Congresso da APAVT volta à Madeira de 14 a 17 de Novembro

17-05-2019 (12h38)

Nove anos depois, a Madeira vai voltar a receber o Congresso Nacional da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), o 45º da sua história, de 14 a 17 de Novembro, tornando-se o destino português a receber mais vezes o evento, foi hoje anunciado no Funchal.

A Madeira é “provavelmente o local perfeito para a realização de um Congresso da APAVT”, começou por dizer o presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira, na assinatura de um protocolo de cooperação com a Associação de Promoção da Madeira, esta manhã, na Quinta da Casa Branca no Funchal.

“Desde logo pelos números relacionados com o turismo que são produzidos na Madeira, pelo peso destes números no PIB da Madeira e pela importância do mercado emissor nacional para a realização destes números”, sublinhou Pedro Costa Ferreira.

O turismo na Madeira tem alcançado números “extraordinários”, mas “temos vários, e alguns enormes, desafios que temos que olhar juntos”, continuou o presidente da Associação.

Nesse sentido, o 45º Congresso da APAVT irá analisar temas como a “desvalorização da libra e o Brexit” e a “falência de várias companhias aéreas que fizeram com que perdêssemos algumas rotas importantes”, deixando algumas cidades europeias “sem ligação directa à Madeira”.

Além disso, será abordado o que Pedro Costa Ferreira apresentou como “um problema grave, anacrónico, inexplicável com o Aeroporto da Madeira”. Com “basicamente os mesmos ventos” e com melhor tecnologia no aeroporto e nas aeronaves, ainda assim, “temos mais dias de inoperacionalidade do que nunca”.

Outro tema será o aumento da oferta de alojamento turístico na Madeira, que se prevê “em número significativo”, disse o presidente da APAVT, que acrescentou ser necessário “também olhar para as questões relacionadas com o aumento da procura e o aumento do fluxo de turistas”.

Pedro Costa Ferreira salientou ainda a parceria com a Associação de Promoção da Madeira na realização do evento, reconhecendo os seus representantes como “grandes amigos” e enfatizando o seu “extraordinário trabalho em direcção à modernidade”, numa óptica centrada na promoção de experiências, e com “um notável trabalho de proximidade e raciocínio conjunto” com agências de viagens e operadores turísticos.

O Congresso da APAVT deverá levar à Madeira “cerca de 600 players da cadeia de valor do turismo do mercado nacional, que terão oportunidade de fazer um ponto da situação sobre o estado da nação e fazer uma discussão importante para olhar para o futuro a nível nacional e regional”, concluiu Pedro Costa Ferreira, revelando a expectativa de que o evento será um “enorme êxito”.

Paula Cabaço, secretária Regional de Turismo e Cultura e presidente da direcção da Associação de Promoção da Madeira, destacou por sua vez que a melhor forma de promoção da Madeira é estar no destino, para enfatizar a importância da realização do evento na Madeira.

O mercado português é o 3º maior mercado emissor para a Madeira, com crescimentos nos últimos três anos, prosseguiu Paula Cabaço, destacando que acredita “no potencial deste mercado” e que o Congresso da APAVT “vem reforçar o posicionamento do mercado português no destino”.

 

Clique para mais notícias: APAVT

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Portugal é “um mercado muito importante” onde a Globalia quer crescer — Javier Hidalgo, CEO

22-01-2020 (14h32)

A Globalia, dona da Air Europa e dos hotéis Be Live, entre outras empresas de turismo, como o operador Travelplan, presente em Portugal, vê o país como um mercado "muito importante" onde ambiciona crescer em várias áreas de negócio, disse ao PressTUR Javier Hidalgo, CEO do grupo.

Agências de viagens portuguesas ‘derrubam’ em 2019 recorde de venda de voos com 11 anos

17-01-2020 (15h56)

As agências de viagens portuguesas superaram em 2019 o recorde da venda de voos contabilizada pelo BSP da IATA que se mantinha há 11 anos e ficaram próximas dos mil milhões de euros, com mais de três milhões de transacções.

Magnet cresceu 25% no mercado espanhol em 2019

17-01-2020 (10h04)

A Magnet, que está a celebrar cinco anos de actividade em Espanha, teve um crescimento de 25% nesse mercado em 2019.

Gabriel Subías regressa ao Grupo Iberostar para liderar W2M

14-01-2020 (13h15)

O Grupo Iberostar nomeou Gabriel Subías, ex-CEO da Ávoris, para liderar o negócio de receptivo e bedbank W2M, substituindo no cargo Christian Kremers, que estava no comando da empresa desde Setembro de 2018.

Novo CEO da Ávoris prevê decisão da concorrência sobre fusão com a Globalia em Março

14-01-2020 (12h55)

Vicente Fenollar, que foi nomeado oficialmente CEO da Ávoris depois de um mês no cargo de forma provisória, após a saída de Gabriel Subías, disse esperar uma decisão da autoridade da concorrência para “meados de Março”.

Noticias mais lidas