Crescimento do Aeroporto de Faro ‘disparou’ para 19% em Dezembro, mas Lisboa abrandou para 2,2%

09-01-2019 (16h13)

Foto: ANA/Vinci
Foto: ANA/Vinci

Os dez aeroportos portugueses geridos pela ANA/Vinci terminaram o ano de 2018 em acentuado abrandamento do ritmo de crescimento do tráfego de passageiros, à excepção de Faro, que no mês de Dezembro sobressaiu com um aumento de passageiros em 19%, que não impediu, no entanto, que no ano registasse uma quebra em 0,5%.

Dados de tráfego dos aeroportos portugueses a que o PressTUR teve acesso mostram que o Aeroporto de Faro teve em Dezembro de 2018 mais 44,6 mil passageiros que um ano antes, o que significa um aumento inclusivamente superior ao ocorrido em Lisboa, que embora tendo reforçado a sua preponderância em 2018, no mês de Dezembro teve um aumento de passageiros em apenas 2,2%, significando mais 44,2 mil que no último mês de 2017.

Desta forma, o Porto foi em Dezembro o aeroporto gerido pela ANA/Vinci com o maior aumento de passageiros do mês, com mais 66 mil que em Dezembro de 2017, à frente de Faro (mais 44,6 mil) e de Lisboa (mais 44,2 mil) e, depois, o Funchal, que também ‘cortou’ com a tendência negativa do ano, apresentando um aumento de 10,1 mil passageiros.

Os dados a que o PressTUR teve acesso indicam que os dez aeroportos portugueses geridos pela ANA/Vinci tiveram 3,6 milhões de passageiros em Dezembro de 2018, +4,9% ou mais 168,4 mil que no mês homólogo de 2017.

Lisboa manteve-se o maior, com 2,071 milhões de passageiros, seguido pelo Porto, com 889,4 mil, e, depois, Faro, com 278,7 mil, Funchal, com 227,2 mil, e Ponta Delgada, com 112,1 mil.

Faro foi o aeroporto que teve o mais forte aumento de passageiros do mês, com +19%, seguido pelo Porto, com +8%, Ponta Delgada, com +5%, Funchal, com +4,7%, e Lisboa, com +2,2%.

Dos outros cinco aeroportos, os únicos com quebras de passageiros foram Porto Santo, com -37,2%, para 4,8 mil, e Beja, com -60%, para dois.

O aeroporto da Horta teve um aumento em 5,7%, para 12,8 mil, em Santa Maria o aumento foi de 3,6%, para 6,4 mil, e nas Flores houve um aumento em 0,2%, para 2,6 mil.

 

Para ler mais clique:

Aeroporto de Lisboa cresceu 8,9% em 2018 e somou 29,031 milhões de passageiros

Aeroporto do Porto ficou ‘em cima’ dos 12 milhões de passageiros em 2018

Sem Lisboa e Porto, crescimento dos aeroportos ANA/Vinci ficou em 0,02% em 2018

 

Clique para mais notícias: Aeroportos portugueses

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Soltrópico apresenta programação de Réveillon em Coimbra, Porto e Lisboa

21-08-2019 (21h48)

“Venha descobrir as novidades que temos reservadas para o Réveillon e para os destinos de longo curso”, desafia o operador turístico Soltrópico num convite para três apresentações marcadas para 10, 11 e 12 de Setembro, em Coimbra, Porto e Lisboa.

Convento do Carmo em Moura vai ser um 4-estrelas após investimento de seis milhões

21-08-2019 (21h22)

A Sociedade de Promoção de Projetos Turísticos e Hoteleiros (SPPTH), gestora do Convento do Espinheiro, em Évora, venceu a concessão do Convento do Carmo, em Moura, que irá converter num hotel de 4-estrelas para abrir em 2022, após um investimento de seis milhões de euros.

Aeroporto de Lisboa vai ter uma nova área de chegadas com mais cinco postos de controlo

21-08-2019 (16h30)

O aeroporto de Lisboa vai ter a partir de final de Setembro/início de Outubro mais cinco postos de controlo do Serviço de Estangeiros e Fronteiras (SEF) numa nova área de chegadas, disse Isabel Oneto, secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna.

Macau recebeu mais 8% de turistas portugueses até Julho

21-08-2019 (16h16)

Macau recebeu 6.905 turistas portugueses nos primeiros sete meses do ano, o que corresponde a um aumento de 8% ou mais 509 turistas que no período homólogo do ano passado, segundo dados oficiais divulgados hoje.

Macau soma mais 20% de visitantes nos primeiros sete meses do ano

21-08-2019 (16h13)

Macau recebeu 23,814 milhões de visitantes nos primeiros sete meses do ano, um aumento de 20% ou quase quatro milhões (3,966 milhões) face período homólogo do ano passado, de acordo com os dados oficiais divulgados hoje.

Noticias mais lidas