TAP reforça liderança em voos Portugal - Espanha até Setembro, embora com perda de quota no Verão

22-10-2018 (18h02)

A TAP foi a companhia de aviação em que viajaram 39,7% dos passageiros que voaram entre Espanha e Portugal nos primeiros nove meses deste ano, a ganhar assim 0,2 pontos em relação ao período homólogo de 2017, embora no Verão (Junho a Setembro) tenha ficado em 37,6%, a baixar 0,6 pontos.

Os dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, a que o PressTUR teve acesso, indicam que a TAP transportou de/para os seus aeroportos, entre Janeiro e Setembro, 1,47 milhões de passageiros, com um aumento em 14,7% ou 189,6 mil, embora no período do Verão (Janeiro a Setembro) tenha registado um abrandamento do crescimento para 9,7% (mais 63,3 mil, para 715,7 mil).

O maior aeroportos espanhol da TAP voltou a ser este ano Barcelona, no qual somou 506,9 mil passageiros, com um aumento em 19,3% ou 82,1 mil, o qual está associado ao facto de ter retomado os voos de/para o Porto, que tinha retirado.

A TAP foi assim a companhia de aviação que transportou 43,8% dos passageiros que voaram entre Portugal e Barcelona, em alta de 1,8 pontos.

Já nas ligações entre Portugal e Madrid, a TAP perdeu três pontos de quota de mercado, para 28,4%, porque teve um aumento do número de passageiros de apenas 1,5% ou 7,4 mil, para 495,2 mil.

O terceiro maior aeroporto espanhol da TAP até Setembro foi Sevilha, no qual teve 96,7 mil passageiros, seguindo-se Valência, com 91,2 mil, Málaga, com 69,7 mil, Bilbau, com 60,5 mil, Gran Canária com 53,5 mil, Alicante, com 30,6 mil, Astúrias (Oviedo), com 24,8 mil, Vigo, com 24,8 mil, e A Coruña, com 20,8 mil.

Em Gran Canária e Alicante, novas ‘rotas espanholas’ da TAP, a companhia portuguesa teve, pelo efeito de não se comparar com períodos iguais, crescimentos a três dígitos, em 129,1% (mais 30,1 mil) e em 104,4% (mais 30,6 mil).

Entre as restantes linhas sobressaíram Sevilha, com aumento em 41,3% (mais 28,2 mil), Valência, com +22,1% (mais 16,5 mil), e Málaga, com mais 10% (mais 6,3 mil).

Com aumentos de apenas um dígito estiveram os voos da companhia portuguesas de/para A Coruña, com +5,1% (mais mil passageiros), Astúrias, com +9,9% (mais 2,2 mil), Bilbau, com +2,9% (mais 1,7 mil), e Vigo, com mais 1,6% (mais 385).

Nos meses de Verão (Junho a Setembro), em que o crescimento da TAP abrandou para 9,7% (mais 63,3 mil passageiros, para 715,7 mil), a companhia portuguesa teve mesmo queda do número de passageiros em voos de/para Madrid (-0,8% ou menos 1,7 mil, para 230,4 mil), Alicante (-1-3% ou menos cerca de 190, para 14,8 mil), Bilbau (-0,9% ou menos cerca de 270, para 29,3 mil) e Vigo (-5,8% ou menos cerca de 800, para 13 mil).

A compensar essas quedas estiveram especialmente os aumentos nos voos de/para Barcelona, em 23,2% ou 48,7 mil passageiros, para 259,1 mil, e de/para Sevilha, em 42,9% ou 13,4 mil, para 44,8 mil.

A companhia portuguesa também teve aumentos de passageiros nos seus voos de/para A Coruña (+3% ou mais cerca de 340, para 11,9 mil), Astúrias (+4,7% ou mais cerca de 600, para 13,3 mil), Gran Canária (+6,9% ou mais 1,6 mil, para 24,9 mil), Málaga (+4,4% ou mais 1,3 mil, para 30,6 mil) e Valência (+5,8% ou mais 2,3 mil, para 43,2 mil).

 

Para ler mais clique:

Voos entre Espanha e Portugal crescem a 14,1% até Setembro e atingem 3,7 milhões passageiros

 

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Espanha

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Boeing revela quebra de 44% das vendas de aviões comerciais em 2019

29-01-2020 (16h39)

O fabricante norte-americano de aviões Boeing revelou hoje uma quebra das receitas com aviões comerciais em 44% ou 25.244 milhões de dólares, bem como uma degradação dos resultados de operações da divisão em cerca de 14,5 milhões de dólares, de um lucro de 7.830 milhões em 2018 para um prejuízo de 6.657 milhões em 2019.

Neeleman põe aviões ‘a voar’ entre companhias

29-01-2020 (15h50)

A companhia de aviação brasileira Azul, fundada e presidida por David Neeleman, accionista de referência da TAP, vai ‘passar’ 28 Embraer E195 para a Breeze Aviation, também frequentemente denominada Moxy, que é a mais recente criação de David Neeleman.

South African Airways recebe injeção de 218 milhões de euros de banco público

29-01-2020 (15h37)

A companhia aérea estatal sul-africana South African Airways (SAA) anunciou hoje que terá acesso a 3,5 mil milhões de rands (218 milhões de euros), alocados pelo Banco de Desenvolvimento da África Austral para evitar o colapso da transportadora.

TAP baptiza novo A320neo com nome de Ary dos Santos

29-01-2020 (14h41)

A TAP baptizou o seu mais recente avião A320neo com o nome de José Carlos Ary dos Santos, “um dos maiores poetas portugueses do século XX”, numa cerimónia que contou com a presença da família do poeta e com actuações de Simone de Oliveira e de Fernando Tordo.

TAP está a acompanhar o problema do coronavírus e está preparada para reagir, Miguel Frasquilho

29-01-2020 (14h33)

O presidente do Conselho de Administração da TAP, Miguel Frasquilho, disse hoje que a companhia aérea está a acompanhar o surto de pneumonia por coronavírus e que está preparada para reagir.

Noticias mais lidas