Travelport partilha insights do NDC - Por Ian Heywood

07-12-2018 (17h01)

Global Head of New Distribution da Travelport

A 23 de Outubro anunciámos que a nossa solução NDC estava operacional numa agência de viagens baseada no Reino Unido, a Meon Valley Travel, e que tivemos êxito em tornar-nos o primeiro operador GDS a gerir uma reserva comercial de voos utilizando o standard técnico NDC da IATA.

Dado o impacto que o NDC está a ter na nossa indústria, e como líder em disponibilizar escolha através conteúdo aos nossos parceiros da indústria das viagens, partilhamos os ensinamentos e a visão desta fase inicial de desenvolvimento da nossa solução NDC. Estamos agora a alargar o acesso NDC a um número crescente de agentes de viagens no Reino Unido e na Europa e temos quatro novas companhias de aviação a começarem a fase Alpha antes do fim de 2018.

Aqui ficam cinco insights das nossas primeiras poucas semanas a operarmos uma solução de reservas NDC.

1. Familiaridade dos agentes de viagens é crucial

O conteúdo NDC para os agentes conectados à Travelport é disponibilizado para reservas através do Smartpoint, a nossa solução desktop para agências. Como este é um sistema familiar, instalação, navegação e fluxo de reserva, tudo tem sido fluente, apesar da mudança na origem do conteúdo que é reservado.

2. Integração com o fluxo de trabalho existente é essencial

Como indicado acima, os agentes reservam numa solução que lhes é familiar, o que mantém o processo simples. Eles podem também ver NDC no mesmo processo de trabalho que outros conteúdos sem terem que sair do seu desktop, tornando o processo mais eficiente. Esta integração significa que os agentes podem comparar tarifas entre conexões GDS e NDC e tomar decisões informadas quanto às reservas que melhor servem os seus passageiros.

3. Um roadmap com flexibilidade é a abordagem certa

Crescer incrementalmente a partir da solução de reserva NDC da Travelport está a funcionar bem e a permitir-nos aprender com o feedback dos agentes e integrar melhorias sugeridas nos nossos planos de desenvolvimento. Nós temos beneficiado também dos quadros SAFe e dos princípios Agile, pelo que temos consistentemente revisto o projecto e apresentado o roadmap já percorrido para assegurar que o que construímos acrescenta valor aos nossos clientes.

4. As agências nossas clientes querem acesso a conteúdo NDC

Começámos a extensão ao nosso próximo grupo de clientes — Brightsun Travel, Global Travel Management, Gray Dawes Group, TAG, Travel Counsellors e Travel & Transport Statesman — esta semana no Reino Unido com mais um grupo de agências a juntar-se brevemente. Ainda que compreendamos a procura e estejamos a trabalhar intensamente para assegurarmos que podemos proporcionar acesso a conteúdo NDC assim que possível, adoptámos uma abordagem cautelosamente considerada na sua disponibilização, para garantirmos que mantemos consistência. Este é um marco importante na comercialização de aviação, e nós temos que ter o encanamento correcto desde o princípio.

5. Continuamos a colaborar para garantir que o NDC trabalha para todos

Ainda há um longo caminho a percorrer pelas companhias aéreas para avançarem com a personalização, pricing dinâmico e um ambiente de comércio dirigido. Os agentes necessitam de familiaridade e consistência com as suas ferramentas de reservas actuais. E provavelmente iremos operar num mundo de conteúdos mistos por muitos anos. É essencial que trabalhemos juntos para levarmos por diante o NDC.

Para se juntar à nossa New Distribution Conversation, visite www.travelport.com/NDC

 

Ver também:

Está pronto para a era do NDC? – por Ian Heywood

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Magda Nassar assume presidência da ABAV nacional

17-06-2019 (11h23)

A ex-presidente da Braztoa Magda Nassar é a nova presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagens (ABAV) nacional, em substituição de Geraldo Rocha que decidiu afastar-se do cargo por motivos de saúde.

Royal Caribbean vai crescer na Europa “sustentada na qualidade”, Francisco Teixeira

12-06-2019 (13h09)

A oferta de cruzeiros da Royal Caribbean no Mediterrâneo nos próximos dois a três anos talvez não “cresça muito em quantidade, mas cresce com certeza em qualidade”, avançou Francisco Teixeira, director da Melair, empresa que representa a companhia de cruzeiros em Portugal.

Melair desafia agentes de viagens a propor cruzeiros à saída de Porto Rico

12-06-2019 (13h07)

Francisco Teixeira, director da Melair Cruzeiros, desafiou ontem os agentes de viagens participantes de uma visita a um navio em Lisboa a proporem aos seus clientes os cruzeiros da Royal Caribbean com embarque e desembarque em San Juan, Porto Rico.

Redes de agências de viagens “estão mais disponíveis” para o produto de cruzeiros, Francisco Teixeira

12-06-2019 (13h04)

As redes de agências de viagens "estão mais disponíveis" para o produto de cruzeiros, afirmou Francisco Teixeira, director da Melair Cruzeiros, que representa em Portugal as companhias Royal Caribbean, Celebrity, Azamara e Pullmantur.

Mercado de cruzeiros português ultrapassa este ano os 60 mil passageiros, Francisco Teixeira

12-06-2019 (13h01)

O mercado português de cruzeiros, que depois de chegar aos 50 mil passageiros em 2010 caiu para a ordem dos 30 mil, irá este ano ultrapassar, e "bem" os 60 mil, avançou ontem Francisco Teixeira, director da Melair Cruzeiros, que representa as companhias Royal Caribbean, Celebrity, Azamara e Pullmantur.

Noticias mais lidas