TAP vai investir “cada vez mais” nas vendas directas

22-03-2019 (15h13)

As vendas da TAP através dos seus canais directos, como o seu website e o contact center, representaram 41% das vendas da companhia aérea em 2018, e o objectivo é chegar a 50%, disse hoje Raffael Quintas, Chief Financial Officer (CFO) da companhia.

A transportadora iniciou no ano passado um programa de redução de custos que permitiu uma poupança de 115 milhões de euros, disse Raffael Quintas, que falava hoje na sede da TAP, durante a apresentação de resultados de 2018.

“Só em renegociações de contratos foram 32 milhões de euros que conseguimos”, mas “há vários exemplos” de redução de custos, continuou o executivo.

Um desses exemplos é o aumento das vendas através dos canais directos, que em 2015 representavam 31% do total das vendas, passaram para 33% em 2016, 36% em 2017 e 41% em 2018, o que corresponde a um aumento de 10 pontos percentuais.

“Cada ponto percentual que aumentamos no percentual das vendas através dos nossos canais directos significa uma poupança de 1,2 milhões de euros para a empresa”, frisou Raffael Quintas, especificando que se trata de uma “poupança em comissões de agências de viagens, em custos com sistemas utilizados pelas agências de viagens”, embora sem indicar o investimento feito para potenciar os canais directos.

“A nossa meta é cada vez mais investir nos nossos canais directos”, concluiu o executivo, indicando que o objectivo da companhia aérea é ter 50% das suas vendas feitas através dos canais directos.

Uma mensagem da Comissão Executiva da TAP aos trabalhadores a que o PressTUR teve acesso explicita que empresa considera “estratégico voltar a ter o domínio dos seus canais de distribuição para aproveitar ao máximo o potencial de receita”.

Com esse objectivo, o ano 2018 foi marcado pela “renegociação do contrato de distribuição com fornecedores globais” e pelo “aumento do enfoque nas vendas no canal directo”.

“Com a renegociação do contrato de distribuição a TAP voltou a ter o domínio do seu canal de distribuição, ao negociar um contrato que encerra com a paridade tarifária entre canais, abriu-se a oportunidade de desenvolver a ligação directa (NDC) com os agentes de viagem, elemento fundamental para competir com outras companhias aéreas europeias que já têm essa prerrogativa e, ao mesmo tempo, resultou em taxas menores de distribuição e dos custos dos sistemas de reserva”, indica a mensagem.

Assim, a companhia aérea espera alcançar “uma poupança de 168 milhões de euros nos próximos cinco anos, sem incluir o potencial de obter uma melhor tarifa média, por voltar a ter domínio dos seus canais de venda”.

A TAP acrescenta ainda na mensagem aos trabalhadores que está a investir na sua presença digital (website, apps) e a “materializar uma estratégia de vendas proactivas, potenciando todos os touch points com o cliente numa oportunidade de venda”, sendo para isso “fundamental o investimento que tem feito no conhecimento do cliente e implementação de políticas de CRM – Customer Relationship Management”.

 

Ver também:

Alteração do modelo de distribuição da TAP só para o ano

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: TAP

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

DECO recebeu mais de quatro mil queixas relativas a transporte aéreo em 2018

19-04-2019 (18h19)

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO) recebeu mais de quatro mil reclamações relacionadas com transportes aéreos em 2018 e, no primeiro trimestre deste ano, elevam-se a 674.

Air Europa aumenta capacidade da rota de São Paulo Guarulhos com voos em B787-9

18-04-2019 (13h29)

A rota Madrid - São Paulo Guarulhos é uma das seis rotas que a Air Europa indicou passará a ter os seus voos em Boeing B787-9, substituindo o B787-8 de menor capacidade.

Aeroporto de Hong Kong contrata Travelport promoção da conectividade multi-modal

18-04-2019 (11h37)

A multinacional tecnológica para o turismo e transportes Travelport anunciou ter assinado um acordo para promover os serviços de conectividade multi-modal do Aeroporto Internacional de Hong Kong (HKIA) junto de viajantes da Ásia, Europa e América do Norte.

Jet Airways suspende todos os voos

18-04-2019 (09h47)

A Jet Airways, que já foi a maior companhia de aviação privada da Índia, com uma frota de 123 aviões e 23 mil trabalhadores, suspendeu todos os voos, por não ter como pagar o combustível e outros serviços.

Voo da Lufthansa Lisboa - Munique desviado hoje para Sevilha para abastecer (Actualiza)

17-04-2019 (19h01)

O voo LH1793 da Lufthansa que saiu hoje de manhã de Lisboa para Munique foi desviado para Sevilha para abastecer.