Hotelaria de Cabo Verde fecha 1º semestre com mais 30 mil hóspedes

29-08-2019 (16h37)

A hotelaria de Cabo Verde recebeu 413,6 mil hóspedes nos primeiros seis meses do ano, mais 30 mil ou mais 7,8% que no primeiro semestre de 2018, segundo dados divulgados hoje pelo INE de Cabo Verde.

O número de dormidas no primeiro semestre alcançou 2,540 milhões, mais 118,3 mil ou mais 4,9% face aos primeiros seis meses do ano passado.

O crescimento no semestre beneficiou da evolução positiva no segundo trimestre (Abril a Junho) tanto em hóspedes, que foram mais 7% que no período homólogo do ano passado, como em dormidas, que aumentaram 5,3%.

Os dados sobre o segundo trimestre indicam que hotelaria cabo-verdiana recebeu 179,9 mil hóspedes, mais 11.703 que um ano antes, que realizaram 1,137 milhões de dormidas, um aumento de 57,3 mil.

A estada média nos três meses de Abril a Junho baixou 0,1%, para 6,1 noites, enquanto a taxa de ocupação subiu 2 pontos percentuais, para 49%.

O principal mercado emissor manteve-se o Reino Unido, com 26,6% do total dos hóspedes no trimestre, seguido de Portugal (12,1%), França (11%), Alemanha (10,9%), Bélgica e Holanda (8,4%).

Em número de dormidas, o Reino Unido é também o principal mercado, com 34,5% do total, seguido da Alemanha (12,8%), Portugal (9,6%), Bélgica e Holanda (9,1%) e França (8,8%).

Do total de hóspedes no trimestre, a Ilha do Sal concentrou 42,5%, enquanto a Boavista recebeu 31,9%, Santiago ficou com 12,6%, São Vicente, com 5,8%, e as “Restantes Ilhas”, 7,3%.

Em dormidas, a Ilha do Sal lidera com 48,7% do total, enquanto a Boavista soma 40,8%, Santiago soma 4,9%, São Vicente, com 2,4%, e as “Restantes Ilhas”, 3,2%.

Os hotéis são os estabelecimentos mais procurados, com 87,9% do total dos hóspedes e 93,2% das dormidas no segundo trimestre, enquanto as Pensões concentraram 4,1% dos hóspedes e 1,9% das dormidas, as Residenciais somaram 3,4% dos hóspedes e 1,5% das dormidas, e os Aldeamentos turísticos, 2,6% dos hóspedes e 2,5% das dormidas. Os hotéis-apartamentos receberam 1,3% do total de hóspedes e 0,7% das dormidas no trimestre, enquanto as Pousadas, 0,6% e 0,2%, respectivamente.

Para ler sobre o primeiro trimestre clique:

Dormidas de turistas portugueses na hotelaria de Cabo Verde sobem 5,7% no primeiro trimestre

Hotelaria da ilha do Sal termina primeiro trimestre com +36,5% de dormidas de portugueses

Reino Unido é cada vez mais o primeiro emissor para Cabo Verde

 

Clique para ver mais: Cabo Verde

Clique para ver mais: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Soltrópico promove webinar sobre Djerba

19-02-2020 (14h38)

O operador turístico Soltrópico está a anunciar uma sessão de formação em formato webinar sobre a ilha de Djerba, na Tunísia, no dia 27 de Fevereiro.

Egyptair vai fazer 16 charters de Lisboa para Sharm el Sheikh este Verão

18-02-2020 (12h32)

A companhia de aviação egípcia Egyptair vai fazer um voo charter semanal de Lisboa para Sharm el Sheikh, entre o deserto da península do Sinai e o Mar Vermelho, no Egipto, entre 8 de Junho e 28 Setembro (último regresso).

Ilha do Sal investe mais de 3M€ para criar Polícia Municipal com 70 efectivos

17-02-2020 (18h42)

A ilha do Sal, a mais turística de Cabo Verde, vai contar este ano com um corpo de Polícia Municipal, com até 70 efectivos, num investimento da câmara local superior a três milhões de euros até 2023.

Governo cabo-verdiano aprova concessão para aldeamento turístico no Tarrafal

11-02-2020 (17h36)

O Governo cabo-verdiano aprovou a concessão a privados, por 50 anos, de um terreno de 8.559 metros quadrados junto ao mar, no concelho do Tarrafal, ilha do Sal, para instalação de um aldeamento turístico.

São Tomé recebe mais 3.400 turistas em 2019

10-02-2020 (13h35)

São Tomé e Príncipe recebeu cerca de 34.900 turistas em 2019, um aumento de 4,5% (cerca de 3.400 turistas) em relação ao ano de 2018, com Portugal, Angola, França e Alemanha no topo da lista de mercados emissores.

Noticias mais lidas