Hotelaria da ilha do Sal termina primeiro trimestre com +36,5% de dormidas de portugueses

04-06-2019 (17h48)

A ilha do Sal foi o destino cabo-verdiano que mais sobressaiu no primeiro trimestre no mercado emissor português, concluiu o PressTUR a partir dos dados divulgados pelo INE de Cabo Verde, dos quais se pode constatar que a hotelaria do Sal teve aumentos acima de 30% tanto em número de hóspedes como em dormidas.

Os dados do INE de Cabo Verde indicam que a hotelaria do Sal recebeu no trimestre 4.933 turistas residentes em Portugal, com um aumento em 38,6% ou 1.374 relativamente ao período homólogo de 2018, e o seu número de dormidas subiu 36,5% ou 8.265, atingindo um total de 30.939.

A ilha do Sal foi, assim, o destino que assegurou o crescimento do turismo português para Cabo Verde no primeiro trimestre, tanto mais quanto por si só compensou as quedas na ilha da Boavista, em 44,2% ou 951 hóspedes, para 1.201, e em 43% ou 6.008 dormidas, para 7.958.

A ‘ajudar’ a tendência de crescimento do turismo português para Cabo Verde esteve também a procura na ilha de Santiago, onde se localiza a capital do país, e que por isso tem uma procura mais étnica e de viagens profissionais, que também se caracteriza por estadas médias menores.

Os estabelecimentos da ilha de Santiago receberam no primeiro trimestre 5.646 turistas residentes em Portugal, +5,7% ou mais 304 que há um ano, e tiveram um aumento das dormidas em 10,6% ou 1.123, atingindo um total de 11.733.

Santiago subiu assim a segundo destino dos portugueses em Cabo Verde, quando no primeiro trimestre de 2018 tinha sido terceiro, atrás da Boavista, que no trimestre teve uma quebra de 44,2% ou 951 turistas portugueses, ficando em 1.201, e um decréscimo das suas dormidas em 43% ou 6.008, para 7.958.

Igualmente a cair esteve o turismo português na ilha de São Vicente, com -8% ou menos 76 hóspedes, ficando em 878, e menos 18,6% ou menos 624 dormidas, ficando em 2.724.

A contribuir para anular o efeito destas quebras esteve a evolução do turismo português para o conjunto das restantes ilhas, com aumentos no trimestre em 113,7% ou 208 hóspedes, para 391, e 14,6% ou 187 pernoitas, totalizando 1.464.

 

Ver também:

Reino Unido é cada vez mais o primeiro emissor para Cabo Verde

 

Clique para mais notícias: Cabo Verde

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: África

Clique para mais notícias: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Riu Garoe em Tenerife reabre após renovação completa

17-07-2019 (13h37)

A rede hoteleira espanhola RIU Hotels & Resorts reabriu o seu hotel de 4-estrelas Riu Garoe, localizado no Norte da ilha de Tenerife, completamente renovado.

Prazo do concurso para concessão do Convento do Carmo em Moura volta a ser prolongado – Revive

16-07-2019 (16h10)

O prazo para apresentação de propostas para a concessão do Convento do Carmo, em Moura, ao abrigo do programa Revive, foi prorrogado pela segunda vez, até dia 30 de Julho.

Alojamento turístico português bate recorde de turistas em Maio

15-07-2019 (14h08)

O alojamento turístico português, incluindo desde hotéis a alojamento local, atingiram este ano o novo recorde de turistas alojados num mês de Maio de 2,57 milhões, com novos recordes tanto de residentes em Portugal, com 883,2 mil, como de residentes no estrangeiro, com 1,69 milhões.

AHP abre inscrições para 31º Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo

12-07-2019 (14h40)

A AHP – Associação da Hotelaria de Portugal já abriu as inscrições para o seu 31º Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo, marcado para os dias 20 a 22 de Novembro, em Viana do Castelo.

Be Live Hotels estreia-se na Colômbia com hotel nas praias de Bocagrande

12-07-2019 (14h31)

A Be Live Hotels, que integra o grupo Globalia, assim como o operador turístico Travelplan e a companhia Air Europa, vai abrir o seu primeiro hotel na Colômbia em Agosto, em Cartagena das Índias, junto às praias de Bocagrande.

Noticias mais lidas