RIU investe 150 milhões para construir dois resorts no Senegal

03-06-2019 (13h14)

Foto: RIU Hotels & Resorts
Foto: RIU Hotels & Resorts

A RIU Hotels & Resorts anunciou um plano de investimentos de 150 milhões de euros para construir dois resorts no Senegal, na zona de Pointe Sarène, “um destino paradisíaco que se encontra em processo de desenvolvimento turístico”.

O montante investido inclui a compra do terreno de 25 hectares e o desenvolvimento dos dois hotéis, sublinha um comunicado do grupo hoteleiro espanhol.

O projecto está dividido em duas fases, começando pela abertura de um hotel de gama “Classic”, que terá cerca de 500 quartos. A segunda fase prevê a construção de um hotel Riu Palace com capacidade para cerca de 800 hóspedes.

A aquisição do terreno decorre no âmbito da colaboração que a RIU está a desenvolver com a Sociedade para o Condicionamento e Promoção da Zona Costeira e Turística do Senegal (SAPCO), que está actualmente em fase de projecto e tem início previsto para Novembro.

A intenção das autoridades locais e turísticas em promover o destino tornou-se evidente com o desenvolvimento do novo aeroporto internacional Blaise-Diagne em 2017, que fica a 35 km do terreno adquirido pela RIU, e de uma estrada que o liga à cidade de Dakar, acrescenta o comunicado.

Em África, a RIU Hotels & Resorts é proprietária de seis hotéis, incluindo cinco em Cabo Verde e um na Tânzania, e tem a gestão de outros cinco hotéis em Marrocos.

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: RIU Hotels & Resorts

Clique para ver mais: Senegal

Clique para ver mais: África

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Vila Galé chega aos Açores em 2021

20-01-2020 (20h37)

O Grupo Vila Galé vai estrear-se nos Açores em 2021, com a abertura de um hotel com 100 quartos em Ponta Delgada, São Miguel, anunciou esta segunda-feira o presidente do grupo, Jorge Rebelo de Almeida.

Vila Galé fechou 2019 com mais três milhões de euros de receitas em Portugal

20-01-2020 (19h51)

As receitas do grupo Vila Galé em Portugal, onde tem 25 hotéis, ascenderam a 115 milhões de euros em 2019, um aumento de cerca de 2,7% ou três milhões face ao ano anterior, disse o administrador do grupo, Gonçalo Rebelo de Almeida.

China supera Bélgica entre os principais mercados para o grupo Vila Galé

20-01-2020 (19h50)

O grupo Vila Galé notou no ano passado "alguma desaceleração dos mercados europeus tradicionais para Portugal", compensada pela subida de alguns mercados asiáticos, como a China, que superou a Bélgica entre os principais emissores, disse o administrador do grupo, Gonçalo Rebelo de Almeida.

Mudança nos mercados de origem pode explicar quebra da estada média nos hotéis Vila Galé

20-01-2020 (19h38)

A quebra da estada média nos hotéis Vila Galé em Portugal pode estar associada às mudanças nos mercados de origem, numa altura em que cresce o número de hóspedes de países longínquos, que tendem a ficar menos noites, e baixam alguns dos principais emissores europeus.

Receitas da Vila Galé no Brasil sobem 18% em 2019

20-01-2020 (19h37)

Os nove hotéis do grupo Vila Galé no Brasil facturaram 371 milhões de reais no ano passado, cerca de 80,3 milhões de euros ao câmbio de hoje, mais 18% que no ano anterior, revelou o administrador do grupo, Gonçalo Rebelo de Almeida.

Noticias mais lidas