Primeiro passageiro 14 milhões da TAP voou hoje do Recife para Lisboa

29-12-2017 (15h29)

Foto: TAP
Foto: TAP

A TAP celebrou hoje no Aeroporto do Recife ter atingido pela primeira vez a marca de 14 milhões de passageiros num ano, identificado como João Humberto Martorelli, que teve a aguardá-lo o responsável regional da TAP no Recife, Gilberto Sabino.

“Para celebrar o facto de ter alcançado os 14 milhões de passageiros transportados, a TAP surpreendeu o passageiro número 14 milhões do ano 2017, João Humberto Martorelli, que se preparava para embarcar no Recife para Lisboa, hoje, 29 de Dezembro” e que “foi contemplado com uma viagem para duas pessoas à Europa”, diz um comunicado da TAP sobre a celebração.

A companhia divulgou também uma fotografia com o seu primeiro passageiro 14 milhões ladeado por Ana Terra Lima, da empresa de promoção turística do estado de Pernambuco, Empetur, à sua direita, e Gilberto Sabino, responsável regional da TAP no Recife, e Maria Claudia de Paula, responsável de marketing da Secretaria de Turismo do Recife, à esquerda.

O PressTUR já tinha antecipado no início deste mês que a TAP estava em vias de atingir a marca de 14 milhões de passageiros este ano (para ler clique: TAP está em vias de fechar 2017 acima dos 14 milhões de passageiros e um aumento acima de dois milhões) e mais recentemente o CEO da companhia, Fernando Pinto, no almoço de Natal com a imprensa, revelou ter também essa expectativa (para ler mais clique: Fernando Pinto perspectiva TAP no fim deste ano 2,6 vezes maior do que quando chegou à companhia).

O comunicado da TAP sobre o novo marco do seu desenvolvimento diz que o total de 14 milhões de passageiros “representa um aumento de 21,8% face a 2016, acompanhado de uma taxa de ocupação – load factor – de 82,9%, mais 4,4 pontos percentuais do que no mesmo período do ano passado”.

O comunicado diz ainda que “2017 foi um ano de sucessos” para a TAP, “com recordes batidos sucessivamente”, exemplificando que a companhia “voa hoje para 83 destinos, mais oito do que em 2016, em 34 países, mais quatro do que no ano passado”.

“A estratégia de expansão terá continuidade em 2018”, prossegue o comunicado, que cita de seguida os novos destinos confirmados recentemente pela companhia, como Florença (Itália) e Nouakchott (Mauritânia), de Lisboa, Milão, Barcelona, aeroporto de London City e Ponta Delgada, do Porto, além do “reforço da operação no longo curso com mais quatro voos semanais para S. Paulo e mais um para Brasília, Belo Horizonte e Toronto (para ler mais clique: TAP anuncia mais seis voos por semana para o Brasil e Reforço da TAP para Toronto é sazonal, de Junho a Setembro).

O comunicado acrescenta que “também a TAP Cargo está a terminar o ano de 2017 com números recorde”, especificando que “no final deste ano, terão sido transportadas cerca de 78.500 toneladas de carga e correio nos aviões da Companhia, o que representa um aumento de 25% face a 2016”.

 

Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Dubai vai injectar capital na Emirates

31-03-2020 (15h10)

O Dubai vai injectar capital na companhia aérea Emirates para a ajudar a atravessar a crise causada pela pandemia de covid-19, que obrigou a transportadora a suspender os voos de passageiros.

Eurowings vai manter dois voos por semana Dusseldorf – Lisboa

31-03-2020 (15h04)

A Eurowings, companhia de aviação do grupo Lufthansa inicialmente apontada como vocacionada para voos low cost de longo curso, vai manter dois voos por semana de Dusseldorf para Lisboa.

Lufthansa programa voo diário para Lisboa pelo menos até 19 de Abril

31-03-2020 (15h01)

A companhia de aviação alemã Lufthansa prevê manter voo diário de Frankfurt para Lisboa pelo menos até 19 de Abril, tendo 1.260 lugares em cada sentido, apesar da forte redução em consequência do impacto da pandemia de coronavírus.

TAP só vai voar em Embraer E190 até 4 de Maio

31-03-2020 (14h55)

A operação reduzida que a TAP tem programada até 4 de Maio vai ser toda realizada em Embraer E190 de 106 lugares, o que significa que terá um total de 1.060 lugares por semana em voos de/para Lisboa.

Ministro da Economia admite nacionalizações para assegurar "actividades estratégicas"

31-03-2020 (12h26)

O ministro da Economia considera “muito difícil” que a TAP “mantenha todos os postos de trabalho funcionais” na actual conjuntura, mas garante que o Estado assegurará, nesta e noutras empresas estratégicas, “a preservação do valor” que representam para o país.

Noticias mais lidas