Rota da LATAM entre Lisboa e São Paulo contribui para “mais qualidade de serviço aos nossos clientes” – APAVT

11-10-2018 (01h20)

A entrada da LATAM Airlines nas ligações entre Lisboa e São Paulo, em concorrência com a TAP e a Azul, "vai contribuir para mais qualidade de serviço aos nossos clientes", disse o presidente da APAVT - Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo, Pedro Costa Ferreira.

“Esta rota tem a particularidade de trazer mais concorrência, e nós achamos que o sector aéreo precisa de mais concorrência, porque precisa de mais qualidade de serviço”, algo de que “os nossos clientes se queixam e é à volta disso que, todos os dias, estamos a trabalhar”, disse Pedro Costa Ferreira, num evento de apresentação da rota da LATAM Airlines, esta quarta-feira.

Nesse sentido, acrescentou o dirigente, “tenho a certeza que, com esta nova rota, a LATAM vai contribuir para mais qualidade de serviço aos nossos clientes”.

Dirigindo-se aos agentes de viagens, Pedro Costa Ferreira salientou que a LATAM Airlines, ao entrar no mercado português, procurou desde o início “estreitar relações” com a APAVT, uma posição que que elogiou, considerando que o “diálogo neste momento é muito preciso face às dificuldades de operação e face às atitudes ao longo da cadeia de valor”.

“Nós registámos esta atitude e certamente que os agentes de viagens vão saber escolher entre quem quer dialogar connosco e quem não quer dialogar connosco”, concluiu.

Francisco Pita, Chief Commercial Officer da ANA, por sua vez, considerou esta rota da LATAM como “talvez um dos melhores exemplos daquilo que é a estratégia de desenvolvimento de rotas” para o Aeroporto de Lisboa, que passa “por uma aposta na diversificação de companhias aéreas, mas também da rede de destinos servidos, não só de forma directa, mas também de forma indirecta”.

A LATAM “veio ampliar muito aquilo que é a rede de conectividade do Aeroporto de Lisboa com toda a América Latina”, acrescentou Francisco Pita.

 

Ver também:

Voos da LATAM entre Lisboa e São Paulo estão “acima das expectativas” – Thibaud Morand

LATAM aumenta capacidade em 8% em Setembro e sofre queda acentuada da ocupação dos voos

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: LATAM Airlines

Clique para ver mais: APAVT

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Construção de aeroporto no Montijo depende da aprovação do projeto de execução e respetivo relatório ambiental

22-01-2020 (18h05)

A construção de um aeroporto civil no Montijo, declarada na terça-feira ambientalmente viável pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), só pode avançar após aprovação dos respetivos projecto de execução e relatório de conformidade ambiental.

Portugal é “um mercado muito importante” onde a Globalia quer crescer — Javier Hidalgo, CEO

22-01-2020 (14h32)

A Globalia, dona da Air Europa e dos hotéis Be Live, entre outras empresas de turismo, como o operador Travelplan, presente em Portugal, vê o país como um mercado "muito importante" onde ambiciona crescer em várias áreas de negócio, disse ao PressTUR Javier Hidalgo, CEO do grupo.

Wizz Air começa a voar de Viena para Faro a partir de Julho

22-01-2020 (13h46)

A Wizz Air, que se apresenta como a maior low cost da Europa Central e do Leste, lança este ano a rota Viena – Faro, bem como prevê reforçar o número de voos das rotas Viena – Porto, que iniciou em meados de Dezembro passado, e Viena – Lisboa.

Sul-africana SAA cancela voos enquanto aguarda injeção de capital

21-01-2020 (18h36)

A companhia aérea estatal sul-africana South African Airways (SAA) anunciou hoje o cancelamento de 38 voos para poupar capital enquanto espera uma injeção de emergência do Governo para salvar da bancarrota.

Lisboa e Porto reforçaram em 2019 o domínio do tráfego aéreo em Portugal

21-01-2020 (17h53)

Os aeroportos de Lisboa e do Porto tornaram-se em 2019 ainda mais decisivos para a evolução do tráfego aéreo em Portugal, concentrando praticamente três quartos dos passageiros em aeroportos portugueses, num total de 44,27 milhões de passageiros, com um aumento médio em 8,1%, enquanto o crescimento do conjunto dos aeroportos geridos pela ANA/Vinci foi de 6,9%.

Noticias mais lidas