Roma começa a cobrar 3,5 euros por noite a turistas com alojamento Airbnb ou HomeAway

31-01-2018 (12h27)

Os hóspedes de apartamentos em Roma reservados através de plataformas como a Airbnb ou a HomeAway passaram a pagar uma taxa turística de 3,5 euros por pessoa e por noite, até um máximo de dez noites.

Com a nova medida, Roma prevê receitas adicionais de 20 milhões de euros anualmente, segundo avança a imprensa italiana.

A taxa será cobrada directamente pelas plataformas de reserva de alojamento e posteriormente transferida para o município.

Roma recebeu no ano passado 14,694 milhões de turistas, mais cerca de 3,04% que no ano anterior, sendo os principais mercados Estados Unidos, Japão, Espanha e Alemanha.


Clique para mais notícias: Europa

Clique para mais notícias: Hotelaria
Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Hotel Apartamento Solverde sobe classificação para 4-estrelas

18-07-2018 (16h58)

O Hotel Apartamento Solverde, em Espinho, foi recentemente homologado como uma unidade 4-estrelas, depois de um processo de renovação integral nas suas instalações e serviços.

Tivoli Lagos reabre após renovação completa de 4,6 milhões de euros

17-07-2018 (17h10)

O Tivoli Lagos Algarve Resort reabriu após cinco meses de remodelações em que foram investidos cerca de 4,6 milhões de euros, anunciou a rede hoteleira, destacando que pretende transformar o hotel numa “referência no panorama gastronómico algarvio”.

Parlamento aprova intervenção das autarquias na regulamentação do alojamento local

17-07-2018 (11h22)

O parlamento aprovou hoje, na especialidade, a maioria das propostas do grupo parlamentar do PS para alterar o regime jurídico do alojamento local, determinando que as câmaras municipais podem estabelecer "áreas de contenção" para instalação de novos estabelecimentos.

Nau Hotels lança programa de fidelização

17-07-2018 (11h20)

O grupo Nau Hotels & Resorts, que tem dez hotéis em Portugal, acaba de lançar um programa de fidelização para clientes particulares, que pretende estender também “a curto prazo” aos segmentos corporativo e de golfe.

Marriott e Alibaba testam check-in com reconhecimento facial

16-07-2018 (16h05)

A joint-venture da rede hoteleira Marriott International e do Alibaba Group, detentora da plataforma de serviços de turismo Fliggy, anunciou que vai testar tecnologia de check-in com reconhecimento facial em duas unidades na China.