Açores recebem encontro de agências de viagens espanholas em Abril do próximo ano

10-05-2018 (18h27)

Foto: www.azores.gov.pt/
Foto: www.azores.gov.pt/

Mais de uma centena de agências de viagens espanholas são esperadas para as Jornadas Técnicas da Confederação Espanhola das Agências de Viagens (CEAV) que em Abril do próximo ano vão reunir-se na Ilha Terceira por iniciativa da APAVT com o apoio do Turismo dos Açores.

Não é o primeiro encontro internacional de agências de viagens que a APAVT conquista para os Açores. Em Outubro de 2017 a Convenção da associação das agências de viagens britânicas (ABTA), conseguida através de uma parceria entre o Governo dos Açores, a APAVT e a SATA, juntou cerca 500 pessoas a Ponta Delgada, na Ilha de São Miguel (clique para ler: Convenção da ABTA em Ponta Delgada é “extremamente importante” para a região – secretária de Turismo).

O evento da CEAV, por sua vez, constitui “uma oportunidade inédita de promoção deste destino junto do importante mercado espanhol”, realçou  APAVT em comunicado.

O desafio foi apresentado pela associação portuguesa como primeira iniciativa no âmbito da criação da nova Plataforma Ibérica das Agências de Viagens pelas duas organizações (clique para ler: Agências de viagens de Portugal e Espanha criam aliança ibérica).

Pedro Costa Ferreira, presidente da APAVT, citado em comunicado, afirmou que “contribuir para a promoção do nosso País enquanto destino turístico, tem sido, no âmbito das nossas relações internacionais, um dos pilares da actuação da APAVT”.

“Fazê-lo, dando resposta ao acordo ibérico assinado com a nossa congénere CEAV, e envolvendo os Açores, que já foi nosso “Destino Preferido”, é, sem dúvida, circunstância especial de contentamento”, salientou o presidente da Associação, acrescentando que “existe enorme curiosidade da parte do trade espanhol, e grande entusiasmo por parte da Região Autónoma dos Açores”.

A sua perspectiva é de “um enorme sucesso para este evento, traduzido em aumento da procura deste arquipélago por parte do mercado emissor espanhol”.

Marta Guerreiro, secretária da Energia, Ambiente e Turismo dos Açores, por sua vez, salientou que “a realização deste encontro reveste-se da maior importância para a promoção do destino, sendo, sem dúvida, mais uma oportunidade de os Açores e, em particular da ilha Terceira, se darem a experienciar através das emoções que hoje se podem vivenciar no arquipélago, cada vez mais activo e reconhecido da Europa em qualquer altura do ano”.

O presidente da CEAV, Rafael Gallego, frisou, por sua vez, que “o objectivo da Confederação com estas Jornadas é a profissionalização do Agente de Viagens através da formação no Destino”, designadamente “para que posteriormente o agente, já especializado nesse Destino, possa dispor de uma nova proposta, totalmente actualizada, para oferecer ao cliente final”.

“Estas Jornadas vão «mergulhar» o agente de viagens na cultura, história, natureza e gastronomia do destino”, concluiu Rafael Gallego.

 

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: APAVT

Clique para ver mais: CEAV

Clique para ver mais: Açores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Porto lidera aumento de dormidas na hotelaria em Julho

16-09-2019 (16h32)

O Porto foi o município com o maior aumento de dormidas em Julho, com mais 49,7 mil pernoitas que no mês homólogo de 2018 (+12,2%), mas sem pôr em causa a liderança do município de Lisboa em número de dormidas, com 1,326 milhões, que significaram 16,3% do total do país.

Quebra generalizada da estada média ‘come’ aumento de turistas alojados na hotelaria portuguesa

16-09-2019 (15h31)

O tempo médio de permanência de turistas em alojamentos turísticos portugueses caiu de forma generalizada no mês de Julho, pelo que, levando a que apesar se ter registado um aumento em 5,4% do número de hóspedes, em número de dormidas essa maior afluência de clientes traduziu-se num aumento de apenas 2,2%.

Mês de férias no Brasil ‘dá’ mais 51,7 mil dormidas ao alojamento turístico português

16-09-2019 (14h19)

Apesar das quebras de dormidas de nove dos 16 maiores emissores internacionais, a hotelaria portuguesa acabou Julho com mais 111,6 mil dormidas de turistas residentes no estrangeiros, graças nomeadamente ao aumento de 51,7 mil dormidas de residentes no Brasil, onde o mês de Julho é um dos mais fortes em turismo e viagens.

Maioria dos maiores emissores internacionais faz menos dormidas na hotelaria portuguesa em Julho

16-09-2019 (13h30)

A hotelaria portuguesa teve este mês de Julho quebras de dormidas de nove dos 16 principais emissores internacionais, as maiores das quais de turistas residentes nos Países Baixos (menos 26,5 mil), na Alemanha (menos 22,6 mil), no Canadá (menos 21 mil) e na Bélgica (menos 15 mil).

OTA de hotéis Amoma cessa e culpa “comparadores de preços”

16-09-2019 (11h08)

A agência de reservas hoteleiras Amoma, em www.amoma.com, que no ano passado teve vendas superiores a 500 milhões de euros, anunciou que cessa actividade e não terá como assegurar o respeito pelas responsabilidades contraídas para com os clientes.

Ultimas Noticias

Noticias mais lidas