Cidade de Lisboa concentra 24,6% das dormidas no alojamento turístico português

15-04-2019 (16h28)

Lisboa é, por grande margem, o município com mais dormidas no alojamento turístico português, tendo registado perto de 1,6 milhões nos primeiros dois meses deste ano, o que equivale a 24,6% do total no país, indicou hoje o INE.

A informação do Instituto indica que 22 municípios concentraram 75% das dormidas em alojamento turístico em Portugal no primeiro bimestre, com Funchal, Albufeira, Porto e Loulé a registarem os maiores totais a seguir a Lisboa.

A informação do INE indica que 11% das dormidas em alojamento turístico no primeiro bimestre tiveram lugar no Funchal, o que significa um total de aproximadamente 690 mil, e Albufeira teve 8,6%, o que equivale a cerca de 540 mil.

Para o Porto, o INE indica, sem especificar, um total acima de 400 mil pernoitas e para Loulé, mais de 200 mil.

A informação do INE, já com base na sua nova matriz de informação, indica que o alojamento turístico português teve 3,3 milhões de dormidas de 1,36 milhões de hóspedes em Fevereiro, em queda de 1% em número de dormidas por quebra da estada média em 3,8%, pois em número de hóspedes até houve um aumento em 2,9%.

Para o conjunto dos primeiros dois meses do ano, o Instituto indicou um aumento das dormidas em 1,6%, para 6,27 milhões, por aumento do número de hóspedes em 4,6%, para 2,6 milhões, embora tenha ocorrido um decréscimo da estada média em 2,9%, para 2,41 noites.

À semelhança do que já vinha a ocorrer nos últimos anos, melhor do que a evolução de hóspedes e dormidas foi a das receitas, com subidas em 6,5% dos proveitos totais, que atingem 334,8 milhões de euros, e 5,3% nos primeiros de aposento, que somaram 234,1 milhões.

Relativamente ao mês de Fevereiro, a informação do INE indica quebra das dormidas em 1%, com quebras de 2,6% do mercado dos residentes em Portugal e estagnação em baixa (-0,2%) dos residentes no estrangeiro.

O Instituto relaciona a quebra, nomeadamente o decréscimo em 0,1% dos hóspedes residentes em Portugal, com o facto de o Carnaval este ano ser no mês de Março quando em 2018 foi em Fevereiro.

 

Clique para mais notícias: Hotelaria portuguesa

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

AHP lança curso de gestão de hostels, guesthouses e estabelecimentos de hospedagem

20-05-2019 (13h36)

A Associação da Hotelaria de Portugal (AHP) lançou um curso de Gestão de Hostels, Guesthouses e Estabelecimentos de Hospedagem, que terá edições em Lisboa, Lagos e Porto.

Lisboa vai ter o primeiro Hyatt Regency do país em 2020

20-05-2019 (11h31)

A Hyatt assinou um acordo com a Realtejo - Hotelaria e Turismo, SA, subsidiária da United Investments Portugal (UIP) e da Fibeira, para desenvolver o primeiro hotel da marca Hyatt em Portugal, uma unidade de 200 quartos, junto ao Centro de Congressos de Lisboa, com vista para o Tejo.

Grupo Bahia Principe vai oferecer estadas em reservas para grupos

17-05-2019 (16h22)

O grupo Bahia Principe, do qual a Soltour faz parte, vai oferecer estadas em reservas de grupos efectuadas para datas entre 1 de Novembro de 2019 e 19 de Dezembro de 2020.

Turim Hotels avança com segundo 5-estrelas em Lisboa e novo hotel nos Açores

17-05-2019 (14h18)

O Turim Hotels vai avançar com uma nova unidade hoteleira 5-estrelas em Lisboa, que será a segunda do grupo desta categoria na capital, e ainda com um hotel em Ponta Delgada, nos Açores, anunciou o seu presidente executivo, Ricardo Martins.

Turim inaugura restaurante Salitre e enfatiza aposta em ter negócio de restauração autónomo

17-05-2019 (14h13)

O presidente executivo do Turim Hotels anunciou ontem, na apresentação do restaurante Salitre, integrado no Turim Boulevard Hotel, em Lisboa, no qual investiram 25 milhões de euros em Lisboa, que o grupo quer “criar uma autonomia” para a área de negócios da restauração.