Thomas Cook precisa de mais 200 milhões para evitar colapso

20-09-2019 (16h52)

Foto: Thomas Cook
Foto: Thomas Cook

O grupo Thomas Cook, considerado o segundo maior da Europa na operação turística e agências de viagens, confirmou que precisa de mais 200 milhões de libras (226 milhões de euros) para evitar o colapso.

O Thomas Cook tinha previsto assinar esta semana um resgate com o seu maior accionista, o grupo chinês Fosun, estimado em 900 milhões de libras (1.023 milhões de euros).

A assinatura do resgate acabou por se adiada porque os bancos credores, incluindo o Royal Bank of Scotland e o Loyds, estão a exigir um financiamento de contingência adicional de 200 milhões de libras para assegura que o grupo pode manter-se estável durante os meses de Inverno.

A imprensa internacional avança que o Thomas Cook tem apenas “dias” para conseguir esses 200 milhões de libras.

O colapso do grupo poderia afectar 150 mil turistas britânicos e forçar a Autoridade de Aviação Civil a assegurar o seu regresso ao Reino Unido, com um custo de 682 milhões de euros (600 milhões de libras).

A empresa emprega cerca de 22 mil pessoas, incluindo nove mil no Reino Unido, e atende 19 milhões de pessoas por ano em 16 países.

 

Ver também:

Gigante europeu da operação turística recorre à protecção de credores nos tribunais dos EUA

Fosun vai injectar quase 500 milhões na Thomas Cook

 

Clique para ver mais: Thomas Cook

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Solférias 'apresenta' as Américas a agentes de viagens (3/3)

17-10-2019 (19h20)

A Solférias, que está a organizar o Roadshow Américas, que decorreu ontem em Lisboa, e está neste momento a ter lugar no Porto, já disponibiliza pacotes para diferentes destinos, em vendas antecipadas, para viagens até Outubro de 2020.

Solférias 'apresenta' as Américas a agentes de viagens (2/3)

17-10-2019 (19h10)

A Solférias, que está a organizar o Roadshow Américas, que decorreu ontem em Lisboa e está a decorrer agora no Porto, tem como objectivo aumentar a oferta para os Estados Unidos, segundo os responsáveis João Cruz, director de produto, e Sofia Rodrigues, gestora de produto.

Solférias 'apresenta' as Américas a agentes de viagens (1/3)

17-10-2019 (19h03)

O Roadshow Américas, organizado pela Solférias, teve lugar no Tryp Lisboa Aeroporto, ontem, 16 de Outubro, e está a decorrer hoje, dia 17, no Sheraton Porto Hotel & Spa com o intuito de dar a conhecer aos agentes a oferta do operador e as particularidades de países com menos promoção turístia em Portugal.

Solférias está com vendas "muito acima das nossas expectativas"

17-10-2019 (18h56)

O PressTUR esteve no "Roadshow Américas", evento promovido pela Solférias em Lisboa e no Porto, e conversou com o director de produto, João Cruz, e a gestora do produto "Américas", Sofia Rodrigues, que classificaram este ano de "completamente atípico a nível de vendas, no geral e em relação às Américas".

Grupo Wamos compra activos da Neckermann na Bélgica

11-10-2019 (16h51)

O Grupo Wamos, que está presente em Portugal desde a compra da ES Viagens e da Geostar pelo fundo de investimento Springwater, anunciou a compra de 100% dos activos da agência de viagens Neckermann na Bélgica, uma marca do falido grupo Thomas Cook com cerca de 150 milhões de euros por ano de facturação.

Noticias mais lidas