Vento forte condiciona movimento de aviões no Aeroporto da Madeira

16-05-2019 (23h13)

Foto: ANA Aeroportos
Foto: ANA Aeroportos

O vento forte condicionou obrigou hoje ao desvio de sete aviões que pretendiam aterrar no Aeroporto da Madeira – Cristiano Ronaldo.

“Sete voos já tiveram de divergir, sendo que quatro estão no Porto Santo, dois foram para Tenerife e um TAP regressou a Lisboa”, informou à Lusa fonte aeroportuária.

“Até às 15h25 esteve tudo bem”, mas a partir daí, “devido ao vento forte”, não foi possível os aviões fazerem as aterragens, o que afectou as correspondentes descolagens, especificou a mesma fonte.

Esta situação prejudicou as ligações de aeronaves da Condor provenientes de Frankfurt, Munique, Leizig, Dusseldorf e Hanôver, além de um da Transavia proveniente de Paris.

O voo TP 1695, da TAP, optou por regressar a Lisboa, explicou.

 

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Balanço do LATAM evidencia recuperação ‘explosiva’ da aviação no Brasil

16-08-2019 (16h15)

O LATAM, maior grupo de aviação comercial da América Latina, cuja subsidiária brasileira, a LATAM Brasil (antiga TAM), é líder brasileira em voos internacionais, indicou que no segundo trimestre teve um aumento da receita unitária (por lugar voado um quilómetro) de 18,7%, atingindo 29,5% em reais.

Levantadas restrições ao abastecimento no aeroporto de Lisboa, ANA Aeroportos

16-08-2019 (12h35)

As restrições ao abastecimento de aviões no aeroporto de Lisboa, em vigor desde segunda-feira, foram hoje levantadas, disse à Lusa fonte oficial da ANA – Aeroportos de Portugal.

Grupo SATA transportou mais 8% de passageiros no primeiro semestre

16-08-2019 (11h59)

As companhias aéreas SATA Air Açores e Azores Airlines transportaram 705,7 mil passageiros no primeiro semestre, mais 8% ou mais 52,5 mil que no período homólogo do ano passado, anunciou o Grupo SATA.

Lauak vai produzir em Grândola peças para aviões A320

16-08-2019 (11h39)

A Lauak vai implementar uma unidade de produção de preças para aviões A320 em Grândola, com um investimento de 33 milhões de euros com apoio de fundos comunitários.

Trabalhadores da Grounforce realizam concentração para exigir estacionamento

16-08-2019 (11h24)

Os trabalhadores da Groundforce, reunidos na quinta-feira em plenário, aprovaram a realização de uma concentração no Ministério das Infraestruturas, com data a definir, para entrega de um abaixo-assinado a exigir estacionamento nas zonas limítrofes aos aeroportos e devolução das multas.

Noticias mais lidas