Operador dinamarquês vai ter charters para Portugal com a Jet Time, após falência da Primera Air

14-12-2018 (15h49)

O operador turístico dinamarquês Bravo Tours contratou a companhia aérea Jet Time para fazer as suas operações charter no próximo Verão, incluindo voos para Portugal, que estavam previstas ser realizadas pela Primera Air, que declarou falência em Outubro.

A companhia de aviação dinamarquesa Jet Time fará voos para o operador Bravo Tours entre Maio e Outubro do próximo ano, para “destinos clássicos do Mediterrâneo, como Turquia, Creta e Rhodes, bem como Maiorca, Faro no Sul de Portugal e novos destinos para nós: Almeria no Sul de Espanha e o arquipélago português dos Açores”, disse a vice-presidente de Business Development da Jet Time, Birthe Madsen, ao jornal dinamarquês “Standby”.

O operador Bravo Tours terá no próximo Verão cerca de 150 mil lugares em voos a partir das cidades dinamarquesas Copenhaga, Billund e Aalborg, dos quais 100 mil serão oferecidos em voos da Jet Time.

Os lugares oferecidos em voos da Jet Time serão 40% de Copenhaga, 40% de Billund e 20% de Aalborg, acrescentou Birthe Madsen.

A Jet Time, que tem uma frota de seis aviões Boeing B737-700 NextGen e tem encomendados mais quatro B737-800, tem como principais clientes para a realização de voos charter os operadores TUI, Spies e Bravo Tours, que representam 90% da sua produção charter.

A Jet Time perspectiva transportar cerca de 600 mil passageiros em 2019 em voos charter contratados pelos três operadores turísticos, a partir da Dinamarca, da Suécia e da Finlândia.

A Primera Air, que ligava os países nórdicos a destinos turísticos da Europa, incluindo Portugal, deixou de operar no dia 1 de Outubro, depois de declarar falência (clique para ler: Primera Air declara falência e cessa todos os voos).

 

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Portugal

Clique para ver mais: Europa

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP já voa para Washington – Dulles

17-06-2019 (17h16)

A TAP já liga as capitais de Portugal e dos Estados Unidos, com a inauguração no Domingo do seu voo TP231 para Washington – Dulles, que informou ter preços de ida desde 253 euros.

Hotéis 5-estrelas e alojamento local são as unidades com maiores aumentos de dormidas até Abril

17-06-2019 (16h59)

Os hotéis de 5-estrelas, com mais 117,9 mil dormidas nos primeiros quatro meses deste ano que no período homólogo de 2018 e os alojamentos locais, com mais 165,2 mil, são os estabelecimentos que maiores aumentos de dormidas tiveram no primeiro quadrimestre, em que o alojamento turístico português somou 16,67 milhões de dormidas, em alta de 3,9% ou 618,7 mil.

Portugal ultrapassa quatro milhões de turistas estrangeiros no primeiro quadrimestre

17-06-2019 (15h46)

Portugal teve 4.038,8 mil turistas residentes no estrangeiro em estabelecimentos de alojamento durante o primeiro quadrimestre, com um aumento em 5,6% ou cerca de 214 mil relativamente ao período homólogo de 2018.

Lufthansa responsabiliza excesso de capacidade na Europa pela quebra de resultados

17-06-2019 (15h15)

O grupo Lufthansa, maior grupo de aviação da Europa em número de passageiros e em tráfego medido em RPK (passageiros x quilómetros voados), responsabiliza um alegado excesso de capacidade na Europa por uma evolução pior do que previa, mas os seus dados mostram que a subsidiária mais problemática é a Eurowings, que até era identificada com o negócio de voos de longo curso low cost.

Lufthansa alarma mercados com revisão em forte baixa da previsão de resultados

17-06-2019 (14h46)

A Lufthansa revelou hoje uma previsão de queda acentuada do resultado operacional ajustado de não recorrentes, que conduziu a forte quebra da sua cotação na Bolsa de Frankfurt e ‘ondas de choque’ nos títulos das outras companhias de aviação europeias.

Noticias mais lidas