TAP confirma reanimação da procura de voos no Brasil

10-09-2019 (16h41)

A TAP assinalou a reanimação do mercado brasileiro, o seu maior em receita pelo menos em 2018, ao anunciar que "recuperação do mercado brasileiro influencia crescimento consecutivo do número de passageiros transportados nas rotas de e para o Brasil em Agosto".

A companhia informou que em Agosto teve um aumento de passageiros nos seus voos de/para o Brasil em 11,2%, que representa uma aceleração em relação a Julho, em que teve um aumento em 10,9%.

Os voos da TAP para o Brasil começaram por ser ‘dominados' pelos mercados europeus, designadamente Portugal, no início deste século, mas progressivamente os passageiros do mercado brasileiro tornaram-se dominantes, representando mais de metade do total, o que, tendo em conta também que se trata de voos de longo curso, também conduziu a que o Brasil passasse a ser o primeiro mercado para a TAP em receita.

A informação da TAP indica que Agosto transportou um total de 170 mil passageiros nos voos de/para o Brasil, mais 17 mil que no mês homólogo de 2018, o que significa que as rotas do Brasil praticamente evoluíram em linha com a média de crescimento da procura da rede da TAP no mês de Agosto, que foi de 11%, e representaram cerca de 10% do total de passageiros que voaram com a TAP em Agosto, que foram, segundo a companhia, "mais de 1,7 milhões".

Já para o mês de Julho a TAP tinha informado que transportara "mais de 1,7 milhões de passageiros", adiantando então que tivera "o melhor mês de sempre em número de passageiros transportados", enquanto que para Agosto realçou apenas ter atingido "o recorde do melhor Agosto de sempre em número de clientes transportados".

A informação da companhia sobre o mês de Agosto, indica que o maior aumento de passageiros em valor absoluto foi nas rotas da Europa, com mais 79 mil, uma subida em 8,5%, e seguidamente esteve o aumento nas linhas da América do Norte (Estados Unidos e Canadá), com mais 39 mil, representando um crescimento de 51,7%.

A TAP, no entanto, não indica os totais de passageiros tanto em voos internacionais intra-europeus quanto em voos do sector América do Norte, como nem sequer se refere à ‘ponte aérea' entre Lisboa e o Porto, em relação à qual ainda em meados de Agosto anunciou ter programado mais um voo diário que no Verão deste ano.

Sobre voos domésticos, a TAP indicou apenas que este Agosto bateu o recorde mensal de passageiros em voos de/para os Açores e para a Madeira, alcançando um total de 165 mil, o que equivale a 9,7% do total do mês, e que teve um aumento em 10% em relação ao mês homólogo de 2018, ou seja, cerca de 1,3 pontos abaixo do aumento médio na totalidade da rede.

Já nos seus voos de/para o continente africano, a companhia indicou um aumento de passageiros seis pontos acima do seu aumento médio, em 17,3%, com o qual alcançou um total de 134 mil, representando 7,9% do total da rede.


Continua em:

Rota de Telavive atraiu nove mil passageiros para a TAP em Agosto

 

Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aeroporto do Porto vai renovar o sistema ILS para melhorar aterragens quando há nevoeiro

19-09-2019 (17h38)

O Aeroporto do Porto vai ter um “renovado sistema ILS (Landing Sistem, ou sistema de aterragem, em tradução livre) para garantir melhores condições” à infraestrutura, nomeadamente quando há nevoeiro, revelou hoje à Lusa a NAV – Navegação Aérea de Portugal.

Magnet junta companhias aéreas e agentes de viagens em Lisboa, Porto e Coimbra

19-09-2019 (16h53)

A Magnet vai organizar em Outubro, em Lisboa, Porto e Coimbra, um evento para juntar agentes de viagens e as principais companhias de aviação que operam em Portugal.

Governo publica lei que aprova Programa Nacional de Segurança da Aviação Civil

19-09-2019 (15h34)

O Governo publicou hoje, em Diário da República, o decreto-lei que aprova o Programa Nacional de Segurança da Aviação Civil, com medidas que revêm a legislação anterior e a adaptam “à mais recente regulamentação europeia”.

Ryanair quer que tripulantes da base de Faro aceitem alterar contratos para sazonais

18-09-2019 (18h13)

A low cost Ryanair admitiu em “nota” de distribuição restrita recuar no encerramento da base de Faro, mas dizendo que a sua continuação “poderá agora ser possibilitada pelo acordo das tripulações baseadas” na infra-estrutura “em mudar para contratos sazonais, para reflectir a natureza sazonal do tráfego de e para o Algarve”.

Ryanair invoca “razões comerciais” para cessar voos entre Lisboa e Porto

18-09-2019 (18h07)

A Ryanair decidiu abandonar a rota entre o Porto e Lisboa “por razões comerciais”, segundo fonte oficial da low cost citada pela Agência Lusa, a qual realçou que, ainda assim, continuará a “operar 57 rotas do Porto e 30 de Lisboa”.

Noticias mais lidas