Governo abre concurso para converter o Quartel do Carmo (Açores) em empreendimento turístico

07-12-2018 (16h18)

O Governo abriu hoje o 12º concurso do programa Revive, para a concessão para fins turísticos do Quartel do Carmo, na cidade da Horta, na Ilha do Faial, nos Açores.

Os investidores interessados têm 90 dias para apresentar propostas para a concessão do imóvel durante 50 anos.

Um comunicado da Secretaria de Estado do Turismo indica que a construção do Quartel do Carmo teve início no século XVII, como Convento da Ordem dos Carmelitas. No século XX, foi adaptado ao uso militar para acolher a Companhia de Infantaria da Horta, tendo sido nessa altura sujeito a obras de recuperação significativas.

O imóvel, segundo o comunicado, situa-se num planalto da cidade da Horta, com vista privilegiada sobre o porto e tendo como horizonte o mar e a ilha do Pico.

O Quartel do Carmo é um dos 33 imóveis inscritos no Revive, um programa conjunto dos ministérios da Economia, Cultura e Finanças com a colaboração das autarquias locais, que pretende “valorizar e recuperar o património sem uso, reforçar a atractividade dos destinos regionais e o desenvolvimento de várias regiões do país”.

Trata-se do 12º concurso do Revive, estando actualmente abertos os concursos para a concessão da Casa de Marrocos, em Idanha-a-Velha, Mosteiro de Santo António dos Capuchos, em Leiria, Mosteiro de Arouca e Convento de São Francisco, em Portalegre.

“O Revive continua a afirmar-se como um programa eficaz para devolver aos territórios os imóveis públicos fechados, que podem ser instrumentos de atracção de investimento e dinamização económica”, disse a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, citada em comunicado, para sublinhar que a recuperação do Quartel do Carmo “vai ser um importante factor de geração de riqueza e de criação de postos de trabalho”.

Ângela Ferreira, secretária de Estado da Cultura, por sua vez, afirmou que a abertura do concurso Revive representa “um importante passo para a recuperação do Quartel do Carmo, garantindo a preservação de elementos arquitectónicos que ainda se mantêm desde a sua origem, nomeadamente, algumas arcadas e abóbodas de berço, fundamentais no conjunto do edifício”.

Na sua perspectiva, trata-se de um “imóvel de enorme potencial e localização privilegiada”, que “contribuirá assim para a valorização cultural da região”.

A secretária de Estado da Defesa Nacional, Ana Santos Pinto, por fim, destaca que “a parceria estabelecida entre o Ministério da Defesa Nacional e o Revive viabiliza a necessária reabilitação e valorização do património disponibilizado pelas Forças Armadas, permitindo a sua utilização plena pela população”.

A inclusão do Quartel do Carmo no Revive, segundo Ana Santos Pinto, “é mais um exemplo desta parceria, que possibilitará àqueles que o visitem usufruir de uma paisagem privilegiada e de um contacto direto com o legado de séculos de memórias históricas”.

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Revive

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Vendas de voos pelas agências de viagens IATA portuguesas atingiram 886,8 milhões de euros

22-01-2019 (18h38)

As agências de viagens portuguesas atingiram em 2018 o 3º maior montante anual de sempre em vendas de voos contabilizadas pelo sistema da IATA, tendo somado 886,8 milhões de euros, em alta de 6,7% ou 56 milhões em relação a 2017.

TAP já estreou mais dois A330-900neo

22-01-2019 (18h31)

A TAP anunciou que estreou esta segunda-feira o segundo e o terceiro Airbus A330-900neo da sua frota, em voos entre Lisboa e São Paulo Guarulhos.

easyJet aumentou capacidade em Portugal em 6% em 2017/2018

22-01-2019 (18h19)

A low cost easyJet, que em Portugal tem voos de/para Lisboa, Porto, Faro e Funchal, informou hoje que no exercício 2017/2018, terminado a 30 de Setembro, aumentou a sua capacidade em Portugal em 6%, abaixo, portanto do aumento médio da sua rede, que foi de 9,8%.

Air France KLM nomeia Angus Clarke para liderar estratégia do grupo

22-01-2019 (18h19)

O grupo Air France KLM nomeou Angus Clarke como vice-presidente executivo para a estratégia do grupo, com efeito a partir de 1 de Fevereiro.

easyJet aposta em ter êxito onde a Ryanair acaba de fracassar

22-01-2019 (18h16)

A contrastar com a recente ‘falência’ da Ryanair Holidays, a easyJet declarou hoje a sua easyJet Holidays como um dos pilares da sua estratégia, pois considera haver “uma grande oportunidade de mudar radicalmente” a oferta de pacotes.