Springwater vai finalmente apostar na “aproximação/integração” Geostar - Top Atlântico

15-02-2019 (16h35)

O grupo espanhol Wamos, do fundo suíço Springwater, vai avançar finalmente para a “aproximação/integração” das suas redes em Portugal, a Top Atlântico comprada ao antigo GES e a Geostar comprada ao grupo Sonae em 2015.

A perspectiva é avançada na comunicação interna de Eduardo Montes, presidente da Administração do grupo Wamos, a anunciar que Gonçalo Salgado, que dirigia a Geostar, “decidiu enveredar por um novo caminho profissional” e que dessa forma deixará a empresa a 28 de Fevereiro.

Na sequência desta saída, o Conselho de Administração do Grupo Wamos nomeou Martins Jesus CEO do Grupo Springwater Tourism Portugal.

A fusão entre a antiga Espírito Santo Viagens e a Geostar foi um desejo acalentado nomeadamente pelo antigo CEO da holding de viagens do antigo GES e actual presidente da CTP, Francisco Calheiros (para ler mais clique: Compra da GeoStar é “um passo importantíssimo” “tentado várias vezes no passado” – CEO).

‘Surpreendentemente’, no entanto, depois de conseguir concretizar a compra também da Geostar, a Springwater decidiu manter as empresas separadas, transferindo Martins Jesus de CEO da Geostar para ‘o lugar’ de Francisco Calheiros, que deixou o grupo, e promovendo Gonçalo Salgado a nº 1 da Geostar.

A comunicação interna de Eduardo Montes a propósito da saída de Gonçalo Salgado evidencia que o processo de “aproximação/integração” até já começou, com a “integração da área de back-office da GeoStar na área de Serviços Partilhados da SWT [Springwater Turismo, antiga Espírito Santos Viagens]” que indica estará concluída “ainda no decorrer do 1º trimestre de 2019”.

Eduardo Montes anuncia então que dado esse passo “será lançado um estudo - para o qual contaremos com a colaboração de uma prestigiada empresa internacional de consultadoria – visando a avaliação da possibilidade de uma maior aproximação/integração de diferentes áreas das duas empresas, e consequente captação de sinergias”.

A rede de agências de viagens Top Atlântico (sem incluir a Top Atlântico DMC nem a Top Partner - Viagens e Soluções Empresariais, que facturaram respectivamente 20 milhões e 18,28 milhões de euros) realizou 14,47 milhões de euros de vendas e prestações de serviços em 2017 e apresentou um lucro líquido de 1,75 milhões.

A Geostar (Raso - Viagens e Turismo), por sua vez, teve vendas de 22,08 milhões de euros e lucros de 627,3 mil euros.

 

Para ler mais clique:

Springwater confirma compra da GeoStar. Facturação do grupo passa os 500 milhões

 

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Clique para mais notícias: Springwater Turismo

Clique para mais notícias: Geostar

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Hotelaria espanhola penalizada por queda da estada média da maioria dos emissores

24-01-2020 (17h44)

A hotelaria espanhola alojou em 2019 mais 1,77 milhões de turistas residentes no estrangeiro, mas teve apenas mais 151,7 mil dormidas desses mercados, pela queda da estada média em 3,1%, concluiu o PressTUR dos dados publicados pelo INE espanhol.

Dormidas de portugueses na hotelaria espanhola aumentaram 8,1% em 2019 e atingiram 4,32 milhões

24-01-2020 (16h06)

Os hotéis espanhóis tiveram alojados em 2019 um total de 1,64 milhões de turistas residentes em Portugal, que fizeram 4,32 milhões de dormidas, de acordo com os dados do INE espanhol que indicam subidas em 8,6% do número de hóspedes portugueses e de 8,1% das suas pernoitas.

Barceló Santiago reabre hoje após processo de remodelação

24-01-2020 (14h33)

O Barceló Santiago, unidade 4-estrelas superior, foi reinaugurado hoje, 24 de Janeiro, depois de um processo de remodelação, avaliado em 10 milhões de euros, que durou cerca de dois anos.

Skydive Seven vendeu mais mil saltos de paraquedismo turístico em 2019

24-01-2020 (12h56)

A empresa portuguesa Skydive Seven, baseada no Algarve, executou mais de 6.000 saltos de paraquedismo turístico este ano, o que corresponde a um aumento de cerca de 21,2% ou mais 1.050 saltos que no ano anterior.

Aeroportos em todo o mundo tomam precauções contra surto de coronavírus

23-01-2020 (17h34)

Aeroportos à volta do mundo começaram hoje a tomar precauções com o fluxo de turistas chineses que tiram férias pelo Ano Novo Lunar, dado o surto de um novo tipo de coronavírus com origem na China.

Noticias mais lidas