EgyptAir abre terceira rota para a China

17-10-2019 (13h47)

Foto: EgyptAir
Foto: EgyptAir

A companhia de aviação egípcia EgyptAir, parceira da TAP na Star Alliance, anunciou para finais do próximo mês a abertura da sua terceira rota para a China, do seu hub no Cairo para Hangzhou.

A EgyptAir, que já conta com voos do Cairo para Pequim e para Guangzhou, indicou que a terceira rota para a China começa a 29 de Novembro e terá dois voos por semana em Boeing B787-9 Dreamliner, com 30 lugares em business e 279 em económica.

Actualmente a EgyptAir já tem três voos por semana para Pequim e voos diário para Guangzhou.

A imprensa internacional salienta que o Egipto recebeu em 2018 perto de meio milhão e turistas chineses, em forte alta face aos cerca de 300 mil que teve em 2017.

A aposta na Ásia é ainda reforçada pela retoma, entre meados de Dezembro e inícios de Maio de 2020, de um voo charter semanal de Osaka, Japão, em Boeing B777-300 ER, com 49 lugares em executiva e 297 em económica.


Para ver mais sobre o Egipto clique:

Egipto, um destino para muitos sonhos

 

Clique para mais notícias: EgyptAir

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Egipto

Clique para mais notícia: Ásia&Pacífico

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Antonoaldo Neves garante que TAP tem “fundações bem sólidas”

21-02-2020 (17h53)

Os resultados da TAP no segundo semestre “não foram suficientes para compensar” as quebras do primeiro, admitiu Antonoaldo Neves, CEO da transportadora, que acrescentou estar convicto, no entanto, que “as fundações estão bem sólidas para a gente continuar nessa trajectória de transformação da empresa e melhoria da sustentabilidade”.

Grupo TAP baixa prejuízos em 12,4 milhões para 105,6 milhões de euros em 2019

21-02-2020 (17h51)

O Grupo TAP registou prejuízos de 105,6 milhões de euros em 2019, uma melhoria de 12,4 milhões de euros face às perdas de 118 milhões registadas em 2018.

TAP fecha o ano com prejuízos de 95,6 milhões

21-02-2020 (17h51)

A companhia portuguesa de aviação TAP perdeu mais 95,6 milhões de euros no ano passado, com um agravamento de 37,6 milhões face a 2018, segundo os resultados da empresa comunicados à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“Não há possibilidade de a TAP ir para o Montijo”, Antonoaldo Neves

21-02-2020 (17h07)

O CEO da TAP, Antonoaldo Neves, voltou a garantir que “não há possibilidade” da companhia aérea ir para o Montijo, apesar de considerar “importantíssimo” a sua construção.

Comissão Executiva da TAP “não comenta política de remuneração da empresa”, Antonoaldo Neves

21-02-2020 (16h59)

O CEO da TAP, Antonoaldo Neves, declarou que “não comenta política de remuneração da empresa” que foi trazida para a ‘praça pública’ pelo accionista David Neeleman que o escolheu para liderar a gestão executiva da companhia.

Noticias mais lidas