Gasto dos brasileiros em turismo no estrangeiro volta às quedas em Outubro

26-11-2019 (15h39)

Os gastos dos brasileiros em turismo no estrangeiro caíram 6,1% em Outubro, indicando que o aumento em 11,8% em Setembro foi ‘Sol de pouca dura’.

A informação divulgada pelo Banco Central do Brasil mostra que este ano os gastos dos brasileiros em turismo no estrangeiro estão, depois de Outubro, com uma queda média em 4,1%, que representa um decréscimo de 628,67 milhões de dólares (570,6 milhões de euros ao câmbio de hoje), para 14.849,45 milhões (13,47 mil milhões de euros), decorrente de quebras em sete dos dez meses contabilizados.

Em Outubro, de acordo com a mesma informação, a queda foi de 97,36 milhões de dólares (88,37 milhões de euros), com os gastos a ficarem em 1.505,74 milhões de dólares (1,36 mil milhões de euros).

Os dados do Banco Central do Brasil mostram que em Junho houve aumento dos gastos dos brasileiros em turismo no estrangeiro, depois de cinco meses consecutivos de quedas, a que se seguiu novo aumento em Julho, um dos principais meses de férias no Brasil, em que são batidos máximos de gastos.

Mas Agosto voltou a ser mês de quebra, tal como em Outubro, mês em que mais uma vez não só caíram os gastos dos brasileiros em turismo no estrangeiro, como também baixou a despesa no Brasil de turistas residentes no estrangeiro.

De acordo com o banco central brasileiro, o país contabilizou em Outubro 442,39 milhões de dólares (40,15 milhões de euros) de gastos de turistas estrangeiros, -2,9% ou menos 13,14 milhões de dólares (11,9 milhões de euros) que no mês homólogo de 2018.

No conjunto dos primeiros dez meses deste ano, no entanto, o Brasil ‘escapa’ por 0,07% ou 3,27 milhões de dólares a uma queda das receitas turísticas, contabilizando 4.971,6 milhões de dólares (4,5 mil milhões de euros).

 

Clique para mais notícias: Balança brasileira das Viagens e Turismo

Clique para mais notícias: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Vila Galé chega aos Açores em 2021

20-01-2020 (20h37)

O Grupo Vila Galé vai estrear-se nos Açores em 2021, com a abertura de um hotel com 100 quartos em Ponta Delgada, São Miguel, anunciou esta segunda-feira o presidente do grupo, Jorge Rebelo de Almeida.

Receitas da Vila Galé no Brasil sobem 18% em 2019

20-01-2020 (19h37)

Os nove hotéis do grupo Vila Galé no Brasil facturaram 371 milhões de reais no ano passado, cerca de 80,3 milhões de euros ao câmbio de hoje, mais 18% que no ano anterior, revelou o administrador do grupo, Gonçalo Rebelo de Almeida.

“Recuperação” do mercado brasileiro faz crescimento do LATAM ‘disparar’ para 23,3% em Dezembro

13-01-2020 (16h00)

O grupo LATAM, formado pela integração da brasileira TAM na chilena LAN, informou que no mês de Dezembro a sua operação no mercado doméstico brasileiro cresceu 23,3% em RPK (do inglês para passageiros x quilómetros voados) e 24,6% em número de passageiros embarcados, atingindo um total de 3,19 milhões.

Cabo Verde alarga isenção de vistos a cidadãos do Brasil, Canadá e EUA

13-01-2020 (13h29)

Os turistas brasileiros, canadianos e norte-americanos vão passar a estar isentos de vistos em passaporte para entrar em Cabo Verde a partir de Fevereiro, medida com a qual o Governo cabo-verdiano pretende atrair um novo nicho turístico.

Azul anuncia voos de Recife para Buenos Aires e Montevideu

08-01-2020 (14h17)

A companhia de aviação brasileira Azul, fundada e presidida por David Neeleman, também accionista de referência da TAP, anunciou o lançamento este ano de voos para Buenos Aires e Montevideu de Recife, capital do estado nordestino brasileiro de Pernambuco, para onde a TAP tem voos directos de Lisboa.

Noticias mais lidas