Tanzânia transforma três reservas de caça em parques nacionais abertos ao turismo

10-01-2020 (14h55)

Foto: Javi Lorbada - Unsplash.com
Foto: Javi Lorbada - Unsplash.com

A Tanzânia passou a dispôr de mais três Parques Nacionais, que podem receber safaris com visitantes, após a conversão de cerca de 42,3 quilómetros quadrados de área dedicada a reservas de caça.

O Parque Nacional de Nyerere, com 30,9 quilómetros quadrados, foi criado a partir da Reserva de Caça de Selous, a maior e mais antiga zona protegida de África, que contava com cerca de 54,6 quilómetros quadrados, adiantou a imprensa internacional. As reservas de Kigosi e Ugalla também foram convertidas em parques nacionais com áreas respectivas de 7,5 e 3,9 quilómetros quadrados.

O presidente da Tânzania, que afirmou que a Reserva de Caça de Selous não era economiamente viável do ponto de vista turístico, e o parlamento, aprovaram de forma unânime as propostas para a conversão das reservas de caça.

O Parque Nacional de Nyerere, que deve o seu nome ao fundador do país, falecido em 1999, Julius Nyerere, engloba cinco lagos e o rio Rufiji, onde é possível fazer safaris-cruzeiro, e oferece lar a uma série de espécies de fauna e flora.

As espécies presentes incluem uma elevada população de hipopótamos, diferentes tipos de aves e répteis, girafas, impalas, elefantes, mabecos, rinocerontes, leões, entre outros. Este parque é acessível via avião, desde Dar es Salaam e da ilha de Zanzibar.

No que diz respeito a investimento, o Banco Mundial e Banco Federal Alemão vão aplicar cerca de 81 e 25 milhões de euros, respectivamente, ao longo de cinco anos, em melhorias nos parques da Tanzânia.

Clique para ver mais: África

Clique para ver mais: Mercados

Clique para ver mais: Destinos

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ilha do Sal investe mais de 3M€ para criar Polícia Municipal com 70 efectivos

17-02-2020 (18h42)

A ilha do Sal, a mais turística de Cabo Verde, vai contar este ano com um corpo de Polícia Municipal, com até 70 efectivos, num investimento da câmara local superior a três milhões de euros até 2023.

Governo cabo-verdiano aprova concessão para aldeamento turístico no Tarrafal

11-02-2020 (17h36)

O Governo cabo-verdiano aprovou a concessão a privados, por 50 anos, de um terreno de 8.559 metros quadrados junto ao mar, no concelho do Tarrafal, ilha do Sal, para instalação de um aldeamento turístico.

São Tomé recebe mais 3.400 turistas em 2019

10-02-2020 (13h35)

São Tomé e Príncipe recebeu cerca de 34.900 turistas em 2019, um aumento de 4,5% (cerca de 3.400 turistas) em relação ao ano de 2018, com Portugal, Angola, França e Alemanha no topo da lista de mercados emissores.

South African Airways recebe injeção de 218 milhões de euros de banco público

29-01-2020 (15h37)

A companhia aérea estatal sul-africana South African Airways (SAA) anunciou hoje que terá acesso a 3,5 mil milhões de rands (218 milhões de euros), alocados pelo Banco de Desenvolvimento da África Austral para evitar o colapso da transportadora.

Sul-africana SAA cancela voos enquanto aguarda injeção de capital

21-01-2020 (18h36)

A companhia aérea estatal sul-africana South African Airways (SAA) anunciou hoje o cancelamento de 38 voos para poupar capital enquanto espera uma injeção de emergência do Governo para salvar da bancarrota.

Noticias mais lidas