Projecto de remodelação do Praia D'El Rey Marriott foi concluído

21-03-2019 (15h51)

Investimento de 4 milhões de euros

O Praia D’El Rey Marriott Golf & Beach Resort, no concelho de Óbidos, completou este ano uma remodelação de quatro milhões de euros, que visa tornar a unidade uma referência na Península Ibérica.

“Posicionar o resort Praia D’El Rey como o resort de referência na Península Ibérica, quer através da qualidade do hotel quer do golfe” foi o objectivo da remodelação, que implicou, segundo o director-geral, Miguel Andrade, “um investimento global superior a quatro milhões de euros”.

A remodelação realizada nos últimos quatro anos incidiu nas áreas comuns do hotel de cinco estrelas, nos restaurantes e bares, nos quartos e na criação de novos espaços, como o lounge Oceano, um espaço de lazer vocacionado para os golfistas, e o Kid’s Club, com actividades para crianças.

“É um novo hotel”, disse hoje à agência Lusa Miguel Andrade, sublinhando que, além da renovação de infraestruturas (como as canalizações e instalações elétricas com entradas USB e ligações streaming), foi renovada toda a decoração, assente em elementos naturais ligados ao mar e ao pinhal que rodeiam o empreendimento.

“Foi também feita uma grande aposta na qualificação das pessoas [trabalhadores], assente numa cultura baseada no cliente e no objetivo de proporcionar um serviço de excelência”, acrescentou o director-geral.

Com cerca de 70 trabalhadores efectivos, o hotel sobe este número nas épocas altas para “cerca de 180 pessoas”, mantendo uma “política salarial diferenciada por objectivos e benefícios, como um serviço de transporte dos trabalhadores”, visando “a retenção de talentos”, disse ainda.

A cultura de comprometimento com a excelência do serviço colocou o hotel “no top 3 daqueles que os clientes manifestam intenção de recomendar, entre os 94 hotéis Marriot da Europa” e fez subir a notação da unidade no Booking de “9.1 para 9.2”, precisou Miguel Andrade.

O resort apostou também, nos últimos anos, no segmento de golfe, com a construcção de um segundo campo, o West Cliffs, num investimento de seis milhões de euros, que foi considerado o “Melhor Novo Campo de Golfe do Mundo” pelo World Golf Awards 2017, e segundo melhor campo de Portugal em 2018 pelo Top100golfcourses.com.

O West Cliffs e o Praia D’El Rey (o primeiro campo construído) “são hoje os dois campos com o maior número de voltas em Portugal, excluindo a região do Algarve”, afirmou Miguel Andrade, adiantando que o objectivo é alcançar, até ao final deste ano “60 mil voltas nos dois campos”.

Situado na fronteira do concelho de Óbidos com o de Peniche, o Praia D’El Rey Marriott Golf & Beach Resort é um empreendimento turístico de luxo adquirido em 2016 por um dos fundos da Oxy Capital, o Aquarius.

O hotel dispõe de 177 quartos e suites, alojamentos em moradias e apartamentos, quatro estabelecimentos de restauração, um minimercado e um wellness center.

(PressTUR com Agência Lusa)

Clique para ver mais: Cá Dentro

Clique para ver mais: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Convento do Carmo em Moura vai ser um 4-estrelas após investimento de seis milhões

21-08-2019 (21h22)

A Sociedade de Promoção de Projetos Turísticos e Hoteleiros (SPPTH), gestora do Convento do Espinheiro, em Évora, venceu a concessão do Convento do Carmo, em Moura, que irá converter num hotel de 4-estrelas para abrir em 2022, após um investimento de seis milhões de euros.

RIU Palmeras reabre após investimento de 22 milhões de euros

20-08-2019 (15h02)

A RIU Hotels & Resorts anunciou que reabriu o seu primeiro hotel localizado na Gran Canária, o Riu Palmeras, após uma renovação em que investiu 22 milhões de euros.

Trabalhadores dos hotéis da Fundação INATEL estão hoje em greve

16-08-2019 (12h43)

Os trabalhadores do sector hoteleiro da Fundação INATEL estão hoje em greve para reivindicar melhorias salariais e a um horário de trabalho de 35 horas semanais.

EUA subiram em Junho a maior mercado fora da Europa para a hotelaria portuguesa

14-08-2019 (17h00)

Os turistas residentes nos Estados Unidos foram no mês de Junho os não europeus que fizeram mais dormidas na hotelaria portuguesa, ultrapassando os brasileiros, e cotaram-se como o 5º principal emissor internacional, a seguir a Reino Unido, Alemanha, França e Espanha.

Turistas vêm mais a Portugal, mas ficam cada vez menos tempo

14-08-2019 (16h52)

O alojamento turístico português viu-se mais uma vez confrontado em Junho com um maior afluxo de turistas estrangeiros que não se traduz na mesma proporção em dormidas, porque a estada média cai desde pelo menos 2013, tendo pela primeira vez sido inferior às três noites.

Noticias mais lidas