Portugueses estão mais ‘caseiros’ nos gastos turísticos

18-07-2019 (16h03)

Os destinos europeus concentraram 82,6% dos gastos dos portugueses em viagens e turismo nos primeiros cinco meses deste ano, com um reforço de 0,9 pontos em relação ao ano passado, especialmente evidente nos três principais, Espanha, França e Reino Unido, que tiveram um aumento de participação em 1,3 pontos, atingindo 54,9% do total do período.

Dados do Banco de Portugal recolhidos pelo PressTUR indicam que Espanha reforçou a liderança dos destinos com mais gastos turísticos dos portugueses, ao registar um aumento em 13,6% ou 72,35 milhões, com o qual atingiu o montante de 602,77 milhões de euros, que equivale a 29,4% dos 2.046,98 milhões despendidos pelos portugueses em viagens e turismo no estrangeiro nos primeiros cinco meses deste ano, +0,7 pontos que no período homólogo de 2018.

O segundo principal destino em gastos dos portugueses foi França, com 309,96 milhões, e também um aumento a dois dígitos, em 11,6% (mais 32,27 milhões), com o qual passa de 15% a 15,1% do total de gastos dos portugueses nos primeiros cinco meses do ano.

Mais forte foi o reforço da participação do Reino Unido, que nos primeiros cinco meses deste ano captou 10,3% dos gastos turísticos dos portugueses, +0,4 pontos que no período homólogo de 2018, com um aumento em 15,1% ou 27,66 milhões de euros, para 210,31 milhões.

Também com aumentos das sua ‘fatias’ dos gastos dos portugueses em viagens e turismo no estrangeiro nos primeiros cinco meses deste ano estão a Bélgica, com +0,4 pontos, para 4,8%, Itália, com +0,2 pontos, para 4%, e Holanda, com +0,2 pontos, para 2,7%.

A maior queda é da ‘fatia’ dos Estados Unidos, que baixa 0,6 pontos, para 3,7%, seguida pelas quedas da Alemanha e Brasil, ambas de 0,3 pontos, para 6,4% e para 1,8%, respectivamente.

Os dados recolhidos pelo PressTUR indicam que, porém, apenas os Estados Unidos e Brasil tiveram menos gastos dos portugueses nos primeiros cinco meses deste ano, com quebras de respectivamente 4,3% ou 3,36 milhões de euros, para 74,96 milhões, e 5,7% ou 2,19 milhões, para 35,92 milhões.

A redução da participação da Alemanha não veio de quebra de gastos dos portugueses, mas de aumento mais fraco que a média, em 6,2% ou 7,63 milhões, para 130,51 milhões.

Os dados recolhidos pelo PressTUR evidenciaram também fortes aumentos de gastos dos portugueses na Bélgica (+21,6% ou mais 17,51 milhões, para 98,68 milhões), em Itália (+16,4% ou mais 11,6 milhões, para 82,16 milhões), na Holanda (+18,5% ou mais 8,63 milhões, para 55,37 milhões) e em Angola (+27,5% ou mais 2,96 milhões, para 13,72 milhões).

 

Para ler mais clique:

Crescimento das receitas turísticas portuguesas foi o mais fraco de um mês de Maio desde 2009

Alemães e franceses penalizam evolução das receitas turísticas em Maio

Turistas dos Estados Unidos são os que mais estão a aumentar gastos em Portugal este ano

Brexit para o turismo português afinal vem da Alemanha

Gastos dos portugueses em turismo no estrangeiro sobem 10,8% até Maio

 

Clique para mais notícias: Balança portuguesa das Viagens e Turismo

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Meliá abre hotel da marca Innside em Saragoça

12-11-2019 (17h14)

A Meliá Hotels International anunciou a abertura de um hotel da sua marca Innside em Saragoça, um “destino obrigatório para os amantes de novas tendências”, segundo descreve.

Turismo de Portugal tem em curso 38 projectos de enoturismo com 60 milhões de euros já aprovados

12-11-2019 (15h59)

O Turismo de Portugal tem em curso 38 projectos de desenvolvimento da oferta de enoturismo, com mais de 60 milhões de euros de investimento já aprovados, disse a entidade à agência Lusa.

Regulamento de Alojamento Local do Porto teve 55 participações em consulta pública

12-11-2019 (15h41)

O regulamento de Alojamento do Local (AL) do Porto teve 55 participações no âmbito da discussão pública do documento que terminou em Setembro, revelou o vereador do Turismo na Câmara do Porto, Ricardo Valente.

Hoteleiros aplaudem decisão de Ourém 'deixar cair' taxa turística

12-11-2019 (15h25)

A Câmara de Ourém, no distrito de Santarém, abandonou o plano para avançar com uma taxa turística no município, uma medida que a AHP - Associação da Hotelaria de Portugal e os hoteleiros de Fátima receberam com satisfação.

Nove países da UE querem aumentar impostos sobre as companhias aéreas

12-11-2019 (15h06)

Nove países da União Europeia juntaram-se para exigir uma aviação mais limpa na Europa, um dos meios de transporte mais poluentes que consideram que está a ser taxado abaixo do que devia.

Noticias mais lidas