Vinci confirma crescimento da subsidiária ANA Aeroportos em 6,8% em 2018

14-01-2019 (18h08)

A multinacional francesa Vinci Airports confirmou hoje que os dez aeroportos em Portugal geridos pela sua subsidiária ANA Aeroportos cresceram 6,8%, alcançando o total de 55,3 milhões de passageiros, como o PressTUR revelou na passada quarta-feira, dia 9, incluindo os dados de todos esses aeroportos.

Assim, o comunicado divulgado hoje pela Vinci adianta apenas que incluindo os aeroportos que gere em outros países, a empresa serviu um total de 195,24 milhões de passageiros, com um aumento médio em 6,8%.

Portugal, com 55,3 milhões, manteve-se o maior mercado em que está presente, seguido por Japão (Kansai Airports), com 48,33 milhões, Chile (Nuevo Pudahuel), com 23,3 milhões, França, com 19,9 milhões, e Cambodja (Cambodia Airports), com 10,55 milhões.

A informação realça que com a aquisição de Londres Gatwick, segundo maior aeroporto britânico, o total de passageiros “deverá atingir os 240 milhões) e realça que em 2018 teve “novo recorde no número de passageiros em Portugal (55 milhões), Camboja (10 milhões), Lyon-Saint Exupéry (11 milhões) e Nantes Atlantique (6 milhões) ao longo de todo o ano”.

A empresa especifica ainda que “no Brasil, o tráfego no aeroporto de Salvador aumentou 7,5% no 4º trimestre”, assinalando que “opera este aeroporto desde Janeiro de 2018 e recebeu 8 milhões de passageiros nos últimos 12 meses, registando um crescimento de 4,6%”.

 

Para ler mais clique:

Aeroporto de Lisboa cresceu 8,9% em 2018 e somou 29,031 milhões de passageiros

Aeroporto do Porto ficou ‘em cima’ dos 12 milhões de passageiros em 2018

Sem Lisboa e Porto, crescimento dos aeroportos ANA/Vinci ficou em 0,02% em 2018

Crescimento do Aeroporto de Faro ‘disparou’ para 19% em Dezembro, mas Lisboa abrandou para 2,2%

 

Clique para mais notícias: Vinci Airports

Clique para mais notícias: Aeroportos portugueses

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP já voa para Washington – Dulles

17-06-2019 (17h16)

A TAP já liga as capitais de Portugal e dos Estados Unidos, com a inauguração no Domingo do seu voo TP231 para Washington – Dulles, que informou ter preços de ida desde 253 euros.

Lufthansa responsabiliza excesso de capacidade na Europa pela quebra de resultados

17-06-2019 (15h15)

O grupo Lufthansa, maior grupo de aviação da Europa em número de passageiros e em tráfego medido em RPK (passageiros x quilómetros voados), responsabiliza um alegado excesso de capacidade na Europa por uma evolução pior do que previa, mas os seus dados mostram que a subsidiária mais problemática é a Eurowings, que até era identificada com o negócio de voos de longo curso low cost.

Lufthansa alarma mercados com revisão em forte baixa da previsão de resultados

17-06-2019 (14h46)

A Lufthansa revelou hoje uma previsão de queda acentuada do resultado operacional ajustado de não recorrentes, que conduziu a forte quebra da sua cotação na Bolsa de Frankfurt e ‘ondas de choque’ nos títulos das outras companhias de aviação europeias.

TAP quadruplica oferta de obrigações para até 200 milhões de euros

14-06-2019 (19h03)

A TAP decidiu multiplicar por quatro o número e valor de obrigações a emitir, no âmbito do empréstimo obrigacionista em curso, passando de 50 milhões de euros para até 200 milhões de euros, foi hoje comunicado ao mercado.

TAP recebe mais três Airbus A330neo e já conta com dez

14-06-2019 (16h58)

A TAP anunciou hoje ter recebido mais três aviões Airbus A330neo e que, assim, já com dez unidades deste avião que diz contribuir “com mais de 24 milhões de euros para a economia portuguesa” e “mais de 600 postos de trabalho para o País”.

Noticias mais lidas