Academia Internacional de Turismo no Estoril vai ter investimento de 24 milhões de euros

17-07-2019 (12h10)

O projecto da Academia Internacional de Turismo no Estoril foi formalizado ontem através da assinatura de vários protocolos entre entidades do sector, e vai representar um investimento de 24 milhões de euros.

Do total do investimento, destinado a 21.000 metros quadrados dedicados à formação de Turismo em Portugal, 40% é assumido por privados.

A ideia é renovar o edifício actual da Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril, recuperar um imóvel devoluto para espaços de ‘co-working’ de ‘start-ups’, construir um hotel de aplicação com 5.000 m2 e 150 quartos e recuperar um edifício devoluto para vir a ser uma residência de estudantes, com 80 quartos.

“O projecto está orçamentado à volta dos 24 milhões de euros, cerca de 40 ou 50 % vai ser financiado pelo privado que ganhar a concessão do hotel de aplicação”, disse à agência Lusa o presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, no final da cerimónia de lançamento da academia.

“É hoje [dia 16 de Julho] lançado o concurso público de concessão do hotel de aplicação, portanto temos 45 dias para os privados concorrerem para apresentar uma proposta de construção" desta estrutura e de concessão do dormitório para alunos, acrescentou Luís Araújo.

“O restante vai ser financiado pelo Turismo de Portugal, pela Câmara de Cascais” e também por recursos comunitários do programa operacional Lisboa 2020, esclareceu o presidente do Turismo de Portugal.

A Academia Internacional de Turismo passa a integrar a Escola Internacional de Turismo, no âmbito da Academia da Organização Mundial de Turismo (OMT), sendo que o projecto deverá estar concluído em 2023.

Na sessão de lançamento e assinatura de protocolos da Academia Internacional de Turismo, no campus da Escola do Turismo de Portugal do Estoril, estiveram presentes o ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Sobrinho Teixeira, bem como o secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili.

Em declarações à Lusa, no final da sessão, Zurab Pololikashvili disse que investir hoje em Portugal “é muito interessante e atractivo”.

“Não acho que Portugal tenha um grande problema de falta de mão de obra qualificada, quando comparado com outros países. Portugal está a tornar-se líder no campo da educação e formação”, acrescentou o secretário-geral da OMT.

O projecto conta também com o envolvimento da Universidade NOVA de Lisboa, do Centro de Investigação, Desenvolvimento e Inovação em Turismo, do Instituto de Formação Turística de Macau e de vários grupos hoteleiros privados, como o Grupo Pestana, PortoBay, Vila Galé, Hoti, Martinhal, Vip, entre outros.

Para a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, “este projeto é fundamental para qualificar recursos humanos no Turismo e afirmar Portugal como país de referência, também na formação turística”, declarou em comunicado.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aeroportos portugueses melhoram pontualidade em Novembro

12-12-2019 (16h14)

Os seis aeroportos portugueses com indicadores de pontualidade da OAG para o mês de Novembro melhoraram todos o desempenho em relação ao mês homólogo de 2018, mas sem saírem do lote dos piores entre os 1.200 com dados publicados pela consultora.

TAP melhora pontualidade em Novembro para 74% e fica 8,8 pontos melhor que Aeroporto de Lisboa (OAG)

12-12-2019 (16h11)

A TAP teve um índice de pontualidade em Novembro de 74%, que é 7,5 pontos melhor do que tivera no mês homólogo de 2018 e fica 8,8 pontos melhor que a pontualidade média do Aeroporto de Lisboa, seu hub, onde é a companhia com mais movimentos de aviões.

Riu Palace Riviera Maya reabre após renovações de 36 milhões de euros

12-12-2019 (15h50)

O resort Riu Palace Riviera Maya, em Playa del Carmen, no México, reabriu após um investimento em renovações de 40 milhões de dólares, cerca de 36 milhões de euros.

Finnair prevê ocupação acima de 90% nos voos Helsínquia-Porto em 2020

12-12-2019 (11h12)

A Finnair, que irá voar entre o Porto e Helsínquia em 2020 mais cerca de quatro meses que em 2019, prevê ter uma ocupação média acima de 90% nesses voos, disse ao PressTUR o director-geral da companhia para o Sul da Europa, Javier Roig.

Volotea programa voos de Bordéus para Faro no próximo Verão

12-12-2019 (10h30)

A companhia de aviação espanhola Volotea tem programado realizar voos entre Bordéus e Faro de 9 de Abril até 4 de Outubro, duas vezes por semana.

Noticias mais lidas