Costa Cruzeiros celebra ‘float out’ do Costa Venezia

22-06-2018 (16h54)

Imagem: Costa Cruzeiros
Imagem: Costa Cruzeiros

A Costa Cruzeiros celebrou hoje o ‘float out’ do Costa Venezia, o seu primeiro navio construído especificamente para o mercado chinês, cuja primeira partida está marcada para 3 de Março de 2019, de Trieste.

O navio, que tem o seu design inteiramente dedicado à cidade de Veneza, está a ser construído nos estaleiros da Fincantieri, em Monfalcone, Itália.

Procurando dar vida à “paixão da cultura veneziana e italiana”, o Costa Venezia terá um teatro inspirado no teatro veneziano "La Fenice", o átrio principal fará lembrar a "Piazza San Marco", e os restaurantes serão dedicados à arquitectura típica das vielas venezianas.

O navio contará com gôndolas originais, feitas por artesãos locais, e com uma festa mascarada que irá recriar a bordo a atmosfera do famoso Carnaval de Veneza.

Os hóspedes também poderão saborear as delícias de um jantar italiano, das lojas italianas de luxo e de várias opções de entretenimento.

Antes de chegar à China em Maio do próximo ano, o Costa Venezia fará dois cruzeiros, ambos partindo do porto italiano de Trieste, começando por uma viagem a partir de 3 de Março para a Grécia e a Croácia.

Depois, a 8 de Março, o navio segue para uma viagem de 53 dias, seguindo os passos de Marco Polo, atravessando o Mediterrâneo, Médio Oriente, Sudeste e Leste da Ásia, antes de chegar em Tóquio (clique para ler: Costa Venezia vai seguir a rota de Marco Polo).

A partir de 18 de Maio de 2019, o Costa Venezia estará dedicado aos hóspedes chineses, com homeport em Xangai.

Com 323 metros de comprimento e 135.500 toneladas de arqueação bruta, o navio tem capacidade para mais de 5.100 hóspedes e será o maior navio da Costa a operar cruzeiros com homeport na China.

Um navio ‘irmão’ do Costa Venezia, a ser construído nos estaleiros da Fincantieri em Marghera, será lançado em 2020.

“Como o nosso primeiro navio construído especificamente para o mercado chinês, o Costa Venezia marca uma nova era não apenas para a Costa Cruzeiros e para a Fincantieri, mas para a indústria de cruzeiros chineses como um todo”, afirmou Mario Zanetti, presidente da Costa Group Asia.

“Desde a sua concepção inicial até à actual cerimónia de lançamento, o Costa Venezia foi projectado tendo em mente o consumidor chinês”, sublinhou Mario Zanetti, acrescentando que o navio “continuará a oferecer a autêntica experiência italiana da Costa Cruzeiros, ao mesmo tempo que proporciona férias únicas”.

Luigi Matarazzo, vice-presidente executivo da Fincantieri, por sua vez, salientou que o novo navio “fortalecerá o compromisso da Costa num mercado emergente”.

 

Clique para mais notícias: Costa Cruzeiros

Clique para mais notícias: Cruzeiros

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Royal Caribbean encomenda de 6º navio da classe Oasis

18-02-2019 (18h26)

A Royal Caribbean Cruises, segundo maior grupo mundial de cruzeiros, anunciou ter formalizado hoje a encomenda de um 6º navio da classe Oasis, que prevê receber no Outono de 2023.

Springwater abre em Lisboa agência de viagens especializada em cruzeiros

22-01-2019 (17h16)

O grupo Springwater, de que fazem parte a GeoStar e a TopAtlântico, anunciou a inauguração em Lisboa de uma agência de viagens dedicada exclusivamente à venda de cruzeiros, que baptizou Loja de Cruzeiros.

MSC Cruzeiros somou mais 34,2% de passageiros portugueses em 2018

22-01-2019 (13h09)

A MSC Cruzeiros, que reivindica ser a companhia de cruzeiros nº 1 dos portugueses, fechou o ano passado com 29.748 passageiros do mercado português, mais 34,2% ou mais 7.590 que no ano anterior, em que tinha crescido 7,8% face a 2016.

Terminal de actividades marítimo-turísticas de Lisboa deverá estar a funcionar até ao final do ano

21-01-2019 (15h12)

A estação fluvial Sul e Sueste, no Terreiro do Paço, em Lisboa, está a ser alvo de requalificação e deverá estar em funcionamento como terminal de actividades marítimo-turísticas até ao final do ano, cerca de dois anos mais tarde que o previsto inicialmente.

Cruzeiros no Funchal terminaram 2018 com estagnação em baixa

18-01-2019 (16h41)

O Porto do Funchal teve um ligeiro decréscimo do número de passageiros de cruzeiros em 2018, tendo terminado o ano com 537.851, -0,2% ou menos 1.341 que em 2017, mas ainda assim o 4º melhor total anual de sempre.