Travelport está mais ágil que a concorrência e promete “disrupção”, CEO Greg Webb

26-09-2019 (19h02)

Imagem: Travelport
Imagem: Travelport

A Travelport, desde que deixou de estar cotada em bolsa, tornou-se mais ágil e alcançou uma posição única para promover “disrupção” na indústria, anunciou o novo patrão da tecnológica, Greg Webb, ex-vice-chairman da concorrente Sabre que este ano substituiu Gordon Wilson, na sequência da ‘privatização’ da companhia.

A importância de agregar conteúdo no sector do turismo é inquestionável para Greg Webb, porque o sector é “demasiado complexo, demasiado entrelaçado”. A questão para o novo CEO da Travelport é como ser mais eficaz nesse papel.

A sua missão é criar disrupção na indústria: “a Travelport tem estado no mesmo caminho há algum tempo. Penso que podemos melhorar e diferenciarmo-nos em termos de produto e capacidade”, disse Greg Webb em declarações a jornalistas em Veneza, citadas num comunicado divulgado pela empresa.

“E penso que podemos chegar lá mais rapidamente do que as pessoas pensam. Vamos ser disruptivos face à norma e face à indústria como um todo. Temos a capacidade de ser mais ágeis que a nossa concorrência”, assegurou o executivo.

Sobre o NDC da IATA, o novo patrão da Travelport salientou que o padrão vigente não é um factor essencial, porque em poucos anos “pode haver outra mudança”. “Nós só precisamos de ser flexíveis”, e “a Travelport está posicionada de uma forma única para poder fazer isso”, acrescentou.

A Travelport saiu da bolsa de Nova Iorque após a sua aquisição pelo Siri’s Capital Group e a Evergreen Coast Capital, por 4,4 mil milhões de dólares (clique para ler: Siris e Evergreen compram Travelport por 4,4 mil milhões de dólares).

Estar fora do escrutínio público não significa que deixa de existir pressão sobre o desempenho da Travelport. O que acontece é que, como empresa ‘privada’ “eu vou ter que contar a minha história a duas empresas [as accionistas], enquanto como empresa pública teria que contar a dezenas de milhares de investidores e o mercado reagiria consoante acreditasse ou não”, frisou Greg Webb.

O novo CEO da Travelport enalteceu também o papel da companhia na construção de relações na indústria e sublinhou que a empresa vai apostar em criar um padrão superior de soluções tecnológicas: “esquecemo-nos que 50% das reservas são feitas directamente no fornecedor. Como posso fornecer um produto que é significativamente melhor para que alguns desses voltem aos agentes de viagens?”, realçou.

 

Clique para mais notícias: Travelport

Clique para mais notícias: Agências de viagens

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Marriott International alvo de roubo de informação de clientes

31-03-2020 (16h15)

A Marriott International anunciou que está a entrar em contacto com alguns dos seus hóspedes depois de ter sido detectada uma fuga de informação relativa a 5,2 milhões dos seus clientes, em Fevereiro deste ano.

Dubai vai injectar capital na Emirates

31-03-2020 (15h10)

O Dubai vai injectar capital na companhia aérea Emirates para a ajudar a atravessar a crise causada pela pandemia de covid-19, que obrigou a transportadora a suspender os voos de passageiros.

Eurowings vai manter dois voos por semana Dusseldorf – Lisboa

31-03-2020 (15h04)

A Eurowings, companhia de aviação do grupo Lufthansa inicialmente apontada como vocacionada para voos low cost de longo curso, vai manter dois voos por semana de Dusseldorf para Lisboa.

Lufthansa programa voo diário para Lisboa pelo menos até 19 de Abril

31-03-2020 (15h01)

A companhia de aviação alemã Lufthansa prevê manter voo diário de Frankfurt para Lisboa pelo menos até 19 de Abril, tendo 1.260 lugares em cada sentido, apesar da forte redução em consequência do impacto da pandemia de coronavírus.

TAP só vai voar em Embraer E190 até 4 de Maio

31-03-2020 (14h55)

A operação reduzida que a TAP tem programada até 4 de Maio vai ser toda realizada em Embraer E190 de 106 lugares, o que significa que terá um total de 1.060 lugares por semana em voos de/para Lisboa.

Noticias mais lidas