Agências e operadores turísticos estão “relativamente confortáveis”, Pedro Gordon, GEA

05-11-2018 (18h42)

“A nível de comissões acho que o mercado está mais ou menos bem regulado neste momento”, assumiu Pedro Gordon, director-geral da GEA, maior rede portuguesa de agências de viagens em número de lojas, ao pronunciar-se sobre a remuneração das agências pelas vendas de pacotes de operadores turísticos, o seu maior segmento de actividade.

Pedro Gordon não deixou de assinalar, no entanto, que em sua opinião houve excesso de oferta no mercado, que levou a que operações charter tivessem saído em Setembro com lugares vazios.

A questão é que “todos querem crescer, ninguém abdica de crescer”, e há os que “querem ganhar quota de mercado”, observou Pedro Gordon, acrescentando que sendo estratégias diferentes, por quanto num caso a rentabilidade pode ser preterida por quem elege como objectivo ganhar quota de mercado, por ter efeito cumulativo no mercado.

“Mas seja como for as duas juntas produzem o efeito de excesso de oferta”, realçou Pedro Gordon, que também destacou que não são apenas os operadores turísticos que perdem nesse caso, pois também as agências de viagens vêem a sua remuneração cair.

“Não é o mesmo 15% de 1.200 que 15% de 800”, exemplificou Pedro Gordon, que admitiu que o mercado tem estado a trabalhar com a comissão “standard” de 14% / 15%, mas não sobre a totalidade do PVP, pois há parcelas não comissionáveis, como taxas de aeroporto, vistos, etc.

Assim, “afinal não é 14% ou 15%, é um pouco menos”, disse Pedro Gordon que, no entanto, também explicou que mesmo esse cálculo é relativo, pois pelo menos 25% a 30% dos dias, as agências estão a trabalhar com promoções dos operadores que “dão mais dois ou três pontos para um determinado destino”

A perspectiva que passou foi que, tendo em conta estes factores, “o mercado está mais ou menos bem regulado neste momento” e não antecipa uma nova tendência de descida das comissões pagas pelos operadores turísticos.

Clique para mais notícias: GEA

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

APG Portugal promove ‘open day’ na próxima segunda-feira

20-05-2019 (13h10)

A APG Portugal, que representa companhias como a Finnair, a Croatia Airlines e a Trenitalia, entre outras, vai estar de portas abertas para apresentar a sua oferta na próxima segunda-feira, dia 27, às 14h.

Congresso da APAVT volta à Madeira de 14 a 17 de Novembro

17-05-2019 (12h38)

Nove anos depois, a Madeira vai voltar a receber o Congresso Nacional da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), o 45º da sua história, de 14 a 17 de Novembro, tornando-se o destino português a receber mais vezes o evento, foi hoje anunciado no Funchal.

TAP volta a ter a queda mais forte de vendas de bilhetes pelas agências corporate brasileiras

16-05-2019 (23h04)

A TAP foi a companhia que teve a mais forte quebra do número de bilhetes vendidos pelas agências de viagens corporate brasileiras membros da ABRACORP no primeiro trimestre, com um decréscimo em 28%, que compara com uma quebra média das vendas de voos internacionais pelas suas 29 associadas de 0,6%.

Avianca Brasil suspensa do BSP

16-05-2019 (21h16)

A IATA comunicou ao mercado brasileiro que suspendeu do BSP a Avianca Brasil, marca sob a qual operava a Ocean Air, e, de acordo com o “Panrotas”, recomendou às agências de viagens que liquidem directamente com a equipa comercial da companhia todas as contas em aberto, incluindo vendas pendentes e reclamações de reembolso, assim como quaisquer transacções futuras.

Soltrópico convida agentes de viagens para um passeio no Hippotrip

15-05-2019 (15h19)

A Soltrópico está a convidar agentes de viagens para um passeio no Hippotrip em Lisboa, uma iniciativa que integra a “Moments by Soltrópico”, conceito que pretende promover a proximidade entre o operador turístico e os agentes de viagens.