Hilton Curio Collection agrega The Emerald House Lisbon e Boeira Garden Hotel Porto Gaia

11-12-2019 (19h12)

The Emerald House Lisbon, em Lisboa, e Boeira Garden Hotel Porto Gaia, em Vila Nova de Gaia, são as novas duas unidades que a Hilton apresenta na sua gama Curio Curio Collection de "hotéis e resorts singulares".

O The Emerald House Lisbon tem inauguração prevista para o Verão de 2020 na capital portuguesa e o Boeira Garden Hotel Porto Gaia, localizado em Vila Nova de Gaia, "abrirá portas de forma faseada já a partir deste mês de Dezembro, estando o hotel totalmente operacional a partir da Primavera de 2020".

"Estas duas aberturas vão ao encontro dos objectivos de crescimento e expansão da Hilton em destinos-chave", diz um comunicado da cadeia hoteleira sobre o reforço da presença em Portugal.

"Estamos confiantes de que ter a opção de ficar num hotel Curio Collection traz valor acrescentado ao sector da hotelaria em Lisboa e no Porto, duas cidades excepcionais que se têm vindo a consolidar como destinos atractivos", diz uma declaração de Patrick Fitzgibbon, vice-presidente sénior Development, EMEA da Hilton, citada no comunicado.

A informação refere que o The Emerald House Lisbon fica "no coração da capital portuguesa", a "poucos passos das principais atracções turísticas de Lisboa e de zonas históricas, como a Baixa ou o Chiado, conhecidas pela sua vibrante restauração, lojas exclusivas e propostas culturais". O hotel conta com 67 quartos e inclui ginásio, restaurante e bar abertos a hóspedes e residentes. "A propriedade vai abrir após um investimento avultado de renovação de interiores que reflectem a elegância da zona onde está localizada", à Rua das Janelas Verdes / Travessa Dom Bras / Rua do Olival, em Lisboa.

Sobre o Boeira Garden Hotel Porto Gaia, localizado na Rua Teixeira Lopes, em Vila Nova de Gaia, o comunicado diz que fica "rodeado por três hectares de jardins históricos, e perto de uma das mais antigas adegas de vinho do Porto".

A unidade, diz a informação, "está a ser alvo de uma renovação, como parte da sua conversão numa unidade Curio Collection, especificando que A partir deste mês disponibiliza 44 quartos, assim como salas para eventos empresariais, bar, SPA e ginásio para os hóspedes do hotel.

"Na primavera de 2020, o hotel passa a contar com mais 80 quartos, assim como com um restaurante, um bar no rooftop, um business center e salas nos jardins dedicadas a eventos sociais, como casamentos", acrescenta a informação que diz ainda que, "nessa fase, o SPA, o ginásio e a piscina passam também a estar disponíveis para visitantes externos".

Em Portugal, estes dois novos hotéis juntam-se ao Conrad Algarve, Hilton Vilamoura As Cascatas Golf Resort & SPA e Double Tree by Hilton Lisbon Fontana Park.

Os hotéis e resorts que integram a Curio Collection by Hilton, segundo a cadeia hoteleira "estão unidos pela sua singularidade, já que cada uma das propriedades é escolhida pela personalidade e carácter únicos".

A mesma informação refere que "com um portefólio global de mais de 80 hotéis e resorts, 17 propriedades a operar na Europa e mais 19 em desenvolvimento, a colecção integra unidades hoteleiras em cidades como Londres, Roma e Paris".

 

Clique para mais notícias: Hilton Curio Collection

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Vila Galé chega aos Açores em 2021

20-01-2020 (20h37)

O Grupo Vila Galé vai estrear-se nos Açores em 2021, com a abertura de um hotel com 100 quartos em Ponta Delgada, São Miguel, anunciou esta segunda-feira o presidente do grupo, Jorge Rebelo de Almeida.

Vila Galé fechou 2019 com mais três milhões de euros de receitas em Portugal

20-01-2020 (19h51)

As receitas do grupo Vila Galé em Portugal, onde tem 25 hotéis, ascenderam a 115 milhões de euros em 2019, um aumento de cerca de 2,7% ou três milhões face ao ano anterior, disse o administrador do grupo, Gonçalo Rebelo de Almeida.

China supera Bélgica entre os principais mercados para o grupo Vila Galé

20-01-2020 (19h50)

O grupo Vila Galé notou no ano passado "alguma desaceleração dos mercados europeus tradicionais para Portugal", compensada pela subida de alguns mercados asiáticos, como a China, que superou a Bélgica entre os principais emissores, disse o administrador do grupo, Gonçalo Rebelo de Almeida.

Mudança nos mercados de origem pode explicar quebra da estada média nos hotéis Vila Galé

20-01-2020 (19h38)

A quebra da estada média nos hotéis Vila Galé em Portugal pode estar associada às mudanças nos mercados de origem, numa altura em que cresce o número de hóspedes de países longínquos, que tendem a ficar menos noites, e baixam alguns dos principais emissores europeus.

Receitas da Vila Galé no Brasil sobem 18% em 2019

20-01-2020 (19h37)

Os nove hotéis do grupo Vila Galé no Brasil facturaram 371 milhões de reais no ano passado, cerca de 80,3 milhões de euros ao câmbio de hoje, mais 18% que no ano anterior, revelou o administrador do grupo, Gonçalo Rebelo de Almeida.

Noticias mais lidas