Ryanair só admite alterações de horários devido à greve do SNPVAC de amanhã a Domingo

20-08-2019 (12h14)

A low cost Ryanair publicou hoje no seu website uma informação sobre a greve convocada pelo SNPVAC entre amanhã, dia 21, e Domingo, dia 25, na qual apenas admite que alterações de horários de “alguns voos” das bases portuguesas, nos aeroportos de Lisboa, Porto, Faro e Ponta Delgada.

A informação, anunciada como aviso para "possível greve de um pequeno número de Tripulantes Portugueses de Quarta-Feira 21 de Agosto até Domingo 25 de Agosto", assegura que "todos os clientes afectados já foram notificados hoje por email / SMS e informados das suas opções".

"Os clientes que não receberam nenhuma notificação por email ou SMS terão os seus voos de / para Portugal operando normalmente na próxima semana", acrescenta a informação, que eventualmente quereria referir-se a voos esta semana, nos dias de greve de tripulantes de cabina.

A companhia, no seu estilo habitual, refere-se à greve convocada pelo SNPVAC como "greve desnecessária por parte de um pequeno número da nossa tripulação portuguesa e do seu sindicato SNPVAC".

 

Clique para mais notícias: Ryanair

Clique para mais notícias: SNPVAC

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Antonoaldo Neves garante que TAP tem “fundações bem sólidas”

21-02-2020 (17h53)

Os resultados da TAP no segundo semestre “não foram suficientes para compensar” as quebras do primeiro, admitiu Antonoaldo Neves, CEO da transportadora, que acrescentou estar convicto, no entanto, que “as fundações estão bem sólidas para a gente continuar nessa trajectória de transformação da empresa e melhoria da sustentabilidade”.

Grupo TAP baixa prejuízos em 12,4 milhões para 105,6 milhões de euros em 2019

21-02-2020 (17h51)

O Grupo TAP registou prejuízos de 105,6 milhões de euros em 2019, uma melhoria de 12,4 milhões de euros face às perdas de 118 milhões registadas em 2018.

TAP fecha o ano com prejuízos de 95,6 milhões

21-02-2020 (17h51)

A companhia portuguesa de aviação TAP perdeu mais 95,6 milhões de euros no ano passado, com um agravamento de 37,6 milhões face a 2018, segundo os resultados da empresa comunicados à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“Não há possibilidade de a TAP ir para o Montijo”, Antonoaldo Neves

21-02-2020 (17h07)

O CEO da TAP, Antonoaldo Neves, voltou a garantir que “não há possibilidade” da companhia aérea ir para o Montijo, apesar de considerar “importantíssimo” a sua construção.

Comissão Executiva da TAP “não comenta política de remuneração da empresa”, Antonoaldo Neves

21-02-2020 (16h59)

O CEO da TAP, Antonoaldo Neves, declarou que “não comenta política de remuneração da empresa” que foi trazida para a ‘praça pública’ pelo accionista David Neeleman que o escolheu para liderar a gestão executiva da companhia.

Noticias mais lidas