“Turismo: os desafios do crescimento” é tema do 44º Congresso da APAVT

04-07-2018 (22h08)

O 44º Congresso da APAVT, que vai realizar-se entre 21 e 25 de Novembro em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, nos Açores, será dedicado ao tema "Turismo: os desafios do crescimento".

O tema e a imagem do evento foram apresentados hoje em Lisboa, no Hotel Mundial, pelo presidente da Associação, Pedro Costa Ferreira, e pela secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo dos Açores, Marta Guerreiro.

O Congresso da APAVT, que se realiza pela quarta vez nos Açores, tem previsto receber 500 participantes, incluindo agentes de viagens, operadores turísticos e outros profissionais do sector do turismo.

Ao apresentar o tema do Congresso, Pedro Costa Ferreira destacou que “Portugal tem tido um percurso absolutamente fantástico nos últimos anos, mas todos sabemos que os ciclos económicos não duram indefinidamente, por isso é que são ciclos”.

Por outro lado, acrescentou o presidente da Associação, existem “desafios importantes relacionados com a interrupção de algumas operações aéreas relevantes, como é o caso da falência da Monarch, com as dificuldades de operação no aeroporto de Lisboa, com as dificuldades de operação da TAP, com o Brexit, ou mesmo com os problemas de operação turística que enfrentamos na cidade de Lisboa”.

A escolha do tema também está relacionada com a necessidade de um debate sobre os “próximos passos” dos Açores face ao crescimento notável dos últimos anos. Esse debate deverá ter em conta “sustentabilidade do crescimento” e “sustentabilidade do próprio destino”, afirmou Pedro Costa Ferreira.

A nível microeconómico, “apesar da visível recuperação das agências de viagens e dos operadores turísticos”, o presidente da APAVT destacou que “há todo um percurso de consolidação por percorrer, com especial ênfase na tecnologia, na formação, e nos standards de serviço”.

Pedro Costa Ferreira salientou que este será o quarto Congresso da Associação nos Açores, depois de 1995, 2006 e 2013.

Em 2013, os Açores foram «Destino Preferido da APAVT», seguindo-se em 2014, por iniciativa da APAVT, a classificação dos Açores como “Destino Preferido da ECTAA”, que é a Confederação Europeia das Agências de Viagens e Operadores Turísticos.

Em 2015, acrescentou Pedro Costa Ferreira, “envolvemos os Açores no congresso da DRV, a nossa congénere alemã, como um dos destinos dos pós tours daquele evento”.

No ano passado, em 2017, foi a congénere britânica, a ABTA, que realizou o seu congresso nos Açores e, depois do Congresso da APAVT este ano, segue-se o da CEAV, congénere espanhola, que terá lugar na Terceira em 2019.

 

Clique para mais notícias: APAVT

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Thomas Cook precisa de mais 200 milhões para evitar colapso

20-09-2019 (16h52)

O grupo Thomas Cook, considerado o segundo maior da Europa na operação turística e agências de viagens, confirmou que precisa de mais 200 milhões de libras (226 milhões de euros) para evitar o colapso.

Magnet junta companhias aéreas e agentes de viagens em Lisboa, Porto e Coimbra

19-09-2019 (16h53)

A Magnet vai organizar em Outubro, em Lisboa, Porto e Coimbra, um evento para juntar agentes de viagens e as principais companhias de aviação que operam em Portugal.

Solférias leva agentes de viagens portugueses à Tailândia

18-09-2019 (18h16)

O operador turístico Solférias levou um grupo de agentes de viagens portugueses a conhecer a Tailândia, um dos novos destinos da sua programação, proporcionando-lhes um circuito que incluiu praias, cidade e natureza.

Gigante europeu da operação turística recorre à protecção de credores nos tribunais dos EUA

17-09-2019 (16h21)

O grupo Thomas Cook, tradicionalmente considerado o segundo maior da Europa na operação turística e agência de viagens, solicitou ontem a protecção de credores, o chamado Chapter 15, num tribunal de Nova Iorque, que o protege de tentativas de cobranças por parte de credores dos Estados Unidos.

OTA de hotéis Amoma cessa e culpa “comparadores de preços”

16-09-2019 (11h08)

A agência de reservas hoteleiras Amoma, em www.amoma.com, que no ano passado teve vendas superiores a 500 milhões de euros, anunciou que cessa actividade e não terá como assegurar o respeito pelas responsabilidades contraídas para com os clientes.

Noticias mais lidas