TAP acrescenta mais cinco destinos nos Estados Unidos em code-share com a JetBlue

13-02-2020 (15h40)

A TAP vai acrescentar cinco novos destinos nos Estados Unidos em voos da JetBlue, companhia fundada pelo seu accionista de referência, David Neeleman, a partir de Boston, para onde tem voos directos de Lisboa.

A companhia passa a poder propor ligações de Boston para Burbank, Portland (Oregon), Rochester (Nova Iorque), Sacramento e Salt Lake City.

A informação nos sistemas de reservas indica que estas opções serão acrescentadas gradualmente até finais de Junho.

 

Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Dubai vai injectar capital na Emirates

31-03-2020 (15h10)

O Dubai vai injectar capital na companhia aérea Emirates para a ajudar a atravessar a crise causada pela pandemia de covid-19, que obrigou a transportadora a suspender os voos de passageiros.

Eurowings vai manter dois voos por semana Dusseldorf – Lisboa

31-03-2020 (15h04)

A Eurowings, companhia de aviação do grupo Lufthansa inicialmente apontada como vocacionada para voos low cost de longo curso, vai manter dois voos por semana de Dusseldorf para Lisboa.

Lufthansa programa voo diário para Lisboa pelo menos até 19 de Abril

31-03-2020 (15h01)

A companhia de aviação alemã Lufthansa prevê manter voo diário de Frankfurt para Lisboa pelo menos até 19 de Abril, tendo 1.260 lugares em cada sentido, apesar da forte redução em consequência do impacto da pandemia de coronavírus.

TAP só vai voar em Embraer E190 até 4 de Maio

31-03-2020 (14h55)

A operação reduzida que a TAP tem programada até 4 de Maio vai ser toda realizada em Embraer E190 de 106 lugares, o que significa que terá um total de 1.060 lugares por semana em voos de/para Lisboa.

Ministro da Economia admite nacionalizações para assegurar "actividades estratégicas"

31-03-2020 (12h26)

O ministro da Economia considera “muito difícil” que a TAP “mantenha todos os postos de trabalho funcionais” na actual conjuntura, mas garante que o Estado assegurará, nesta e noutras empresas estratégicas, “a preservação do valor” que representam para o país.

Noticias mais lidas