Viagens El Corte Inglés traça estratégia para chegar ao Top3 em Portugal, Bernardo Marquez (1/3)

19-11-2018 (16h16)

A Viagens El Corte Inglés, subsidiária portuguesa da maior agência de viagens em Espanha, está a implementar uma estratégia para alcançar a 2ª ou 3ª posição entre os maiores grupos de agências de viagens em volume de vendas no mercado português, disse ao PressTUR o novo director-geral da empresa, Bernardo Marquez.

O plano é ambicioso e o investimento é grande, admite o executivo, que começou a sua carreira na empresa em 1996, tendo desempenhado funções de chefe de delegação de novas aberturas em Badajoz, Cuenca e Segóvia.

A sua actividade profissional em Portugal começou em 2001 quando foi nomeado chefe da delegação para a abertura da primeira agência nos armazéns El Corte Inglés em Lisboa, assumindo nos anos seguintes a função de director de produto, marketing e publicidade da Viagens El Corte Inglés em Portugal.

Em Abril de 2006, o profissional foi transferido para Nova Iorque, onde desempenhou as funções de director da empresa nos Estados Unidos até Junho deste ano, mês em que regressou a Portugal.

O novo director-geral da Viagens El Corte Inglés em Portugal é licenciado em empresas e actividades turísticas pela Universidade de Girona (Ceura Barcelona), tem um Executive MBA pela escola de negócios IE e uma pós-graduação em Estratégia Comercial Internacional pela Escola de negócios Chicago Booth (GMSP).

Para Portugal “temos um plano estratégico a três/cinco anos e a ideia é começar a fazer campanhas para nichos, com produto próprio com condições muito boas”, começou por dizer Bernardo Marquez.

 

PressTUR: Campanhas para que tipo de produtos?

Bernardo Marquez: De cruzeiros, grandes viagens, Disney, estadias e depois também parcerias mais fortes com outros fornecedores, que complementam o produto que nós temos. Nós operamos muito em voos regulares e aqui há muita operação com voos charter. Temos acordos estratégicos preferenciais com alguns fornecedores e isso vai complementar o tipo de produto que temos para diferentes tipos de clientes.

 

PressTUR: Como está a estrutura da Viagens El Corte Inglés em Portugal?

Bernardo Marquez: Aqui em Portugal nós somos uma sucursal da Viagens El Corte Inglés, mas temos uma estrutura independente. Temos uma sede, um departamento de produto, um departamento de administração, um departamento comercial para diferentes tipos de clientes, de lazer e corporate. E aproveitamos as sinergias com o grupo El Corte Inglés para termos força no mercado. A ideia, com estes departamentos que temos aqui, é crescer organicamente aumentando nossa rede de distribução.

 

PressTUR: Quantas lojas têm?

Bernardo Marquez: Temos 18 lojas para venda ao cliente. No total temos 28, contando com implantes e BTC, que são corporativos.

 

PressTUR: Que objectivos têm?

Bernardo Marquez: O objectivo é crescer organicamente aumentando o numero de lojas que temos actualmente. A ideia é especializarmo-nos em lojas de lazer e em agências corporate.

 

PressTUR: Têm alguma meta definida?

Bernardo Marquez: Estamos a analisar. As lojas que temos são lojas próprias. Por enquanto, não trabalhamos com franquias.

 

PressTUR: Há lojas em todo o país?

Bernardo Marquez: Em Portugal Continental estamos em Lisboa, Sintra, Algés, Porto, Gaia, Braga, Caldas da Rainha, Coimbra, Aveiro, Faro, Évora, Leiria. Estamos no Funchal e a próxima seria nos Açores.

 

Continua:

Viagens El Corte Inglés Portugal prevê crescimento a dois dígitos este semestre, Bernardo Marquez (2/3)
Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP já voa para Washington – Dulles

17-06-2019 (17h16)

A TAP já liga as capitais de Portugal e dos Estados Unidos, com a inauguração no Domingo do seu voo TP231 para Washington – Dulles, que informou ter preços de ida desde 253 euros.

Hotéis 5-estrelas e alojamento local são as unidades com maiores aumentos de dormidas até Abril

17-06-2019 (16h59)

Os hotéis de 5-estrelas, com mais 117,9 mil dormidas nos primeiros quatro meses deste ano que no período homólogo de 2018 e os alojamentos locais, com mais 165,2 mil, são os estabelecimentos que maiores aumentos de dormidas tiveram no primeiro quadrimestre, em que o alojamento turístico português somou 16,67 milhões de dormidas, em alta de 3,9% ou 618,7 mil.

Portugal ultrapassa quatro milhões de turistas estrangeiros no primeiro quadrimestre

17-06-2019 (15h46)

Portugal teve 4.038,8 mil turistas residentes no estrangeiro em estabelecimentos de alojamento durante o primeiro quadrimestre, com um aumento em 5,6% ou cerca de 214 mil relativamente ao período homólogo de 2018.

Lufthansa responsabiliza excesso de capacidade na Europa pela quebra de resultados

17-06-2019 (15h15)

O grupo Lufthansa, maior grupo de aviação da Europa em número de passageiros e em tráfego medido em RPK (passageiros x quilómetros voados), responsabiliza um alegado excesso de capacidade na Europa por uma evolução pior do que previa, mas os seus dados mostram que a subsidiária mais problemática é a Eurowings, que até era identificada com o negócio de voos de longo curso low cost.

Lufthansa alarma mercados com revisão em forte baixa da previsão de resultados

17-06-2019 (14h46)

A Lufthansa revelou hoje uma previsão de queda acentuada do resultado operacional ajustado de não recorrentes, que conduziu a forte quebra da sua cotação na Bolsa de Frankfurt e ‘ondas de choque’ nos títulos das outras companhias de aviação europeias.

Noticias mais lidas