Minor International (Tivoli) reforça participação na espanhola NH Hoteles

23-05-2018 (16h57)

O Minor International, grupo tailandês que comprou os hotéis Tivoli em Portugal e no Brasil, anunciou hoje que comprou mais 8,6% do capital do grupo hoteleiro espanhol NH Hoteles, no qual passa a deter 9,7% do capital.

De acordo com a imprensa espanhola, o Minor, que já tinha 1,1% da NH, investiu 192 milhões de euros na aquisição de parte da participação que era detida pelo fundo Oceanwood, tendo ficado ainda com a exclusividade para negociar a aquisição do restante no prazo de 12 meses.

O Minor tornou-se, pois, o segundo maior accionista da NH, depois dos chineses do HNA, também accionistas da TAP, que já encarregou o JPMorgan e a Benedetto Gartland de encontrarem compradores para essa participação, que é de 29,5%.

Em comunicado, o Minor indicou não pretender promover mudanças na gestão da NH, embora também diga que “certas participações chave” do grupo hoteleiro “podem mudar de proprietários a curto prazo”.

O Minor “tem confiança” nos negócios do NH e “está entusiasmado para trabalhar com a equipa gestora e com outros accionistas na empresa para garantir a entrega de receitas sólidas e sustentáveis aos accionistas”.

O grupo NH, fundado em 1978. conta com 382 hotéis e 'resorts', com um total de 59.350 quartos, em 30 países na Europa, América e África.

O Minor International, por sua vez, é uma das maiores empresas de restauração da Ásia, é uma companhia global focada em três unidades de negócios principais, restauração, hotéis e distribuição de marcas de lifestyle.

A operação, efectuada pela Minor International (MINT), de acordo com Dillip Rajakarier, CEO da Minor Hotels, proporciona um activo com forte “complementaridade”, além de ter “grande liquidez” na Bolsa de Madrid.

 

Clique para mais notícias: Minor Hotels

Clique para mais notícias: NH Hoteles

Clique para mais notícias: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Hotéis 5-estrelas e alojamento local são as unidades com maiores aumentos de dormidas até Abril

17-06-2019 (16h59)

Os hotéis de 5-estrelas, com mais 117,9 mil dormidas nos primeiros quatro meses deste ano que no período homólogo de 2018 e os alojamentos locais, com mais 165,2 mil, são os estabelecimentos que maiores aumentos de dormidas tiveram no primeiro quadrimestre, em que o alojamento turístico português somou 16,67 milhões de dormidas, em alta de 3,9% ou 618,7 mil.

Portugal ultrapassa quatro milhões de turistas estrangeiros no primeiro quadrimestre

17-06-2019 (15h46)

Portugal teve 4.038,8 mil turistas residentes no estrangeiro em estabelecimentos de alojamento durante o primeiro quadrimestre, com um aumento em 5,6% ou cerca de 214 mil relativamente ao período homólogo de 2018.

INE realça ‘efeito Páscoa’ nos resultados da hotelaria portuguesa em Abril

17-06-2019 (11h48)

“Estes resultados foram influenciados pelo efeito do período de férias associado à Páscoa, que este ano ocorreu em meados de Abril, enquanto no ano anterior teve influência repartida entre Março e Abril”, assinala o INE ao revelar que em Abril o alojamento turístico português teve taxas de crescimento do nível que registou até 2018.

Iberostar abre resort de 5-estrelas em Lagos, junto à Meia Praia

11-06-2019 (16h59)

O grupo hoteleiro espanhol Iberostar inaugurou um resort de 5-estrelas com 220 quartos em Lagos, o Iberostar Selection Lagos Algarve, junto à Meia Praia.

Pestana Hotel Group avança com providência cautelar contra dragagens no Sado

06-06-2019 (19h49)

O Pestana Hotel Group, maior grupo hoteleiro português, anunciou hoje que interpôs uma providência cautelar no Tribunal de Loulé a requerer a suspensão imediata do Título de Utilização Privativa do Espaço Marítimo Nacional (TUPEM) concedido à empresa Mota-Engil para dragagens no estuário do Sado.

Noticias mais lidas