Alemanha proíbe voos da Fly Egypt e Air Cairo

06-12-2018 (15h42)

A autoridade alemã para a aviação civil proibiu as companhias aéreas egípcias Fly Egypt e Air Cairo de voarem para o país por alegado incumprimento de um regulamento sobre catering, deixando assim alguns operadores turísticos à procura de alternativas.

As autoridades alemãs permitem que as companhias aéreas que voam do Egipto abasteçam os aviões com alimentos e bebidas no Aeroporto do Cairo, mas não em outros aeroportos, como, por exemplo, Hurghada ou Sharm el-Sheikh, avança hoje o portal do "FVW", jornal especializado em turismo.

Este regulamento sobre o catering foi introduzido após a explosão de um voo de uma companhia aérea charter russa sobre a península do Sinai, em Outubro de 2015, que matou 224 passageiros e tripulantes, num ataque atribuído a terroristas. As autoridades suspeitam que uma bomba possa ter sido levada para bordo entre os alimentos antes da partida do aeroporto de Sharm el-Sheikh.

Além do incumprimento do regulamento sobre o catering, a autoridade alemã para a aviação civil não indica outras preocupações de segurança sobre as duas companhias aéreas, pelo que, desta forma, poderão recuperar a aprovação para voar para a Alemanha depois de adaptarem as suas opções de abastecimento de alimentos e bebidas.

A Fly Egypt e a Air Cairo voam com aviões B737 e A320 de Hurghada e Sharm el-Sheikh de/para 11 aeroportos na Alemanha, além de operarem voos também de e para a Áustria e Suíça.

A proibição, de acordo com o "FVW", forçou operadores turísticos como a TUI, Thomas Cook, DER Touristik, FTI, Alltours e ETI a reencaminharem passageiros para voos de outras companhias aéreas.

A maioria dos operadores, porém, tinha poucos clientes em voos destas duas companhias, acrescenta a notícia, indicando que, além disso, normalmente no Inverno há capacidade suficiente em voos entre os dois países.

 

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Europa

Clique para ver mais: África

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Magda Nassar assume presidência da ABAV nacional

17-06-2019 (11h23)

A ex-presidente da Braztoa Magda Nassar é a nova presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagens (ABAV) nacional, em substituição de Geraldo Rocha que decidiu afastar-se do cargo por motivos de saúde.

Royal Caribbean vai crescer na Europa “sustentada na qualidade”, Francisco Teixeira

12-06-2019 (13h09)

A oferta de cruzeiros da Royal Caribbean no Mediterrâneo nos próximos dois a três anos talvez não “cresça muito em quantidade, mas cresce com certeza em qualidade”, avançou Francisco Teixeira, director da Melair, empresa que representa a companhia de cruzeiros em Portugal.

Melair desafia agentes de viagens a propor cruzeiros à saída de Porto Rico

12-06-2019 (13h07)

Francisco Teixeira, director da Melair Cruzeiros, desafiou ontem os agentes de viagens participantes de uma visita a um navio em Lisboa a proporem aos seus clientes os cruzeiros da Royal Caribbean com embarque e desembarque em San Juan, Porto Rico.

Redes de agências de viagens “estão mais disponíveis” para o produto de cruzeiros, Francisco Teixeira

12-06-2019 (13h04)

As redes de agências de viagens "estão mais disponíveis" para o produto de cruzeiros, afirmou Francisco Teixeira, director da Melair Cruzeiros, que representa em Portugal as companhias Royal Caribbean, Celebrity, Azamara e Pullmantur.

Mercado de cruzeiros português ultrapassa este ano os 60 mil passageiros, Francisco Teixeira

12-06-2019 (13h01)

O mercado português de cruzeiros, que depois de chegar aos 50 mil passageiros em 2010 caiu para a ordem dos 30 mil, irá este ano ultrapassar, e "bem" os 60 mil, avançou ontem Francisco Teixeira, director da Melair Cruzeiros, que representa as companhias Royal Caribbean, Celebrity, Azamara e Pullmantur.

Noticias mais lidas