Hotelaria de Porto Santo alcança 90% de ocupação no Festival Colombo

05-09-2019 (10h56)

A taxa de ocupação hoteleira no Porto Santo deverá atingir os 90% durante o Festival Colombo, que decorre entre 12 e 14 de Setembro, disse a secretária regional do Turismo e Cultura da Madeira, Paula Cabaço.

O festival recria um ambiente medieval em homenagem ao navegador Cristóvão Colombo, que passou na ilha do Porto Santo antes de descobrir o continente americano.

Paula Cabaço disse que o Festival Colombo cumpriu a sua missão porque as taxas de ocupação em 2015 eram de 65% e em 2018 foram de 90%, valor estimado também para este ano.

Na apresentação do festival, a secretária regional salientou a adesão da população local a este evento, com destaque para a Escola B+S Professor Doutor Francisco de Freitas Branco.

Este ano estão envolvidas cerca de 420 pessoas no festival, mais 20 do que na edição anterior, assim como aumentou o número dos trajes disponíveis para os turistas poderem participar no evento.

A secretária regional do Turismo e Cultura aproveitou a ocasião para revelar que, na celebração dos 30 anos da Casa Colombo - Museu do Porto Santo, que se assinalam este ano, será organizado um programa especial que incluirá uma conferência sobre o navegador.

O investimento desta edição do festival está orçado em 135 mil euros.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Antonoaldo Neves garante que TAP tem “fundações bem sólidas”

21-02-2020 (17h53)

Os resultados da TAP no segundo semestre “não foram suficientes para compensar” as quebras do primeiro, admitiu Antonoaldo Neves, CEO da transportadora, que acrescentou estar convicto, no entanto, que “as fundações estão bem sólidas para a gente continuar nessa trajectória de transformação da empresa e melhoria da sustentabilidade”.

Grupo TAP baixa prejuízos em 12,4 milhões para 105,6 milhões de euros em 2019

21-02-2020 (17h51)

O Grupo TAP registou prejuízos de 105,6 milhões de euros em 2019, uma melhoria de 12,4 milhões de euros face às perdas de 118 milhões registadas em 2018.

TAP fecha o ano com prejuízos de 95,6 milhões

21-02-2020 (17h51)

A companhia portuguesa de aviação TAP perdeu mais 95,6 milhões de euros no ano passado, com um agravamento de 37,6 milhões face a 2018, segundo os resultados da empresa comunicados à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“Não há possibilidade de a TAP ir para o Montijo”, Antonoaldo Neves

21-02-2020 (17h07)

O CEO da TAP, Antonoaldo Neves, voltou a garantir que “não há possibilidade” da companhia aérea ir para o Montijo, apesar de considerar “importantíssimo” a sua construção.

Comissão Executiva da TAP “não comenta política de remuneração da empresa”, Antonoaldo Neves

21-02-2020 (16h59)

O CEO da TAP, Antonoaldo Neves, declarou que “não comenta política de remuneração da empresa” que foi trazida para a ‘praça pública’ pelo accionista David Neeleman que o escolheu para liderar a gestão executiva da companhia.

Noticias mais lidas