MSC anuncia nove cruzeiros de e para o Funchal e prevê “aceitação bastante forte” em Portugal

27-09-2013 (15h39)

Entre Novembro de 2013 e Março de 2014

A MSC Cruzeiros Portugal anunciou hoje ao mercado que já tem à venda cruzeiros de e para o Funchal de Novembro a Março, que é um dos períodos de maior actividade no porto madeirense, com o seu director geral, Eduardo Cabrita a prever “aceitação bastante forte” do mercado português, até porque a MSC será “a única companhia a permitir embarques e desembarques no Funchal neste período”.

Os cruzeiros, nove deles de 15 dias, serão efectuados no MSC Armonia, que pode acolher cerca de três mil passageiros e que a empresa descreve como um navio que “espelha o estilo italiano” e que é uma das melhores opções para cruzeiros em família.
Os cruzeiros com partida e chegada ao Funchal, indica uma informação divulgada pela MSC Cruzeiros Portugal, vão ter escalas em Santa Cruz de La Palma, Tenerife, Las Palmas, Agadir, Casablanca, Arrecife de Lanzarote e San Sebastian, com preços a partir de 660 euros por pessoa em cabina com ocupação dupla.
As partidas são a 12 e 26 de Novembro, 10 e 24 de Dezembro, 7 e 21 de Janeiro, 4 e 18 de Fevereiro e 4 de Março.
Além destes cruzeiros, a empresa propõe ainda um mini-cruzeiro  de quatro dias com partida de Las Palmas a 9 de Novembro e destino ao Funchal e um mini-cruzeiro de cinco dias com saída do Funchal a 18 de Março para Las Palmas, referindo que estão previstos voos da SATA no próprio dia do embarque e desembarque com valores a partir de €100 (taxas incluídas – sujeitos a disponibilidade).
“Consideramos ser uma excelente oportunidade para o mercado madeirense, uma vez que é um itinerário diferente dos que já tivemos na ilha, mas também para o mercado continental que pode assim usufruir de um itinerário diferente dos disponíveis com embarque em Lisboa, com preços bastante atractivos juntando apenas o voo de/para o Funchal”, salienta Eduardo Cabrita, citado no comunicado.
Na mesma declaração, o director-geral da MSC Cruzeiros Portugal explica que no seguimento da decisão de alterar a programação do Armonia, retirando-o do Mar Vermelho e colocando-o nas Canárias ( MSC tira Armonia do Mar Vermelho no Inverno e coloca-o em dois itinerários a partir de Las Palmas), a companhia “desenvolveu todos os esforços para levar este produto até ao mercado nacional, permitindo o embarque e desembarque no Funchal”.
A MSC passou a ser, assim, “a única companhia a permitir embarques e desembarques no Funchal” nos meses de Novembro a Março, sublinhou ainda Eduardo Cabrita.
A MSC indicou que na segunda quinzena de Outubro terá nas agências de viagens uma mini-brochura com os cruzeiros do Funchal, a qual já pode ser consultada online (para aceder clique aqui).

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

CEO da Vueling vai liderar Iberia e Marco Sansavini assume a low cost

30-01-2020 (17h16)

O actual CEO da low cost Vueling, Javier Sánchez-Prieto, é o executivo escolhido pelo IAG para liderar a sua maior subsidiária espanhola, a Iberia, numa ‘dança de cadeiras’ que inclui ainda a nomeação de Marco Sansavini para a liderança da gestão executiva da low cost.

MSC Cruzeiros contrata Pedro Barbosa para o Departamento Comercial

29-01-2020 (14h20)

A MSC Cruzeiros contratou Pedro Barbosa para assumir as funções de comercial na Zona Sul de Portugal Continental e nos Açores, substituindo Isa Vitória, em licença de maternidade.

Eduardo Arruda é o novo director Comercial da euroAtlantic

28-01-2020 (18h09)

A euroAtlantic airways promoveu Eduardo Arruda, que está nos quadros da empresa desde 2012, para o cargo de director Comercial.

Marta Manso é nova directora do NAU Salema Beach Village

14-01-2020 (10h48)

A NAU Hotels & Resorts promoveu Marta Manso para o cargo de directora do NAU Salema Beach Village.

Willie Walsh deixa IAG e Luis Gallego é o novo CEO

09-01-2020 (10h13)

O International Airlines Group (IAG), que integra as companhias aéreas British Airways, Iberia, Vueling, Aer Lingus e Level, anunciou que Willie Walsh vai deixar o cargo de CEO no final de Março e será substituído por Luis Gallego, actualmente CEO da Iberia.

Noticias mais lidas