Portugal será “um hub” da expansão do Minor Hotel Group na Europa

02-02-2016 (18h52)

Dillip Rajakarier, CEO do Minor, ao PressTUR

"Acho que Portugal vai tornar-se um hub europeu na continuação da nossa expansão na Europa", afirmou ao PressTUR o CEO do Minor Hotel Group, Dillip Rajakarier, sublinhando que os seus planos passam por tornar a Tivoli numa marca global e por trazer para Portugal outras marcas do grupo.

O CEO do Minor Hotel Group falava ao PressTUR após a apresentação em Lisboa da compra da Tivoli Hotels & Resorts por 294,2 milhões de euros, que classificou de "um momento histórico" para o grupo, que assim marca a sua entrada na Europa e na América do Sul, com 12 hotéis em Portugal e dois hotéis no Brasil, somando cerca de três mil quartos.

"Levaremos a marca Tivoli para fora do país e traremos algumas das nossas marcas aqui para Portugal", afirmou Dillip Rajakarier ao PressTUR, reforçando que o seu objectivo é "expandir na Europa usando Portugal como um hub".

Para a Tivoli Hotels o que era preciso fazer em primeiro lugar "era completar o negócio e completar a renovação, que é o que precisamos de fazer para trazer a marca para cima".

O grupo está a trabalhar na renovação dos hotéis Tivoli, e vai começar pelo Tivoli Marina Vilamoura, seguindo-se o Tivoli Oriente e depois o Tivoli Lisboa, o que deverá custar cerca de 50 milhões de euros ao grupo.

Em seguida, os seus planos para a Tivoli Hotels passam por "levar a marca para fora", designadamente para África, Médio Oriente e Ásia, tornando-a "uma marca verdadeiramente global".

"Esperamos que em cinco anos a forma e o tamanho da Tivoli sejam muito diferentes", disse o executivo na sua apresentação em Lisboa.

A Tivoli Hotels gerou 121 milhões de euros de receitas em 2015, com um EBITDA normalizado de 31 milhões de euros, segundo indica um comunicado do Minor Hotel Group.

Com a aquisição dos hotéis Tivoli, o grupo passou a contar com 145 hotéis em 22 países, sendo que além da marca portuguesa o Minor tem as marcas Anantara, Elewana, Per Aquum, Avani e Oaks.

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Convento do Carmo em Moura e Quartel do Carmo na Horta vão ser hotéis de 5-estrelas

19-09-2019 (16h33)

Os contratos de concessão do Convento do Carmo, em Moura, e do Quartel do Carmo, na Horta, foram assinados hoje e prevêem conversão dos imóveis em hotéis de 5-estrelas, com um investimento de cerca de 14 milhões de euros.

Receitas dos hotéis em Macau subiram 14,5% em 2018

19-09-2019 (16h06)

As receitas dos hotéis em Macau atingiram 37,29 mil milhões de patacas (4,2 mil milhões de euros) em 2018, mais 14,5% que no ano anterior, anunciou hoje a Direcção dos Serviços de Estatística e Censos de Macau.

Porto lidera aumento de dormidas na hotelaria em Julho

16-09-2019 (16h32)

O Porto foi o município com o maior aumento de dormidas em Julho, com mais 49,7 mil pernoitas que no mês homólogo de 2018 (+12,2%), mas sem pôr em causa a liderança do município de Lisboa em número de dormidas, com 1,326 milhões, que significaram 16,3% do total do país.

Quebra generalizada da estada média ‘come’ aumento de turistas alojados na hotelaria portuguesa

16-09-2019 (15h31)

O tempo médio de permanência de turistas em alojamentos turísticos portugueses caiu de forma generalizada no mês de Julho, pelo que, levando a que apesar se ter registado um aumento em 5,4% do número de hóspedes, em número de dormidas essa maior afluência de clientes traduziu-se num aumento de apenas 2,2%.

Mês de férias no Brasil ‘dá’ mais 51,7 mil dormidas ao alojamento turístico português

16-09-2019 (14h19)

Apesar das quebras de dormidas de nove dos 16 maiores emissores internacionais, a hotelaria portuguesa acabou Julho com mais 111,6 mil dormidas de turistas residentes no estrangeiros, graças nomeadamente ao aumento de 51,7 mil dormidas de residentes no Brasil, onde o mês de Julho é um dos mais fortes em turismo e viagens.

Noticias mais lidas