Ryanair anuncia reforço da operação de/para Portugal com previsão de chegar a 11 milhões de passageiros/ano

09-10-2018 (14h24)

A low cost Ryanair anunciou hoje em Lisboa que vai ter mais 12 rotas de/para Portugal no próximo Verão, avançando a previsão de chegar a um total de 129 rotas e 10,8 milhões de passageiros/ano em aeroportos portugueses (11 milhões, segundo ‘arredondou' o seu CEO, Michael O'Leary).

Alicante, Berlim, Bordéus, Brive, Cagliari, Clermont, Edimburgo, Londres Southend, Marraquexe, Milão Bérgamo, Sevilha, Veneza Treviso são as novas origens/destinos anunciadas pela companhia, que mostrou continuar a privilegiar a aposta no Aeroporto do Porto, para o qual anunciou seis novas rotas e aumento do número de voos em mais seis (Bruxelas, Dublin, Londres Stansted, Luxemburgo, Malta e Marselha), elevando o total de rotas para 57, com previsão de chegar a 4,2 milhões de passageiros.

Para Lisboa, apesar de alegadamente esgotado a low cost anunciou três novas rotas (Bordéus, Clermont e Edimburgo) e reforço de voos em outras cinco (Berlim, Bruxelas, Bolonha, Dublin e Manchester).

A companhia indica que terá assim 29 rotas de/para Lisboa nas quais prevê chegar a 3,4 milhões de passageiros por ano.

Para Faro, a previsão avançada por O'Leary é que a Ryanair chegue a 2,7 milhões de passageiros por ano em 36 rotas, incluindo as novas Berlim, Milão Bérgamo e Londres Southend.

Para os Açores, a informação da Ryanair indica uma previsão de pouco mais de meio milhão de passageiros por ano (503 mil), com 400 mil em cinco rotas em Ponta Delgada (Lisboa, Frankfurt Hahn, Londres Stansted, Manchester e Porto) e 103 mil em duas rotas na Terceira (Lisboa e Porto).

Em Lisboa, a nova rota de e para Bordéus será operada cinco vezes por semana, enquanto as novas ligações a Clermont e Edimburgo terão duas frequências semanais.

No Porto, a Ryanair anunciou que a nova rota para Sevilha será operada três vezes por semana, enquanto as restantes novidades terão duas frequências semanais, designadamente Alicante, Brive, Cagliari, Marraquexe e Veneza Treviso.

Em Faro, as novas rotas para Berlim e Milão Bergamo terão dois voos por semana, enquanto Londres Southend terá cinco voos semanais.

 

Clique para mais notícias: Ryanair

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Sindicato dos pilotos da British Airways marca três dias de greve em Setembro

24-08-2019 (17h26)

O BALPA, sindicato dos pilotos da British Airways (BA), maior companhia de aviação do IAG, segundo maior grupo aéreo europeu, com 67,88 milhões e passageiros transportados nos primeiros sete meses deste ano, marcou greves dos seus associados para os dias 9, 10 e 27 de Setembro para exigir melhorias salariais.

Governo de São Tomé escolhe Ceiba/White para substituir euroAtlantic na STP Airways

24-08-2019 (17h05)

A Ceiba, companhia de aviação da Guiné Equatorial, cujos voos para a Europa são operados pela portuguesa White, é a próxima parceira operacional da STP Airways, em lugar da portuguesa euroAtlantic, que é accionista e operadora dos voos da companhia são-tomense desde a sua fundação, em 2008.

Air Europa amplia ligações entre Espanha e o nordeste brasileiro com voos para Fortaleza

23-08-2019 (15h38)

A Air Europa, única companhia espanhola com voos directos entre Espanha e o nordeste brasileiro, disputando esse mercado com a TAP, marcou para Dezembro a introdução do seu terceiro destino nessa região do Brasil, Fortaleza, depois de Salvador e Recife, que lhe valeram 80 mil passageiros nos primeiros sete meses deste ano, com um aumento homólogo em 8,3%.

Air Europa vai voar Madrid – Fortaleza a partir de 20 de Dezembro

23-08-2019 (13h58)

A Air Europa, companhia do grupo Globalia, de que fazem parte o operador turístico Travelplan e os hotéis Be Live, vai voar Madrid – Fortaleza a partir de 20 de Dezembro, inicialmente com dois voos por semana e, a partir de Junho, com três voos por semana.

Programa nacional de segurança da aviação civil prevê auditorias aos aeroportos

23-08-2019 (13h43)

O Governo aprovou ontem em Conselho de Ministros o diploma que define as responsabilidades dos intervenientes no sector da aviação na implementação das normas da aviação civil e que prevê a realização de auditorias aos aeroportos.

Noticias mais lidas