3º Congresso da APECATE debate liberalização, concorrência e qualidade na sexta e no Sábado

05-02-2015 (18h33)

Dias 6 e 7 de Fevereiro

O 3º Congresso da APECATE, para empresas e profissionais do sector de Congressos, Animação Turística e Eventos, decorre na sexta-feira e no Sábado no Altis Grand Hotel, em Lisboa, tendo como principais temas a liberalização, a concorrência e a qualidade.

O evento é inaugurado às 9h30 com intervenções de Ana Barbosa, presidente da Direcção da APECATE, Ivo Miksa, presidente da EFAPCO, Herman Smulders, presidente da EC-OE, e Adolfo Mesquita Nunes, secretário de Estado do Turismo.
O primeiro painel, previsto para as 10h30, questiona “Liberalização e concorrência – Sociedades comerciais e entidades sem fins lucrativos: águas turvas ou regras claras?”, com uma abordagem fiscal por António Lobo Xavier, gestor e sócio da Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva e Associados, Sociedade de Advogados, e uma abordagem económica por Augusto Mateus, economista, presidente da empresa de consultoria Augusto Mateus & Associados.
Após um intervalo, o evento recomeça às 11h45 com o painel “Liberalización y competencia desleal en el turismo activo: el caso de España”, por Pedro Carrasco, gerente da ANETA – Associação Nacional de Empresas de Turismo Activo de Espanha e director da IsoAventura, S.L., seguido de um debate às 12h15 moderado pela presidente da Direcção da APECATE.
Depois de almoço está marcado para as 15h a sessão “How to maximise the benefits from a certification”, por Ton Soons, director da Stichting Het Erkende Congresbedrijf (entidade certificadora na área dos congressos da Holanda, seguido de uma mesa redonda às 15h30 sob o tema do “valor de mercado da qualidade e da certificação”, com Abel Pina, Francisco Moser, Ivo Miksa, José Faísca, Pedro Carrasco e Raquel Silva.
Segue-se um debate moderado por Luisa Ahrens Teixeira, vice-presidente da Direcção da APECATE, e às 17h30 um painel dedicado ao Programa Portugal 2020, em que está prevista uma apresentação de José Ferraz Alves, director do Departamento de Operações Especiais Norte do BPI, um debate moderado por Joel Vicente, vice-presidente da Direcção da APECATE, e uma intervenção do presidente do Turismo de Portugal, João Cotrim de Figueiredo.
No Sábado, dia 7, são debatidos temas sectoriais, com intervenções de Luisa Ahrens Teixeira sobre Congressos, de Joel Vicente sobre Eventos e de Ana Barbosa, António Marques Vidal, Paulo Roch, Herman Smulders, José Saleiro e Luís Sá Couto sobre Animação Turística.

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Governo dos Açores dá aval à Ilhas de Valor para compra de campos de golfe

24-01-2019 (17h04)

O Governo dos Açores concedeu hoje à sociedade anónima Ilhas de Valor um aval de 6,6 milhões de euros para “assegurar” a manutenção dos dois campos de golfe da ilha de São Miguel e “concluir” a sua aquisição.

Moura (Beja) vai criar oferta de actividades náuticas no Alqueva

06-11-2018 (17h28)

A Câmara de Moura e a empresa gestora do Alqueva, no Alentejo, querem criar uma estação náutica, composta por várias infra-estruturas, para aproveitar as potencialidades do concelho e da albufeira para actividades náuticas.

Belcanto é o único português nos 100 melhores restaurante do mundo

19-06-2018 (22h50)

O Belcanto, do chef Avilez, é o único restaurante português a figurar na lista dos melhores do mundo hoje divulgada pela revista Restaurant, que tem um novo líder, a Osteria Francescana de Massimo Bottura, em Modena, Itália.

Casinos de Macau estão com melhor começo de ano desde 2014

02-05-2018 (10h29)

Os Casinos de Macau tiveram pela primeira vez desde 2014 mais de cem mil milhões de patacas de receitas de jogo, evidenciando uma aceleração da retoma que analistas internacionais consideram reflectir o êxito na captação de turistas que impulsionam o jogo recreativo.

ATA avalia em 500 milhões de euros o VAB do turismo de golfe no Algarve

10-04-2018 (19h38)

O turismo de golfe no Algarve gerou em 2017 uma riqueza global de 500 milhões de euros e originou 16.800 empregos, concluiu um estudo divulgado hoje pela Associação de Turismo do Algarve (ATA).

Noticias mais lidas