APAVT prepara projecto que vai permitir “um olhar mais profundo” do sector das agências de viagens

03-10-2016 (12h02)

APAVT na ABAV 2016: Ricardo Figueiredo e Pedro Costa Ferreira
APAVT na ABAV 2016: Ricardo Figueiredo e Pedro Costa Ferreira

Melhorar conhecimento do sector e desmistificar “ideia política” de que as agências de viagens estão em extinção

A APAVT espera apresentar no seu Congresso, em Dezembro, um novo projecto que vai permitir ter "um olhar mais profundo, mais matemático" do sector das agências de viagens, avançou ao PressTUR o presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira.

O dirigente associativo falava ao PressTUR na passada sexta-feira em São Paulo, durante a feira da ABAV, Associação congénere da APAVT no Brasil, que também está a construir uma plataforma de análise estatística do sector das agências de viagens, o Censo Big Data.

 

PressTUR: A ABAV está a lançar o Censo Big Data para conseguir analisar melhor as agências de viagens. Isso é uma ideia que poderá interessar a APAVT?

Pedro Costa Ferreira: Não é uma ideia, é um projecto. Nós sempre dissemos que em Portugal há muita tradição do "eu acho que". E depois de "eu acho que" tomar decisões. E às vezes buscar-se alguns factos desgarrados para justificar essas decisões. A verdade é que temos essa noção desde o meu primeiro mandato e sabemos que não é fácil construir uma base de informação credível e que sirva os interesses do negócio. Um, não é fácil, dois, não é barato. Mas pensamos ter encontrado uma luz ao fundo do túnel e estamos a trabalhar nesse túnel e quem sabe senão conseguimos por altura do nosso Congresso [em Dezembro] apresentar um projecto com um olhar mais profundo, mais matemático, concreto e factual do nosso sector e com isso consigamos cumprir dois objectivos.

 

PressTUR: Que objectivos?

Pedro Costa Ferreira: Por um lado, conseguir determinar que essa perseguição de sempre de que os agentes de viagens e as agências de viagens vão acabar. Penso que continuamos a confundir quota de mercado e crescimento do mercado com crescimento do negócio. Acho extraordinário que se consiga dizer que as agências de viagens vão acabar quando 2016 e 2015 foram provavelmente os dois anos em que existiram mais novas agências de viagens nos últimos 20 anos. Por outro lado, a grande verdade é que há crescimento do negócio. Agora se calhar o negócio mundial está a crescer mais do que o nosso negócio, mas isso não é um problema para o nosso subsector, é uma dinâmica do sector. E, portanto, gostaríamos que com esse olhar pudéssemos ajudar a desmistificar essa ideia, que é também uma ideia política com interesses concretos em termos de combate. Normal. E por outro lado gostaríamos de construir um acervo de conhecimento factual que permitisse aos agentes de viagens e aos operadores eles próprios raciocinarem melhor antes de tomarem decisões. Portanto, essa pergunta vem em boa altura. É absolutamente coincidência com aquilo que o Edmar Bull [presidente da ABAV] disse, mas sim, parece que desta vez temos a capacidade financeira e o parceiro capaz de nos ajudar neste projecto.

 

PressTUR: Que parceiro? 

Pedro Costa Ferreira: Esperamos poder anunciar provavelmente no nosso Congresso.

 

Continua:

Brasil não deixa de ser atractivo para o outgoing português por causa da crise, Pedro Costa Ferreira

 

Clique para mais notícias: APAVT

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: ABAV

Clique para mais notícias: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Royal Caribbean vai crescer na Europa “sustentada na qualidade”, Francisco Teixeira

12-06-2019 (13h09)

A oferta de cruzeiros da Royal Caribbean no Mediterrâneo nos próximos dois a três anos talvez não “cresça muito em quantidade, mas cresce com certeza em qualidade”, avançou Francisco Teixeira, director da Melair, empresa que representa a companhia de cruzeiros em Portugal.

Melair desafia agentes de viagens a propor cruzeiros à saída de Porto Rico

12-06-2019 (13h07)

Francisco Teixeira, director da Melair Cruzeiros, desafiou ontem os agentes de viagens participantes de uma visita a um navio em Lisboa a proporem aos seus clientes os cruzeiros da Royal Caribbean com embarque e desembarque em San Juan, Porto Rico.

Redes de agências de viagens “estão mais disponíveis” para o produto de cruzeiros, Francisco Teixeira

12-06-2019 (13h04)

As redes de agências de viagens "estão mais disponíveis" para o produto de cruzeiros, afirmou Francisco Teixeira, director da Melair Cruzeiros, que representa em Portugal as companhias Royal Caribbean, Celebrity, Azamara e Pullmantur.

Mercado de cruzeiros português ultrapassa este ano os 60 mil passageiros, Francisco Teixeira

12-06-2019 (13h01)

O mercado português de cruzeiros, que depois de chegar aos 50 mil passageiros em 2010 caiu para a ordem dos 30 mil, irá este ano ultrapassar, e "bem" os 60 mil, avançou ontem Francisco Teixeira, director da Melair Cruzeiros, que representa as companhias Royal Caribbean, Celebrity, Azamara e Pullmantur.

Amadeus arrasa IATA quanto aos GDS e ao NDC

11-06-2019 (18h05)

A empresa de tecnologia Amadeus, líder mundial em processamento de reservas de voos por agências de viagens, arrasa a IATA em matéria de desenvolvimento de novos standards de distribuição, a New Distribution Capability (NDC), numa resposta a críticas da associação das companhias de aviação que considerou inexactas, enganadoras e decepcionantes.

Noticias mais lidas