline anuncia ofertas para Fim de Ano na Madeira

23-08-2019 (16h30)

O operador turístico Exoticoonline está a promover os seus programas para celebrar o Réveillon na Madeira, uma festa conhecida mundialmente pelo seu espectáculo de fogo-de-artifício.

Soltrópico propõe circuitos para explorar os Açores

23-08-2019 (15h24)

O operador turístico Soltrópico divulgou para o mercado propostas de circuitos para explorar os Açores, desde as relaxantes águas do Parque Terra Nostra à beleza natural da Lagoa das Furnas, passando pelo Algar do Carvão ou o Vulcão dos Capelinhos.

Sonhando promove ofertas para o Réveillon em Touros, no Brasil

23-08-2019 (15h04)

O operador turístico Sonhando está a promover ofertas para o Fim de Ano em Touros, um destino no Nordeste do Brasil com praias a perder de vista, propostas de passeios de barco para fazer snorkeling e vilas piscatórias que parecem paradas no tempo.

Solférias lança promoção para a Festa do Vinho Madeira

23-08-2019 (14h42)

O operador turístico Solférias lançou para o mercado uma promoção para a Festa do Vinho Madeira, um evento com provas de vinho, gastronomia, exposições e animação de rua, que decorre entre 25 de Agosto e 8 de Setembro.

Noticias mais lidas