Trabalhadores dos hotéis da Fundação INATEL estão hoje em greve

16-08-2019 (12h43)

Foto: Fundação INATEL / hoteis.inatel.pt
Foto: Fundação INATEL / hoteis.inatel.pt

Os trabalhadores do sector hoteleiro da Fundação INATEL estão hoje em greve para reivindicar melhorias salariais e a um horário de trabalho de 35 horas semanais.

António Baião, dirigente do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Hotelaria, Turismo, Restaurantes e Similares do Centro (STIHTRSC), disse à Agência Lusa que as unidades da Foz do Arelho (Caldas da Rainha), São Pedro do Sul e Piódão (Arganil) registam uma adesão de cerca de 80%, devendo estar a funcionar "pouco mais do que o atendimento" nesses locais.

O dirigente sindical, que falava à Lusa durante uma concentração de cerca de 40 trabalhadores hoje de manhã, junto à delegação do INATEL em Coimbra, avançou ainda que a adesão à greve nas unidades de Manteigas e Santa Maria da Feira situa-se por volta dos 50% e, no Luso, estará abaixo desse valor.

António Baião explicou que foi assinado um Acordo de Empresa em 2018, com uma ata de compromisso que levaria a negociação de melhorias salariais e a um horário de trabalho de 35 horas semanais.

Segundo o dirigente sindical, os trabalhadores da Fundação INATEL continuam a receber salários abaixo daquilo que é praticado neste sector.

A administração já "cedeu em duas questões" (aplicação de subsídio de turno e pagamento de trabalho nocturno), no entanto, a promessa de rever salários, categorias profissionais e horário de trabalho ainda não se concretizou, segundo António Baião.

"É justa a exigência de aumentos salariais para este ano, com efeitos a 1 de Janeiro, a progressão das carreiras, os conteúdos funcionais e a aplicação das 35 horas semanais", refere a moção aprovada hoje pelos trabalhadores concentrados em Coimbra.

A mesma moção mandata o STIHTRSC a agendar "novas formas de luta", caso a Fundação INATEL continue sem dar resposta às reivindicações dos trabalhadores.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: INATEL

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Câmara de Lobos aprova boutique hotel perto do Cabo Girão

21-02-2020 (14h02)

O município de Câmara de Lobos aprovou a construção de um boutique hotel de três andares, com nove quartos, e um jardim de plantas endémicas com cerca de 25 mil metros quadrados, nas imediações de um dos pontos mais turísticos da Madeira, o Cabo Girão.

Câmara de Caminha aprova projecto para hotel em Vila Praia de Âncora

19-02-2020 (17h21)

A Câmara de Caminha aprovou um projecto para a criação do Âncora - River & Nature, um empreendimento turístico de 51 quartos em Vila Praia de Âncora, com um investimento avaliado em quatro milhões de euros.

Braga cobra taxa de 1,5 euros por dormida a partir de Março

19-02-2020 (14h02)

A Câmara de Braga começa no dia 1 de Março a cobrar uma taxa municipal turística no valor de 1,5 euros por dormida, anunciou hoje o município.

Alojamento local ultrapassou os dez milhões de dormidas em 2019

18-02-2020 (16h43)

O alojamento local foi o tipo de alojamento turístico que teve o maior aumento de dormidas em 2019, superando mesmo o aumento do conjunto dos hotéis, com mais 1,3 milhões de pernoitas que em 2018, o que lhe valeu superar a marca dos dez milhões num ano e contribuir decisivamente para que o crescimento do sector chegasse a 4,1%.

Turistas dos Estados Unidos foram os que mais aumentaram as dormidas em Portugal em 2019

18-02-2020 (15h52)

Os Estados Unidos foram o mercado emissor com maior aumento de dormidas no alojamento turístico português em 2019, com mais 452 mil que em 2018, o que levou inclusive a que ultrapassasse os Países Baixos no ranking dos maiores emissores para Portugal.

Noticias mais lidas