BTL recebeu mais profissionais mas menos ‘público’ que em 2017

08-03-2018 (12h23)

A 30ª edição da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) somou menos cerca de mil visitantes que em 2017, uma evolução marcada pelo decréscimo do número de visitantes durante o fim-de-semana, já que nos dias profissionais a feira até recebeu mais pessoas.

A BTL, que decorreu entre 28 de Fevereiro e 4 de Março no Parque das Nações, em Lisboa, somou 77 mil visitantes, mais de metade deles profissionais do sector.

Segundo uma informação da BTL, os primeiros três dias da feira, dedicados a profissionais, somaram cerca de 39 mil visitantes, mais 1.112 que em 2017, enquanto no fim-de-semana, em que está aberta ao público, visitaram a BTL cerca de 38 mil pessoas, menos cerca de duas mil pessoas que há um ano.

O evento superou assim a previsão da organização, que era receber mais de 75 mil visitantes, o que é realçado pela directora de feiras da FIL e responsável pela BTL, Fátima Vila Maior, que, citada em comunicado, declarou que “os resultados alcançados superaram todas as nossas expectativas”.

Há um ano, porém, ao fazer o balanço da edição de 2017, a organização indicou que a feira recebeu 78 mil visitantes, 37.888 deles nos dias exclusivos para profissionais e 40.113 no fim de semana em que esteve aberta ao público (para ler mais clique: BTL recebeu mais 3% de visitantes este ano).

“O feedback que recebemos quer pela parte dos profissionais quer pelo público não podia ser mais positivo o que leva o desafio da próxima edição ainda mais longe”, diz também a declaração de Fátima Vila Maior publicada no comunicado de balanço da edição deste ano da BTL, segundo o qual o seu programa de Hosted Buyers, realizado em parceira com a TAP, Turismo de Portugal, APAVT, hotéis parceiros e Grupo Barraqueiro, atraiu mais de 400 compradores internacionais de 39 mercados, mais nove países que em 2017, que realizaram mais de 3.273 reuniões.

A BTL 2018 somou ainda 42 destinos internacionais, incluindo Marrocos, Egipto, Cuba, Argentina, Colômbia, Peru e Brasil “que participaram pela primeira vez ou voltaram a marcar presença na feira”.

O comunicado diz ainda que na Bolsa de Empregabilidade, organizada pelo Fórum Turismo 2.1, foram apresentadas mais de dez mil ofertas de emprego, um acréscimo de cerca de seis mil face ao ano passado.

 

Clique para mais notícias: BTL

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

CTP promove sessão de esclarecimento sobre nova legislação de vistos

24-05-2019 (16h26)

A Confederação do Turismo de Portugal (CTP) promove na quarta-feira, dia 29, em Lisboa, uma sessão de esclarecimento sobre a nova legislação de vistos.

Fórum Mundial do Turismo começa hoje em Luanda

23-05-2019 (09h27)

A capital angolana, Luanda, acolhe a partir de hoje a reunião do Fórum Mundial do Turismo, um encontro que deverá juntar 1.500 participantes e servirá para promover o investimento e impulsionar o sector no país.

Lisboa sobe a 6º maior destino mundial de reuniões internacionais por quebras em Londres, Singapura e Praga

13-05-2019 (16h54)

Com mais três congressos que em 2017, Lisboa subiu três posições no ranking das cidades com mais reuniões internacionais elaborado pela ICCA, ultrapassando Londres, que teve menos 27 reuniões que no ano anterior, Singapura e Praga, que tiveram, cada uma, menos 15 reuniões.

Paris recupera liderança das cidades com mais reuniões internacionais... mesmo com ‘coletes amarelos’

13-05-2019 (16h52)

Paris, que em 2017 perdeu para Barcelona a primeira posição do ranking das cidades com mais reuniões internacionais elaborado pela ICCA, recuperou a liderança em 2018, apesar do movimento dos chamados ‘coletes amarelos’, iniciado em Outubro desse ano, e que tem ‘incendiado’ a capital francesa.

Portugal mantém 11º lugar no ranking dos países com mais reuniões internacionais

13-05-2019 (16h50)

Apesar de ter somado mais oito reuniões que em 2017, Portugal manteve o 11º lugar no ranking dos países com mais reuniões internacionais elaborado pela International Congress and Convention Association (ICCA), que continua a ser liderado pelos Estados Unidos.

Noticias mais lidas