Club Med fecha resort na ilha de Itaparica, na Bahia

22-03-2019 (08h32)

Foto: Club Med
Foto: Club Med

O Club Med vai encerrar a 31 de Julho o seu resort na ilha de Itaparica, no estado brasileiro da Bahia, indicando que “já não se encontrava à altura das expectativas e exigências dos nossos clientes”.

A imprensa brasileira avançava no início desta semana que o resort deveria encerrar nos próximos meses, tendo restringidas as reservas para depois de meados de Julho.

Em resposta ao PressTUR por email, os representantes do Club Med em Portugal confirmaram “o fecho definitivo de Itaparica a 31 de Julho 2019”, indicando que “o resort já não se encontrava à altura das expectativas e exigências dos nossos clientes”.

A rede hoteleira mantém contudo um resort no estado da Bahia, em Trancoso, o qual tem pervisto remodelar com um investimento de mais de 1,2 milhões de euros.

Assim, o Club Med ficará com três resorts de segmento premium no Brasil, incluindo Trancoso, em Porto Seguro, Rio das Pedras, em Angra dos Reis, e Lake Paradise, no estado de São Paulo.

A estratégia do grupo hoteleiro para os próximos cinco anos, a nível global, prevê a abertura de cinco resorts por ano.

 

Clique para ver mais: Club Med

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Iberostar abre resort de 5-estrelas em Lagos, junto à Meia Praia

11-06-2019 (16h59)

O grupo hoteleiro espanhol Iberostar inaugurou um resort de 5-estrelas com 220 quartos em Lagos, o Iberostar Selection Lagos Algarve, junto à Meia Praia.

Pestana Hotel Group avança com providência cautelar contra dragagens no Sado

06-06-2019 (19h49)

O Pestana Hotel Group, maior grupo hoteleiro português, anunciou hoje que interpôs uma providência cautelar no Tribunal de Loulé a requerer a suspensão imediata do Título de Utilização Privativa do Espaço Marítimo Nacional (TUPEM) concedido à empresa Mota-Engil para dragagens no estuário do Sado.

Dormidas de turistas portugueses na hotelaria de Cabo Verde sobem 5,7% no primeiro trimestre

04-06-2019 (17h51)

Apesar de não incluir o período de férias da Páscoa como em 2018, o primeiro trimestre do ano foi um período de crescimento do turismo português para Cabo Verde, com subidas do número de hóspedes em 7% e do número de dormidas em 5,7%, concluiu o PressTUR a partir dos dados divulgados pelo INE cabo-verdiano.

Hotelaria da ilha do Sal termina primeiro trimestre com +36,5% de dormidas de portugueses

04-06-2019 (17h48)

A ilha do Sal foi o destino cabo-verdiano que mais sobressaiu no primeiro trimestre no mercado emissor português, concluiu o PressTUR a partir dos dados divulgados pelo INE de Cabo Verde, dos quais se pode constatar que a hotelaria do Sal teve aumentos acima de 30% tanto em número de hóspedes como em dormidas.

Reino Unido é cada vez mais o primeiro emissor para Cabo Verde

04-06-2019 (17h46)

O Reino Unido foi a origem de 22,4% dos turistas estrangeiros que estiveram na hotelaria de Cabo Verde e 28,4% das suas dormidas no primeiro trimestre, aumentando as suas quotas do turismo internacional no arquipélago respectivamente em 2,4 e 1,4 pontos.

Noticias mais lidas