Cabo Verde Airlines reforça Paris e adia Luanda por “razões comerciais”

24-10-2019 (12h02)

Foto: Cabo Verde Airlines
Foto: Cabo Verde Airlines

A companhia de aviação Cabo Verde Airlines (CAV), ‘sucessora' da TACV, anunciou que vai ter um quarto voo semanal entre o Sal e Paris e que, "por razões comerciais", adiou, para o Verão de 2020, o início dos voos para Luanda.

Desde pelo menos Julho que a CAV tinha à venda os voos para Luanda, uma das novas rotas intercontinentais que anunciou para este ano, juntamente com Washington, nos Estados Unidos, e Porto Alegre, no Brasil, todas com início anunciado para a segunda semana de Dezembro (para ler mais clique: Cabo Verde Airlines começa novas rotas de Washington, Luanda e Porto Alegre na segunda semana de Dezembro).

Uma notícia da Lusa publicada hoje diz que em comunicado a CVA informou o adiamento para o Verão de 2020 do início da ligação aérea entre a ilha cabo-verdiana do Sal e Luanda, alegando "razões comerciais".

A CVA garante nesse comunicado que mantém a aposta no mercado angolano, e que este adiamento "permitirá uma adequada implementação de todos os mecanismos de promoção, venda e parcerias" da futura ligação.

A Cabo Verde Airlines acrescenta na mesma informação que tudo será feito "respeitando as características próprias do mercado de Angola e dos diversos intermediários que prestam serviço na indústria do turismo e transporte aéreo", e assegurou que iniciou o processo de "proteção dos passageiros" que já tinham adquirido bilhete para a rota Sal/Luanda.

A CVA, privatizada em Março deste ano, quando passou a ser liderada pelos islandeses da Loftleidir Icelandic EHF, garantiu manter interesse no mercado angolano, incluindo o acordo de code-share com a companhia aérea angolana TAAG, que desde 26 de abril assegura voos entre a capital angolana e a ilha do Sal, com escala em São Tomé e Príncipe, duas vezes por semana.

A imprensa francesa especializada em aviação avançou entretanto que a CVA vai ter um quarto voo semanal entre o Sal e Paris, a partir de 21 de Dezembro, em Boeing B757-200 com 198 lugares, 18 dos quais em executiva.

Em meados de Agosto a CVA iniciou voos domésticos entre ilhas cabo-verdianas, em parceria com as portuguesas Lease-Fly e Newtour, para garantir a conectividade ao seu hub na ilha do Sal (para ler mais clique:CVA começa hoje a fazer voos domésticos em parceria com Newtour e Lease-Fly).

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: CVA

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aeroportos de Cabo Verde somam mais 1,6% de passageiros até Novembro

17-01-2020 (10h45)

Os aeroportos cabo-verdianos movimentaram entre Janeiro e Novembro mais de 2,3 milhões de passageiros, uma subida de 1,6% face ao período homólogo do ano anterior.

Cabo Verde alarga isenção de vistos a cidadãos do Brasil, Canadá e EUA

13-01-2020 (13h29)

Os turistas brasileiros, canadianos e norte-americanos vão passar a estar isentos de vistos em passaporte para entrar em Cabo Verde a partir de Fevereiro, medida com a qual o Governo cabo-verdiano pretende atrair um novo nicho turístico.

Novo ministro do Turismo e Transportes de Cabo Verde promete continuidade

10-01-2020 (15h33)

O novo ministro do Turismo e Transportes de Cabo Verde, Carlos Jorge Santos, ex-administrador do grupo hoteleiro português Oásis, prometeu hoje, após tomar posse, continuidade na execução das políticas nos dois setores.

Tanzânia transforma três reservas de caça em parques nacionais abertos ao turismo

10-01-2020 (14h55)

A Tanzânia passou a dispôr de mais três Parques Nacionais, que podem receber safaris com visitantes, após a conversão de cerca de 42,3 quilómetros quadrados de área dedicada a reservas de caça.

TAP vai voar mais de/para Dakar

10-01-2020 (14h06)

A TAP aumenta a partir de 7 de Fevereiro a frequência de voos entre Lisboa e a capital do Senegal, Dakar, de sete para nove por semana, com dois voos às sextas e Domingos, em Airbus A320 e A321.

Noticias mais lidas