Turistas brasileiros ultrapassam pela primeira vez o milhão de dormidas na hotelaria portuguesa num 1º semestre

13-08-2018 (15h53)

A hotelaria portuguesa somou pela primeira vez num primeiro semestre mais de um milhão de dormidas de turistas residentes no Brasil, que atingiram o total de 1,062 milhões de pernoitas tornando-se, assim, o 5º principal emissor na primeira metade do ano.

Os dados publicados hoje pelo INE indicam que os estabelecimentos de alojamento turístico portugueses tiveram, no primeiro semestre, um crescimento médio das dormidas de turistas residentes no Brasil em 11,7%, significando um aumento de 111,5 mil em relação ao período homólogo de 2017.

Ainda assim, o mercado emissor internacional que mais contribuiu para atenuar as quebras dos principais emissores europeus foi o Estados Unidos, cujos residentes fizeram mais 125 mil dormidas na hotelaria portuguesa que no primeiro semestre de 2017 (+18,7%, para 795 mil).

Seguiu-se então o aumento de 11,5 mil dormidas de turistas residentes no Brasil e, depois, o aumento das dormidas de residentes no Canadá, que nos primeiros seis meses deste ano fizeram mais 35,5 mil pernoitas na hotelaria portuguesa que há um ano (+12%, para 332,5 mil).

Igualmente a contrariar a tendência dominante de decréscimo das pernoitas de turistas estrangeiros no primeiro semestre deste ano estiveram os mercados espanhol, francês, irlandês, italiano, belga, sueco e o conjunto dos ‘outros’, de onde a hotelaria portuguesa teve mais dormidas no semestre, ainda que com quebras em Junho.

Depois do Canadá, os maiores aumentos foram das dormidas de residentes na Suécia, com mais 20,7 mil (+6,6%, para 333,2 mil), em França, com mais 18,2 mil (+1%, para 1,83 milhões), Itália, com mais 10,1 mil (+1,9%, para 543,6 mil), Espanha, com mais 6,2 mil (+0,4%, para 1,537 milhões), Irlanda, com mais 5,3 mil (+0,8%, para 655 mil), e Bélgica, com mais 1,7 mil (+0,4%, para 386,2 mil), a que se somaram mais 116,3 mil de ‘outros’ emissores (+4,8%, para 2,54 milhões).

 

Para ler mais clique:

Verão começa ‘muito nublado’ para a hotelaria portuguesa, com quebras da maioria dos principais emissores

 

Clique para mais notícias: Hotelaria portuguesa

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Pine Cliffs inaugura novos apartamentos “inspirados nos tons da natureza”

20-11-2018 (18h55)

O Pine Cliffs Resort Algarve, que faz parte da The Luxury Collection da Marriott, inaugurou um novo conjunto de apartamentos que baptizou Pine Cliffs Gardens, “inspirados nos tons da natureza” e com “um ambiente envolvente para umas férias de sonho com toda a família”.

Nova Iorque vai ter mais 19 mil quartos até final de 2019

20-11-2018 (18h42)

A cidade de Nova Iorque vai ter mais 19 mil quartos até final de 2019, que incluem os antecipados Time Square Edition, Equinox Hotel, The Artezen Hotel e o Sister City.

Hilton anuncia hotel em complexo de golfe na Argentina

19-11-2018 (16h41)

O Hilton Pilar de 171 quartos, integrado no Pilar Golf Club perto de Buenos Aires, é o segundo hotel da  marca Hilton na Argentina, o quarto do grupo.

Ritz-Carlton New York Central Park vai estar pronto na Primavera

19-11-2018 (13h30)

O Ritz-Carlton New York Central Park, cuja primeira fase do seu projecto de renovação foi concluída, vai estar completamente operacional na Primavera de 2019.

Governo ‘queixa-se’ das “muitas vantagens” da ANA nas negociações sobre o Montijo

16-11-2018 (18h15)

O secretário de Estado das Infra-estruturas, Guilherme d'Oliveira Martins, lamentou-se hoje das "muitas vantagens" atribuídas pelo anterior Governo à ANA e que classificou como "instrumentos fortes" que têm atrasado as negociações sobre o aeroporto complementar do Montijo.